Dourados – MS sábado, 04 de abril de 2020
Dourados
30º max
16º min
Teatro

Cia Última Hora apresenta espetáculos

13 Jan 2020 - 16h12Por Hakeito Almeida
Elenco de “Uma Sombra na Escuridão”: Markus Chaves, Aline Domingos, Alan Aguiar, Lucas Oliveira, Tiemy Ikegami, Ariane Guerra, Junior Souza e Giovanna Lavagnoli - Crédito: Marcos MarinElenco de “Uma Sombra na Escuridão”: Markus Chaves, Aline Domingos, Alan Aguiar, Lucas Oliveira, Tiemy Ikegami, Ariane Guerra, Junior Souza e Giovanna Lavagnoli - Crédito: Marcos Marin

A Cia Última Hora de Dourados celebra os sete anos de atuação este ano, com novos espetáculos teatrais e projetos de intercâmbio cultural.

Para a temporada 2020, estão previstos as apresentações do inédito “Semente Encantada” e a reestreia de “Uma Sombra na Escuridão”. 

“Semente Encantada”, parte de uma pesquisa da Cia Última Hora, que aborda inúmeros elementos da natureza para o público infantil. A montagem contará e cantará histórias que façam as crianças se identificarem com as personagens, dialogando sobre um mundo melhor possível se a natureza for respeitada e novas maneiras de pensar e agir.  O texto lança questões sobre que mundo queremos para as próximas gerações. A ideia é que esta peça seja levada aos espaços públicos, indo de encontro ao que vem a ser o teatro de rua, que possibilita a população ter acesso de forma plural, acessível e democrático.

Já “Uma Sombra na Escuridão”, que estreou no ano passado, retorna para uma nova temporada em 2020. A peça é um melodrama cômico vivido pela personagem Detetive Dwight Black (Tiemy Ikegami), que faz uma sátira com o estereótipo das telenovelas. No elenco estão também, Alan Aguiar, Aline Domingos, Ariane Guerra, Giovanna Lavagnoli, Junior Souza, Lucas Oliveira e Markus Chaves.

“Esperamos que 2020 melhor a todas as pessoas e melhor para a arte – que vem sofrendo com poucas aberturas de iniciativa pública ou privada. Não podemos fazer que as pessoas esqueçam que a arte está em tudo, e seu fomento é necessário para que possamos cada vez mais nos entender, e compreender a sociedade, através de inquietações que só a arte proporciona – é como aquela música, aquela peça ou aquele filme que tanto gostamos: às vezes estes respiros salvam vidas”, argumenta o diretor da Cia Última Hora, Markus Chaves.

A Cia Última Hora surgiu no curso de Artes Cênicas da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). O grupo já recebeu prêmios de repercussão nacional, como os Prêmios Funarte Artes na Rua, Funarte de Dança Klauss Vianna e o Rubens Corrêa de Teatro da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.

A trupe, tem em seu portfólio os espetáculos “A Menina Sem Chapéu e o Lobo Que Não Era Mau” (2014) , uma adaptação brasileira do conto de fadas “Chapeuzinho Vermelho”; “Tristão e Isolda” (2014), uma história de amor medieval encenada na rua; “Fragmentos de Corpos Urbanos” (2016), uma ação cênico-performativa que propõe uma reflexão da sociedade: “Meu Mano Humano” (2017), criação teatral para crianças que narra a saga da gata Palomita – que vai receber um irmão de seus pais adotivos humanos;  e “Uma Sombra na Escuridão” (2019).

“O nosso propósito é acompanhar os artistas residentes de Dourados. Temos muita produções boas feitas aqui que reverbera em todo o Brasil levando o nome desta terra! Podemos, sim, nos orgulhar deste movimento”, comemora Chaves.  

 

 

 

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campanha de arte colhe depoimentos de pessoas em quarentena
Arte

Campanha de arte colhe depoimentos de pessoas em quarentena

04/04/2020 09:50
Campanha de arte colhe depoimentos de pessoas em quarentena
Esportes

Após quarentena no Equador, nadadores paralímpicos chegam ao Brasil

01/04/2020 16:36
MS disponibiliza R$ 1,3 milhões para auxilio a artistas prejudicados com a pandemia
Edital

MS disponibiliza R$ 1,3 milhões para auxilio a artistas prejudicados com a pandemia

31/03/2020 17:03
MS disponibiliza R$ 1,3 milhões para auxilio a artistas prejudicados com a pandemia
Artistas repudiam proposta  da Prefeitura de apresentações culturais gratuítas
Dourados

Artistas repudiam proposta da Prefeitura de apresentações culturais gratuítas

31/03/2020 16:09
Artistas repudiam proposta  da Prefeitura de apresentações culturais gratuítas
No valor de R$ 1,3 milhão, edital do Estado auxilia artistas prejudicados com a pandemia
Cultura

No valor de R$ 1,3 milhão, edital do Estado auxilia artistas prejudicados com a pandemia

31/03/2020 15:58
No valor de R$ 1,3 milhão, edital do Estado auxilia artistas prejudicados com a pandemia
Últimas Notícias