Dourados – MS domingo, 15 de dezembro de 2019
Dourados
33º max
22º min
Cultura

Dourados tem o maior museu de orixás do Brasil

24 Jul 2019 - 09h12Por Valéria Araújo
Mais de 30 esculturas simbolizando divindades da Umbanda fortalecem a cultura afro-brasileira em MS - Crédito: Marcos RibeiroMais de 30 esculturas simbolizando divindades da Umbanda fortalecem a cultura afro-brasileira em MS - Crédito: Marcos Ribeiro

Um castelo à altura de reis e rainhas abriga um valioso tesouro da cultura afro-brasileira em Dourados. O Templo do Girassol é o maior museu de orixás da Umbanda já construído no Brasil de forma voluntária. O espaço reúne mais de 30 esculturas de 3 metros de altura, verdadeiras obras de artes que inspiram e fortalecem a fé principalmente daqueles que buscam ajuda espiritual.

O dirigente do Templo e  sacerdote “Pai Willian Girasol”, diz que o espaço, construído em 2012 e fundado em 2014, ou seja, há cinco anos, é pouco conhecido em Dourados, apesar de ser uma grande referência no Brasil e no mundo por abrigar num único espaço a arte, a cultura e a fé. Prova disso é que o local já recebe gente de todos os países até mesmo artistas famosos que saem dos grandes centros do Brasil para receberem mentoria espiritiual em Dourados. A maioria dos frequentadores ou “filhos” busca ajuda espiritual para alcançar a cura, prosperidade e o amor.

Não é feito nenhum tipo de pagamento para entrar no templo, frequentar ou receber ajuda espiritual. O local concentra vários médiuns unidos por uma só força, construindo uma corrente de energia positiva em prol do sucesso e da felicidade das pessoas.

Arquitetura religiosa

 Conforme Willian Girassol, todo o castelo é projetado por ele, com inspiração divina. Tudo é feito com muito amor e reverência. O PROGRESSO esteve no local e presenciou frequentadoras, que se intitulam “filhas” do “Pai Willian”. Se diziam muito felizes em ajudar na edificação do castelo. Pedrinha por pedrinha que juntavam com as próprias mãos iam dando “vida” ao templo.

A pedra que reveste todo o templo foi escolhida a dedo: trata-se da Yangui, ou pedra de “Exu”, típica de Dourados e que representa “proteção”, na fé umbandista. Na parte interna o que se encontra é uma variedade de peças e simbologias. Milhares de máscaras confeccionadas a mão pelo “Pai Willian” e seus “filhos” revestem as parede de espaços sagrados, onde se realizam os cultos  religiosos, chamados de “giras” e são de “encher” os olhos pela beleza e riqueza em detalhes.

O castelo abriga ainda um espaço sacro subterrâneo e a casa de “Pai Willian”, um lar cercado de carinho, já que recebe muitos presentes de quem já passou pelo templo. A decoração é moderna e arrojada, de causar admiração dos mais conceituados profissionais de designer.

Willian Girasol tem um carinho especial por Dourados, cidade em que vive há mais de duas décadas e onde iniciou sua trajetória na literatura mistico-religiosa. Mesmo diante do processo de adaptação à cidade, dificuldades financeiras e outros obstáculos no início do percurso, Willian Girassol não se intimidou e acreditou em suas ideias e na terra que o acolheu quando chegou de Santa Catarina. 

Esculturas

As 30 estátuas de divindades da Umbanda têm cerca de 3 metros, cada, como Ogun, Iansã, Oxóssi, Oxum, Iemanjá,Oxaguian, Oxalá, Nanã, entre outros.

 Todas foram confeccionadas por artista da Vila São Pedro. De modo geral toda a armação de cada estátua é feita com arame reciclado e somente o vergalhão (ferragem) é comprada. A obra é super resistente, capaz de suportar o peso de quatro pessoas.

