Dourados – MS quinta, 27 de fevereiro de 2020
Dourados
33º max
18º min
Encontro

Dourados sedia hoje 1° Encontro dos Povos de Terreiro

O objetivo é buscar o fortalecimento e visibilidade da rede dos adeptos das religiões de matrizes africanas para discutir sobre questões relacionadas ao preconceito

09 Nov 2019 - 11h14Por Redação
Dourados sedia 1º Encontro dos Povos de Terreiro - Crédito: Foto ilustrativaDourados sedia 1º Encontro dos Povos de Terreiro - Crédito: Foto ilustrativa

Dourados vai sedir pela primeira vez neste sábado (9) um encontro de pessoas adeptas das religiões matrizes africanas com objetivo de fortalecer e criar visibilidade da rede de seguidores ou simpatizantes. O evento será realizado no auditório 1 da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). O evento é aberto a todos interessados e estudiosos sobre o tema.  

Trata-se de um evento cujo projeto é independente, organizado por Edson Yago da Silva Brito, Naiara Fonteles e Sandra Ceschin Fioravanti, que buscam, entre outras questões discutir  o preconceito sobre as religiões de matrizes afro-brasileiras (Candomblé e Umbanda) historicamente e, de forma mais específica na atualidade. Neste contexto será abordado o tema “Imunidade Tributária”, visando chamar a atenção como esse direito que atinge ao conjunto das religiões que se expressam no Brasil não tem sido estendida, de forma sistemática, as religiões afro-brasileiras. Ainda, no campo do preconceito religioso, será discutida as novas formas de intolerância religiosa praticadas por pessoas e grupos agressores dessas religiões.

Programação

O evento será no formato de uma mesa composta pela acadêmica de letras da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul),  Makota Oyálabaoci Naiara Fonteles da SEMAS (Secretaria Municipal de Assistência Social), juntamente com o advogado Marcelo Cândido de Paulo da Comafro (Conselho Municipal Afro) e o professor Mario Sá, da UFGD/FADIR/PPGANT/NEABI.

Será realizado dia 9 deste mês, às 14h, no Auditório 1 da Fadir/UFGD, localizado na rua Quintino Bocaiuva, 2100, esquina com Manoel Santiago. 

O evento tem o apoio NEABI/UFGD (Núcleo de Estudos Afro-Brasileiro e Indígena) e CEPEGREE/UEMS (Centro de Estudo, Pesquisa e Extensão em Educação, Gênero, Raça e Etnia).

Outras informações pelos telefones:

(67) 99615-8807 (Naiara)

(67) 98402-7318 (Sandra)

(67) 99109-2442 (Yago)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com trio elétrico, Carnaval da Aduf movimenta Dourados nesta terça-feira
festa

Com trio elétrico, Carnaval da Aduf movimenta Dourados nesta terça-feira

25/02/2020 09:50
Com trio elétrico, Carnaval da Aduf movimenta Dourados nesta terça-feira
Completa amanhã, 75 anos da histórica tomada de Monte Castello
2ª Guerra Mundial

Completa amanhã, 75 anos da histórica tomada de Monte Castello

20/02/2020 17:00
Completa amanhã, 75 anos da histórica tomada de Monte Castello
Rodovias de MS terão aumento de até 40% no fluxo de veículos
Feriado Prolongado

Rodovias de MS terão aumento de até 40% no fluxo de veículos

20/02/2020 15:15
Rodovias de MS terão aumento de até 40% no fluxo de veículos
Meio ambiente

Índios, agricultores e ambientalistas defendem pagamento por serviços ambientais

20/02/2020 14:25
Acordo de Cooperação Técnica entre Ministério Público, Imasul e ONG visa conservar águas de Bonito
Meio ambiente

Acordo de Cooperação Técnica entre Ministério Público, Imasul e ONG visa conservar águas de Bonito

20/02/2020 12:30
Acordo de Cooperação Técnica entre Ministério Público, Imasul e ONG visa conservar águas de Bonito
Últimas Notícias