Dourados – MS terça, 20 de fevereiro de 2024
23º
Cassems
Cinema

TransCine - Cinema em Trânsito fará 3 dias de mostra com filmes de animação

Mostras acontecem no Jardim Nhanhá, MIS e Armazém Cultural

24 Out 2023 - 17h30Por Aline Lira / Lucas Arruda
TransCine - Cinema em Trânsito fará 3 dias de mostra com filmes de animação -

O Dia Internacional da Animação (DIA) é uma Mostra de curtas-metragens de animação nacionais e internacionais. Em Campo Grande o evento é realizado pela TransCine - Cinema em Trânsito, que fará a Mostra de Animação Infantil no Núcleo Humanitário da Nhanhá, na quinta-feira (27) às 19h, a 1ª Mostra Regional de Animação no Museu da Imagem e do Som (MIS), na sexta-feira às 15h30, e a Mostra Nacional e Internacional, no Armazém Cultural, no sábado (28), dia em que as exibições acontecem simultaneamente em todo o Brasil. A entrada é gratuita todos os dias.

O primeiro dia de mostra é voltado para as crianças e será realizado em uma ONG do Jardim Nhanhá. Aos pequenos será dado pipoca, cachorro-quente e refrigerante. No segundo dia serão exibidas animações sul-mato-grossenses, que foram selecionadas após chamada pública feita pelo cineclube. No terceiro dia é realizada a mostra com filmes brasileiros e internacionais. Todos os filmes selecionados são curta-metragens e cada exibição tem duração de cerca de uma hora.

"O Dia Internacional da Animação é uma celebração da riqueza e diversidade do cinema de animação. Estamos entusiasmados em trazer essa celebração para Campo Grande e dar destaque ao talento local. A animação é uma forma de arte incrivelmente expressiva, e estamos ansiosos para compartilhar essas histórias cativantes com o público”, afirma a cineasta Mariana Sena, produtora da TransCine.

DIA

Em 2023 o Dia Internacional da Animação (DIA) comemora 20 anos. A primeira edição foi em 2004 no SESC Vila Mariana, em São Paulo, com a exibição de “Planeta Terra”, filme coletivo de 1986 co-dirigido por cerca de 30 animadores. Desde então, as exibições foram alcançando mais cidades em diferentes lugares do país, chegando hoje a mais de 100 cidades em todas as regiões do Brasil.

A data foi escolhida porque no dia 28 de outubro de 1892, Charles-Émile Reynaud realizou a primeira projeção pública de imagens animadas do mundo, exibindo o filme Pauvre Pierrot, no Museu Grévin, em Paris-França. Inspirada nesse fato, em 2002 a ASIFA (Associação Internacional do Filme de Animação) lançou a comemoração do Dia Internacional da Animação, contando com diferentes grupos internacionais filiados em mais de 30 países. Países como EUA, França, Portugal, Coreia do Sul, Egito, Austrália, Japão, entre outros, também celebram a data.

Neste ano foram inscritos 180 curtas-metragens de animação de vários estados brasileiros. Destes, foram selecionados pelo júri, 12 filmes para a Mostra Nacional (classificação indicativa 14 anos) e 8 para a Mostra Infantil (classificação indicativa Livre). A Mostra Internacional (classificação indicativa 12 anos) foi montada através de curadoria com 5 filmes vindos da Inglaterra, Argentina, Austrália e Canadá.

No Brasil, o evento gera a integração cultural em todas as regiões do país, mobilizando diversas comunidades e facilitando a inclusão e o acesso da população à cultura. Uma das grandes características do Dia Internacional da Animação é a exibição dos filmes em locais com realidades diversas. Os mesmos curtas são exibidos em grandes centros, e também em muitas cidades do interior onde não há salas de cinema.

"Esta parceria com o Dia Internacional da Animação é um reflexo do nosso compromisso em levar o cinema para diferentes espaços e comunidades. O cinema tem o poder de nos transportar para outros mundos, nos fazer refletir e nos conectar com histórias de todos os cantos do planeta. Estar presente em espaços diversos, como a Nhanhá, o MIS e o Armazém Cultural, é uma forma de democratizar o acesso ao cinema e criar experiências que transcendem as telas”, destaca a jornalista Aline Lira, produtora da TransCine.

