Dourados – MS segunda, 20 de janeiro de 2020
Dourados
34º max
24º min
Cinema

"Vampiros" de diretor sul-mato-grossense será apresentado na Índia

07 Dez 2019 - 14h00
"Vampiros" de diretor sul-mato-grossense será apresentado na Índia -

O  filme “Vampiros” do ator e realizador audiovisual sul-mato-gossense Filipi Silveira está levando o nome do Estado para cada vez mais longe. Em novembro, o curta-metragem foi apresentado no 9º Festival Internacional de  Cinema em Balneário Camboriú (SC). Neste mês será exibido dias 14 e 15 no “1º Festival Graffit de Cinema” em São Lourenço (MG) e no período de 14 a 16 de dezembro será atração do “3º Nexgn International Short Film Festival” em Ichalkaranji na Índia.

A trama de “Vampiros” narra a história de Iris (Nadja Mitidiero) e Marcos (Filipi Silveira), pessoas absolutamente diferentes, que têm em comum apenas o fato de trabalharem durante a noite e uma profunda solidão. Em um encontro por acaso e uma conversa que atravessa a noite, descobrem afinidades, compartilham seus medos e desenvolvem afeto um pelo outro.  O encontro casual dessas duas pessoas solitárias mudará drasticamente o rumo de suas vidas. “O curta fala de solidão, de relações liquidas e de amizade, das almas que se encontram não importa a classe social e como as vezes mesmo a gente sem se conhecer nada na vida. Das produções que dirigi é o mais suave, tem muita poesia e metáfora”, enfatiza Silveira.

O filme "Vampiros" nasceu graças a união de quatro produtoras: Cerrado's Filmes, Filmadelas, Fundo da Vila Films e Zion Filmes. Teve financiamento do Edital do Museu da Imagem e do Som (MIS), por intermédio da Fundação de Cultura do Estado de Mato Grosso do Sul  e Edital  do Fundo Municipal de Investimentos Culturais (FMIC) 2017,  promovido pela Secretaria de Cultura e Turismo de Campo Grande e empresas parceiras que acreditaram no projeto.

Após se formar em Direito, Filipi Silveira se mudou para São Paulo para se profissionalizar em interpretação, no qual teve a oportunidade de trabalhar com teatro e TV. Sua paixão sempre foi o Cinema, ao retornar para Campo Grande, criou em 2012, a Cerrado’s Filmes.  Na sua filmografia de Filipi estão: os curtas “O Florista”, “Curta Ser Saudável (2012); “Irmãos de Alma” (2015), “Cartilha da Vida” (2016) e  “Vampiros” (2018). Os títulos da Cerrado's Filmes são:  "O Florista, Curta Ser Saudável", "Irmãos de Alma", "Cartilha da Vida", De Tanto Olhar O Céu Gastei Meus Olhos" e "Vampiros".

Suas produções já ganharam as telas em países como Argentina, Cuba, Austrália, México, Estados Unidos, França, Polônia, Índia, Nicarágua, Kosovo e Uruguai. No momento, Filipi está envolvido na captação de recursos para viabilizar o seu primeiro longa-metragem, “Até o Fim”. “Este é um projeto que estava no desenvolvimento por dois anos e foi escrito por Sergio Virgilio. Colaborei no roteiro, ampliando as camadas e transformando a obra que agora tem uma potência muito forte com DNA sul-matogrossense. Todos os meus trabalhos s anteriores eram histórias que poderiam se passar em qualquer lugar no mundo. Chegou a vez de criar uma identidade própria”, enfatiza, acrescentando que o cenário audiovisual do Mato Grosso do Sul, demanda de cada vez mais incentivos.

“Precisamos de ações pontuais para que esta área se fortaleça com a formação de profissionais. Agora temos na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), um curso superior de audiovisual. Isso é bom, na minha época não tinha. O que aprendi foi observando e fazendo. Também solicitamos de mais ‘janelas” para exibir nossas obras. Porque não um cinema de rua para ser frequentado pelas redes escolares e sociedade civil? Isso é formação de público”, argumenta.

 

Saiba Mais

 

“O Florista”

 

O filme é uma viagem entre os gêneros terror, suspense, noir, giallo, faroeste, nerdices de menções de cultura pop, que usa elementos como o crime de ódio, transfobia que afetam a sociedade. 

 

“Curta Ser Saudável”

A trama se baseia na lei de autoria do ex-vereador Cristóvão Silveira, saudoso pai de Filipe, que tinha criado uma lei a qual regulamenta alimentos em cantinas escolares na cidade de Campo Grande. “O que mais me marcou foi quando dirigir meu pai em cena. Ele nem queria participar, mas como ele estava pra sair da política, o convenci porque ninguém iria dizer que seria eleitoreiro. A participação é linda com um discurso escrito por ele. É difícil não se emocionar”, diz Filipe.

 

“Irmãos de Alma”

O enredo focaliza o abuso sexual infantil na vida de uma pessoa e as consequências emocionais para a vida. “Umas três mulheres me confidenciaram abusos sofridos. Depois que disponibilizei o filme na Internet, recebi milhares de mensagens relatando terem vivenciado este tipo de violência. A maioria dos abusos ocorre dentro de casa. É um crime que não tem classe social como é mostrado no filme”, alerta.

 

“Cartilha da Vida”

 

É uma homenagem aos professores. A trama transporta os espectadores para o presente, passado e futuro.  “O filme produzido com celular, esquenta e comove o coração de quem assiste, principalmente os educadores”, garante.

 

“De Tanto Olhar O Céu Gastei Meus Olhos”

A sinopse aborda o universo das mães que precisam ser pais também devido a ausência de certos homens que ignoram esta responsabilidade e como esta lacuna causa uma dor que consome. “De Tanto Olhar o Céu Gastei Meus Olhos” com direção de Nathália Tereza e da produtora associada Cerrado's Filmes, marcou presença em conceituados Festivais de Cinema no Brasil e exterior e recebeu indicação ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, recebendo também Melhor Roteiro e Melhor Atuação no “7º Festival Curta Brasília”, entre outros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sai lista dos filmes mais vistos em 2019
Ranking

Sai lista dos filmes mais vistos em 2019

26/12/2019 17:44
Sai lista dos filmes mais vistos em 2019
Festival de Berlim seleciona três filmes brasileiros
Edição 2020

Festival de Berlim seleciona três filmes brasileiros

17/12/2019 18:12
Festival de Berlim seleciona três filmes brasileiros
MEC completa primeira capacitação para escolas cívico-militares
educação

MEC completa primeira capacitação para escolas cívico-militares

13/12/2019 07:02
MEC completa primeira capacitação para escolas cívico-militares
Ancine proíbe servidores de exibirem filme brasileiro
Oscar

Ancine proíbe servidores de exibirem filme brasileiro

09/12/2019 18:29
Ancine proíbe servidores de exibirem filme brasileiro
Fiscal

Câmara aprova prorrogação de incentivo para salas de cinema

05/12/2019 17:15
Últimas Notícias