Após armar a estrutura, a  peça começa a ganhar o concreto, que é todo remodelado à mão. Com a escultura pronta, a obra é finalizada com massa acrílica e esmalte sintético. O resultado é de “encher os olhos”.

Sucesso na internet

“Pai Willian” é um fenômeno na internet com mais de 20 milhões de acesso. É um dos precursores a dar dicas e conselhos da Umbanda no Youtube, rede que já o premiou com a tão desejada “Placa de Prata” quando ultrapassou a casa dos 100 mil inscritos.  Agora, com quase 300 mil inscritos, ele quer chegar a 1 milhão de seguidores e conquistar a Placa de Ouro. Seus vídeos são sempre um sucesso, principalmente as simpatias que ensina no canal e que batem recordes de visualizações. Ele também transmite ao vivo todas as giras e sempre que pode faz um bate-papo sobre temas que envolvem a religião no canal.

Willian também é sucesso com a loja virtual que tem milhares de artigos que saem de Dourados para o mundo todo. O site é o www.williangirassol.com.brAlém disso investiu em Dourados com a sua loja física de artigos religiosos e que fica na Hayel Bon Facker n°1.347, no Jardim Água Boa.

Música e Literatura 

Além de ser um dos médiuns mais conhecidos no Brasil e no exterior. Pai Willian também é sucesso na música e literatura. É compositor e já gravou dezenas de CDs que são vendidos pelo mundo todo. Já participou de dezenas de programas de televisão com repercussão nacional.

É autor de 16 livros, sendo o mais recente lançado o “Simpatias que meus ancestrais faziam”. O livro “666 simpatias” já vendeu mais de 9 mil cópias  e o “Caminhos para a riquesa”, já foi destaque na Bienal Internacional, no Rio de Janeiro, há cerca de 2 anos. 

Intolerância

Em entrevista ao O PROGRESSO, Pai Willian lamentou fatos que ocorrem no Brasil acerca da intolerância religiosa e pediu respeito. Ele disse que já sofreu com o preconceito quando tentaram tirar o seu canal do Youtube do ar, mas que hoje sente que há um respeito maior a sua crença. “Temos um povo maravilhoso em Dourados, que acolhe e respeita a fé das pessoas. Aqui nunca tive nenhum problema.”

Pai Willian se despediu da equipe de reportagem de O PROGRESSO deixando uma mensagem de amor e fé. Para ele a humanidade precisa avançar muito e se apegar a Deus, porque se isso não acontecer, há uma grande tendência de piora no sofrimento humano. É isso que as divindades tem alertado.  “A inveja é a pior macumba porque as pessoas só atiram naqueles que dão fruto”,  finaliza.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Hoje tem Feira Criativa- O Balaio em Dourados
Integração

Hoje tem Feira Criativa- O Balaio em Dourados

15/12/2019 11:47
Hoje tem Feira Criativa- O Balaio em Dourados
Cineclube UFGD debaterá o filme “Ensaio sobre a Cegueira” neste sábado
Dourados

Cineclube UFGD debaterá o filme “Ensaio sobre a Cegueira” neste sábado

14/12/2019 07:00
Cineclube UFGD debaterá o filme “Ensaio sobre a Cegueira” neste sábado
Professoras da UFGD e UFMT lançam livro sobre r(e)existência indígena
Cultura

Professoras da UFGD e UFMT lançam livro sobre r(e)existência indígena

12/12/2019 21:15
Professoras da UFGD e UFMT lançam livro sobre r(e)existência indígena
Governo autoriza R$ 6 milhões do FIC
Aporte

Governo autoriza R$ 6 milhões do FIC

12/12/2019 17:19
Governo autoriza R$ 6 milhões do FIC
Bumba Meu Boi se torna Patrimônio Cultural da Humanidade
Manifestação Popular

Bumba Meu Boi se torna Patrimônio Cultural da Humanidade

11/12/2019 17:53
Bumba Meu Boi se torna Patrimônio Cultural da Humanidade
Últimas Notícias