Dourados – MS domingo, 27 de setembro de 2020
Dourados
36º max
24º min
Feiras

Arrocho para os municípios

18 Jan 2016 - 10h44
Arrocho para os municípios -
O prefeito de Nova Alvorada do Sul Juvenal Neto (PSDB), presidente da Associação dos Municípios do Estado (Assomasul) reconheceu que os prefeitos não têm condições de cumprir com aumento do novo piso nacional do magistério de 11,36% anunciado pelo MEC -- R$ 2.135. A Confederação Nacional de Municípios pediu ao governo para que o percentual fosse menor ou entrasse em vigor somente em agosto, mas não foi ouvida. A Assomasul vai procurar a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação) para buscar uma saída, sem prejudicar os municípios ou os professores. Uma das hipóteses cogitadas por Juvenal Neto é o parcelamento do aumento, a exemplo do que foi feito em 2015 pelo Estado.


##### Eu já sabia


O Brasil segue na última colocação na lista que mede o retorno oferecido em termos de serviços públicos de qualidade à população em relação ao que o contribuinte paga em impostos. Segundo o estudo divulgado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, o país ficou pela 5ª vez seguida na “lanterninha”. O estudo avaliou os 30 países com as maiores cargas de tributos. A Austrália ficou em 1º lugar no Índice de Retorno de Bem Estar à Sociedade, seguida da Coreia do Sul e dos Estados Unidos.


##### Preguiça


Até hoje, passados quase 40 anos da criação oficial de Mato Grosso do Sul ainda temos o município chamado de Rio Verde de Mato Grosso, perto de Coxim. Depois reclamam da confusão dos nomes dos dois Estados (MS e MT). Até agora o deputado estadual coxinense Junior Mochi (PMDB) ou outro que se diga representante do norte do Estado, não deram um jeito de corrigir essa distorção, que só confunde. Se for perguntado para alguém de fora do Estado onde fica Rio Verde, com certeza falará que é em Mato Grosso. Em Goiás existe também cidade homônima.


##### Acarajé


Ficou no suspense o destino do governador Reinaldo Azambuja e família nas suas curtas férias de 15 dias. Esse mistério também era patrocinado por André Puccinelli que sempre em janeiro tirava duas semanas de descanso com familiares. De acordo com fontes do Parque dos Poderes, Reinaldo estaria em praia na Bahia. Ficaria por uma semana fora do Estado e depois voa para sua fazenda em Maracaju, como o próprio confirmou.


##### Folgados


Auditoria da Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho do Estado, iniciada em julho do ano passado e concluída em dezembro, apurou que 8.021 mil famílias de Mato Grosso do Sul recebiam benefícios dos programas Vale Renda e Bolsa Família de forma irregular. As famílias já foram excluídas dos cadastros e o governo espera economizar R$ 17,4 milhões em 2016 com os cortes.


##### Na banguela


Lembrando o presidente José Sarney que, no Plano Cruzado em 1986, mandou laçar os bois no pasto para abastecer os açougues, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro lançou decreto contra a crise que prevê até a expropriação de bens, mercadorias, instalações privadas e dá poderes ao governo até de mandar as industrias a aumentarem a produção. Mas essas medidas precisam de aprovação da Assembleia Nacional de maioria oposicionista. É o bolivarianismo de Chávez morrendo...

##### Aqui perdia


A depender da bancada federal de Mato Grosso do Sul, a CPMF não seria recriada. São contrários ao “imposto do cheque” os deputados Geraldo Resende e Carlos Marun, do PMDB; Tereza Cristina (PSB); Mandetta (DEM) e Elizeu Dionízio(SDD), suplente de Marcio Monteiro (PSDB). À favor Zeca do PT, Dagoberto Nogueira (PDT) e Vander Loubet (PT). Os senadores Moka e Simone Tebet, ambos do PMDB, também são contrários; Delcídio é carta fora do baralho.



### BATE REBATE


No final de semana a chuva deu uma trégua em Dourados e região. Nas nos primeiros 15 dias de janeiro desabaram aqui 157,2 milímetros. O esperado para todo o janeiro era de 158,7, segundo a Embrapa.

O Centro de Monitoramento de Tempo, Clima e dos Recursos Hídricos do MS informou que em Campo Grande já choveu em janeiro 300,8 milímetros. O esperado era de 231,9 mm. 

O Batalhão de Choque da Polícia Militar, em Campo Grande não está alisando os bandidos. Nos últimos 21 dias, 12 marginais morreram em confronto com a PM, sendo sete casos envolvendo policiais do BPChoque. No sábado mais um prestou conta ao satanás. O “Choque” tá virando a ROTA paulista.

Os sintomas da dengue já são bem conhecidos. Mas, além disso, a doença pode deixar graves sequelas. A dengue afeta órgãos como o fígado (hepatite); o cérebro (encefalite); e a pleura, membrana que envolve o coração e o pulmão, segundo estudos do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho.



### INFORME CURURU


Indireta é igual uma bomba, porque a pessoa explode de curiosidade, raiva ou dúvida...

Deixe seu Comentário

Leia Também

“Festival Mba’e Porã” em prol dos Guarani e Kaiowá começa nesta sexta-feira (7)
Cultura solidária

“Festival Mba’e Porã” em prol dos Guarani e Kaiowá começa nesta sexta-feira (7)

07/08/2020 09:15
“Festival Mba’e Porã” em prol dos Guarani e Kaiowá começa nesta sexta-feira (7)
Últimas Notícias