Dourados – MS quarta, 12 de maio de 2021
Dourados
24º max
16º min
Vacinação 2
ESPECIAL

CD e vídeo marcaram a série do Show da Paz em Dourados

25 Abr 2021 - 12h00Por Vander Verão - Especial para O Progresso
CD e vídeo marcaram a série do Show da Paz em Dourados - Crédito: REPRODUÇÃO – APARECIDO FROTA/O PROGRESSO Crédito: REPRODUÇÃO – APARECIDO FROTA/O PROGRESSO

Mais de 600 pessoas assistiram na noite do dia 20 de agosto de 2000, no salão da AABB, o lançamento oficial do CD da Paz e do vídeo “Produto Cultural Dourados”, que foram gravados no “Show da Paz 1999”, realizado no final daquele ano na Praça Antônio João.

A noite cultural foi iniciada por volta das 21h e somente foi encerrada já na madrugada de segunda-feira, conforme reportagem publicada no jornal O Progresso, assinada pelo jornalista José Henrique Marques, um dos idealizadores desse evento. Como ingresso foi cobrado um quilo de alimentos não perecíveis que foram destinados para entidades de filantropia da cidade.

A promoção foi do Grupo Show da Paz Produções (GSPP), sendo que o cerimonial ficou sob a responsabilidade da “Eclética Comunicação e Marketing”, da jornalista Marilane Borges. Além da apresentação da maioria dos artistas que gravaram faixa no CD da Paz, o evento foi abrilhantado com as performances do Grupo de Dança Las Calandrias, Grupo de Dança de Rua “Almas” e com o pagode do Recomeço.

Mas a primeira atividade da noite foi a apresentação do vídeo “Produto Cultural Dourados”, gravado pela TV Educativa. Além das atividades realizadas na praça Antônio João, durante o Show da Paz 99, a equipe da emissora de Campo Grande colheu vários depoimentos com personagens da cultura douradense. O resultado foi um trabalho plástico, com conteúdo documental.

Já o CD da Paz é o “retrato” perfeito da música popular de Dourados num único disco e dele participam: Irineu Rocha, Kleber e Kleberson, Nall e Blanche Torres, Banda Sacerdoth, Banda Holy Fire, Rozembergue Marques e Biko do Trombone, Sidney e Sulivan, Banda Apocalipse, Banda Eros, Grupo Araticum, Marco Aurélio, Grupo Raízes da Terra e Grupos Fase Terminal e Mente Letal.

Quatro edições O Show da Paz foi realizado em quatro edições: 1986, 1991, 1999 e 2000. Ilson Venâncio, o Boca, Manão Charão, Miguel de Oliveira e o jornalista José Henrique Marques foram os coordenadores nas duas primeiras edições do evento. Nas duas últimas edições, o cabeleireiro Daniel Oliveira substituiu Miguelzinho que morreu em 1997.

A primeira edição, em frente à Praça Antônio João, na Marcelino Pires, foi realizada em cima da carroceria de um caminhão, já que não houve tempo para a montagem de um palco mais adequado. A apresentação foi do radialista Marcos Ely. Além de músicas, o Show da Paz também tinha várias outras atrações no centro da cidade, como capoeira, artesanato, poesia, dança e exposição de quadros e de fotografias.

4º Show da Paz Mais de 150 artistas de Dourados e região, entre músicos, artesãos, escritores, artistas plásticos, dançarinos etc, participaram do 4º Show da Paz, em 2000, que aconteceu nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro de 2001 na Praça Antônio João e no calçadão da Igreja Matriz.

O Show da Paz 2000 preservou a característica das três edições anteriores -1986, 1991 e 1999 - com um formato fraterno, agregador e aberto para todas as vertentes culturais, sendo uma vitrine para os novos talentos, que por uma razão ou outra não tinham espaços para mostrar os trabalhos.

A virada do século e do milênio foi comemorada com a soltura de balões e ao som da música “Imagine”, de John Lennon. Logo após aconteceu o réveillon popular com bandas de Dourados. Já no dia 1º de janeiro, a programação noturna foi iniciada às 19h, com um culto ecumênico e posse popular do prefeito eleito Laerte Tetila. Logo após, subiu ao palco as dupla gaúcha, Kleiton e Kledir, que fez muito sucesso naqueles tempos idos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados 2020, de Iracema Limberger
IMPRESSO

Dourados 2020, de Iracema Limberger

12/05/2021 14:00
Dourados 2020, de Iracema Limberger
Dagata e Os Aluízios duas décadas encantando o público
IMPRESSO

Dagata e Os Aluízios duas décadas encantando o público

12/05/2021 13:00
Dagata e Os Aluízios duas décadas encantando o público
Semana de valorização da cultura indígena entra no calendário de eventos
IMPRESSO

Semana de valorização da cultura indígena entra no calendário de eventos

12/05/2021 11:30
Semana de valorização da cultura indígena entra no calendário de eventos
“Retrato do Artista Quando Coisa” homenageia Manoel de Barros
IMPRESSO

“Retrato do Artista Quando Coisa” homenageia Manoel de Barros

12/05/2021 11:00
“Retrato do Artista Quando Coisa” homenageia Manoel de Barros
Deus é mãe - por João Linhares
Poesia

Deus é mãe - por João Linhares

09/05/2021 15:25
Deus é mãe - por João Linhares
Últimas Notícias