Dourados – MS sexta, 24 de maio de 2024
19º
Cotidiano

"Todos por Amarildo": mãe morre e irmã vai continuar luta por cumprimento de sentença

Movimento tem versão nacional denominada "não foi acidente", fundado por vítimas de quem dirigia sob efeito de álcool

10 Jul 2022 - 11h45
Sebastiana Alves de Souza, falecida há poucos dias, e o filho Amarildo Alves de Souza - Crédito: DivulgaçãoSebastiana Alves de Souza, falecida há poucos dias, e o filho Amarildo Alves de Souza - Crédito: Divulgação

Ava Gambel é um dos fundadores do “Não Foi Acidente”, movimento que reúne vítimas de trânsito, seus familiares e amigos. Inspirados na inciativa de Gambel, familiares de vítimas do trânsito vem criando “sucursais” e já conseguiram reunir mais de 1 milhão de seguidores nas mídias sociais e coletar mais de 1,3 milhão de assinaturas para projetos de lei que preservam a vida no trânsito.

Os motoristas que dirigem sob efeito de álcool são uma das prioridades do “Não Foi Acidente”. Várias vezes por dia são postados casos absurdos de violência no trânsito nas mídias sociais do movimento, como o Facebook e Instagram.

Em Dourados, um movimento nos moldes do “Não foi acidente” foi criado por Sebastiana Alves de Souza após empresário Wesley Pinheiro Marques atropelar o seu filho, Amarildo Alves de Souza. O fato aconteceu na rua Pedro Celestino Varela, no Jardim Flórida, em Dourados, em abril de 2014. Na ocasião do acidente, Wesley conduzia uma motocicleta Yamaha XT 660, placas de Campo Grande, quando atingiu Amarildo, que estava parado sobre a calçada.Os fatos estão registrados na ocorrência 1800/2014. Em sua declaração Wesley admitiu ter tomado whisky e cerveja em confraternização com amigos. Agravou sua situação o fato de não portar habilitação.

Tanto Amarildo como Wesley se feriram no acidente. Porém, Amarildo com mais gravidade, o que lhe levou a um estado semi-vegetativo: fraturou as pernas e braços, o crânio e teve várias escoriações. Sem ferimentos graves, Wesley ficou alguma horas em observação médica e foi liberado. Tempos depois, mudou-se para o Canadá.

Em  27 de novembro de 2019, em uma sentença de 19 laudas, a juíza Larissa Ditzel Cordeiro Amaral condenou Wesley a arcar com todas as obrigações financeiras  para recuperação de Amarildo, como alimentação, fraudas, todos os profissionais para o cuidado e uma indenização vitalícia em dinheiro no valor de 645 reais. No inquérito criminal, ao qual cabe recurso, Wesley foi condenado a 1 Ano e 6 meses de reclusão em regime fechado, 4 anos de reclusão em regime semi-aberto, suspensão da habilitação para dirigir e perda do direito de votar.

Adoentada e respirando por aparelhos, nestes 8 anos dona Sebastiana e os criadores do Movimento “Todos por Amarildo” tentaram por todos os meios que as sentenças e cumprisse. Não deu tempo: Dona Sebastiana faleceu no último dia 31 (junho). Amarildo continua acamado, balbuciando uma palavra aqui, outra ali e esperando o cumprimento da sentença. Segundo a irmã de Amarildo, Cleonice Souza, desde o acidente, a família, sem muitos recursos, recebe ajuda de terceiros por não ter condições para arcar com as despesas médicas e pessoais do irmão.

Para honrar os oito anos nos quais dona Sebastiana, ela própria muito doente, se dedicou ao movimento “Todos por Amarildo”, a irmã Cleonice se comprometeu a continuar a luta para que o irmão possa receber o estipulado pela justiça e ter melhor qualidade de vida. “Não foi um acidente”, pondera Cleonice, reverberando o bordão do movimento nacional de solidariedade às vítimas dos crimes de trânsito motivados por embriaguez.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Novo Estatuto da Escolagov fortalece a expansão institucional e a inovação
Gestão

Novo Estatuto da Escolagov fortalece a expansão institucional e a inovação

24/05/2024 12:30
Novo Estatuto da Escolagov fortalece a expansão institucional e a inovação
Duas escolas e obra de acesso a distrito são entregues pelo Governo de MS
Eldorado

Duas escolas e obra de acesso a distrito são entregues pelo Governo de MS

24/05/2024 11:30
Duas escolas e obra de acesso a distrito são entregues pelo Governo de MS
De biojoias a transformação de móveis, reeducandas são capacitadas em arte com resinas
Campo Grande

De biojoias a transformação de móveis, reeducandas são capacitadas em arte com resinas

24/05/2024 11:00
De biojoias a transformação de móveis, reeducandas são capacitadas em arte com resinas
Comissão aprova homenagem a personalidades femininas e negras em cédulas e moedas
Câmara dos Deputados

Comissão aprova homenagem a personalidades femininas e negras em cédulas e moedas

24/05/2024 06:30
Comissão aprova homenagem a personalidades femininas e negras em cédulas e moedas
Frio à vista: sexta tem virada no tempo com redução nas temperaturas e céu encoberto em MS
Meteorologia

Frio à vista: sexta tem virada no tempo com redução nas temperaturas e céu encoberto em MS

24/05/2024 06:00
Frio à vista: sexta tem virada no tempo com redução nas temperaturas e céu encoberto em MS
Últimas Notícias