Ampliar o acesso e fomentar o conhecimento do público em relação ao universo do cinema de animação produzido no Brasil é a missão do DIA. Enfim, mudar a ideia de que animação é algo restrito às crianças. Entretanto, fazendo questão de selecionar uma programação infantil com curtas de alta qualidade que é também uma maneira de formar público.

Confira a programação:

Mostra Infantil: Livre.

Quinta-feira (26)

Núcleo Humanitário da Nhanhá:  rua do Comércio, 149, Jardim Nhanhá


Tardes no Escarafuncha – Dir. Fernando Ferreira Garróz

Flores da Macambira – Dir. Crianças e Adolescentes da Comunidade de Macambira (RN)

Contos Mirabolantes – O Olho do Mapinguari – Dir. Andrei Miralha e Petronio Medeiros

Palavras Mágicas – Dir. Carlon Hardt

Lucinéia – Dir. Luah Garcia

Os Macurus – Dir. Julia Vellutini e Mateus de Jesus

Memórias da Infância – Dir. Alunas e Alunos da EMEF Manuel Pereira Ramalho, Ribeirão Vermelho (MG)

Anacleto, o Balão – Dir. Carol Sakura e Walkir Fernandes

Mostra Regional: Não recomendado para menores de 12 anos

Sexta-feira (27)

MIS - Museu da Imagem e do Som, Av. Fernando Correa da Costa, 559, Centro

Estreia: A Menina e a Árvore - Dir. Ara de Andrade

Obscura Justiça - Dir. Gabriel Sequeira

Interiores - Dir. Dudu Azevedo

Caveira Dourada - Dir. João Augusto de Nardo

Os 9 Tipos de Pessoas para Tomar Tereré - Dir. Leandro Falcão

O Kunui e o Curupira - Dir. Tatiana Varela

Na Minha Época - Dir. Brisa Azevedo

Em Direção à Ítaca - Dir. Mateus Andrade e Marina Pansani

Criação do Homem e da Mulher - Dir. Fabiana Fernandez e Tatiana Varela

Menino Escultor - Dir. Marcia Lobo

Meu Ninho é Maior que o Mundo - Dir. Cláudia Santos Fernandes

Dimitri - Dir. Gustavo Santana

Glenda - Dir. Daniella Silveira e Ricardo Trinca

Quem Pariu Mateus que Balance - Dir. Heloisa Montai e Julianne Borges


Mostra Nacional: Não recomendado para menores de 14 anos.

Sábado (28)

Armazém Cultural, av. Calógeras, 3065, Centro

Azul Royal - Dir. Juliana Cortes e Jortácio

Ciranda Feiticeira - Dir. Lula Gonzaga, Tiago Delácio

Pressure - Dir. Che Marcheti

Plástico Bolha - Dir. Toni Soares

Diamantes de Acayaca - Dir. Fernanda Roque e Francisco Franco

Egrégora - Dir. Etienne Tavares

Estela, A Menina Maraguá - Dir. Sofy Mazaro

Lucinéia - Dir. Luah Garcia

Um Finde - Dir. Helena Coelho e Rebeca Nigri

Terça, Bar e Bebidas - Dir. Beatriz Filizola e Emilli Assis

Metamorfose - Dir. Gabriel Algusto

Carcinização - Dir. Denis Souza

Mostra Internacional: Não recomendado para menores de 12 anos.

Sábado (28)
Armazém Cultural, av. Calógeras, 3065, Centro

Take Rabbit - Dir. Peter Peake

Las Peripecias de Sir Percival - Dir. Becho Lo Bianco, Mariano Bergara e Javier Mrad

Forgotten - Dir. Mawrgan Shaw

Anna Spud - Dir. Ed Foster

Viaje a Marte - Dir. Juan Pablo Zaramella

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tata Amaral entrevista cineastas brasileiras sobre seus processos criativos
"Como elas fazem"

Tata Amaral entrevista cineastas brasileiras sobre seus processos criativos

20/02/2024 17:15
Tata Amaral entrevista cineastas brasileiras sobre seus processos criativos
Barulho do Mato: jornalista inicia as filmagens do documentário sobre o Heavy Metal em Campo Grande
Cinema

Barulho do Mato: jornalista inicia as filmagens do documentário sobre o Heavy Metal em Campo Grande

05/02/2024 15:00
Barulho do Mato: jornalista inicia as filmagens do documentário sobre o Heavy Metal em Campo Grande
Últimas Notícias