Dourados – MS quarta, 16 de outubro de 2019
Mato Grosso do Sul

Setores do turismo apoiam restrições à pesca amadora com a cota zero

02 Fev 2019 - 09h20Por Da redação
A Abrasel/MS tornou público seu apoio à implementação da nova lei - Crédito: DivulgaçãoA Abrasel/MS tornou público seu apoio à implementação da nova lei - Crédito: Divulgação

Duas entidades da cadeia do turismo em Mato Grosso do Sul – a Associação Visit Pantanal e a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) – se manifestaram, nesta sexta-feira (01), em apoio à medida do Governo do Estado em decretar a cota zero para a pesca amadora.

Com mais de 17 empresas de Miranda e região do Pantanal voltadas diretamente ao turismo ecológico como associadas, a Visit Pantanal afirmou, em nota, que “para o pescador amador a cota zero é uma excelente saída para o aumento dos estoques de peixe em nossos rios”. A entidade defende também um período de transição para que a decisão entre em vigor.

“Além disso – diz a nota assinada pela presidente Cristina Moreira Bastos –deve ser regularizado quem realmente é pescador profissional, que haja projetos novos à disposição desses, projetos de piscicultura, guia de turismo e iscas artificiais. Sabemos da importância da preservação de nossos rios e entendemos que quanto mais peixes mais turistas virão para Mato Grosso do Sul.”

Mais turistas e investimentos

A Abrasel/MS tornou público seu apoio à implementação da nova lei de pesca, sustentando que “vai estimular a prática da pesca esportiva, na modalidade pesque e solte, como forma de recuperar o estoque pesqueiro nos rios do Estado”.

A entidade acredita “no turismo sustentável, que protege os recursos naturais, garantindo às futuras gerações um meio ambiente preservado”. As diversas experiências nesse sentido, em outros locais do País, conforme a Abrasel, “têm se mostrado profícuas e acreditamos que será um grande avanço em Mato Grosso do Sul”.

A associação defende ainda que, com essa nova regulamentação da pesca, o turismo no Estado “alcançará um novo patamar, tendo como diferencial a bandeira da preservação, que será um atrativo a mais para visitantes de todo o mundo. Mato Grosso do Sul passará a ser referência, atraindo turistas e investimentos”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados recebe curso sobre gerenciamento dos recursos da empresa
Dourados

Dourados recebe curso sobre gerenciamento dos recursos da empresa

15/10/2019 17:49
Dourados recebe curso sobre gerenciamento dos recursos da empresa
MS tem mais de 11 mil pedidos de remédio na Defensoria
Judicialização

MS tem mais de 11 mil pedidos de remédio na Defensoria

15/10/2019 17:30
MS tem mais de 11 mil pedidos de remédio na Defensoria
UEMS oferece 20 vagas nível médio  e superior em vários setores
Emprego

UEMS oferece 20 vagas nível médio e superior em vários setores

15/10/2019 15:00
UEMS oferece 20 vagas nível médio  e superior em vários setores
Primavera é estação com maior incidência de tempestades
Cotidiano

Primavera é estação com maior incidência de tempestades

15/10/2019 10:00
Primavera é estação com maior incidência de tempestades
Mega-Sena acumula e prêmio pode chegar a R$ 34 milhões
Loteria

Mega-Sena acumula e prêmio pode chegar a R$ 34 milhões

15/10/2019 09:10
Mega-Sena acumula e prêmio pode chegar a R$ 34 milhões
Últimas Notícias