Dourados – MS sábado, 28 de março de 2020
Dourados
30º max
22º min
Dourados

Secretário "fura" reunião com educadores e Câmara pode convocar Délia

21 Fev 2020 - 18h08Por Redacão
Falta frustrou educadores - Falta frustrou educadores -

O secretário de Educação de Dourados, Upiran Jorge Gonçalves, não compareceu a reunião pública com educadores na tarde desta sexta-feira (21) na Câmara de Vereadores de Dourados. O objetivo era buscar um diálogo entre a Prefeitura de Dourados e a classe educadora sobre a situação da pasta no município. O convite foi estendido ao secretário de fazenda, Carlos Dobes e a secretária de administração, Elaine Terezinha Boschetti, mas nenhum dos convidados compareceu. A ausência foi considerada pelos profissionais como um descaso para com a Educação, que passa por grave crise. Diante do impasse, a vereadora Daniela Hall anunciou que vai apresentar requerimento de convocação (presença obrigatória) aos secretários e a Prefeita Délia Razuk. O documento deverá ser votado pelos vereadores na próxima sessão ordinária. 

 A proposição de reunião pública foi da vereadora Daniela Hall, juntamente com o vereador Elias Ishy. Antecedendo o encontro, representantes da categoria se reuniram no Ministério Público Estadual para tratar da falta dos auxiliares nos CEIMs. A pauta da reunião pública, no entanto, contemplava mais assuntos, como a paralisação de obras e o transporte escolar.


 O presidente do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação de Dourados), Juliano Mazzini, afirmou que a prefeitura não retirou da justiça a ação sobre a greve, mas firmou um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) para contratação de novos estagiários em caráter emergencial.  “Se a intenção vai suprir a necessidade é um segundo momento”, diz ele. 


De acordo com Mazzini, luta do sindicato é pela qualidade e segurança no trabalho, já que não há condições de deixar crianças nos CEIMs na responsabilidade de apenas um profissional. Para tanto, as aulas estão suspensas na próxima semana e uma assembleia está marcada para às 9h de quinta-feira (27), após carnaval, para avaliar o movimento, se vai continuar a greve, se a prefeitura cumprirá o acordo ou não.


O MP também solicitou que o município deverá convocar, para apresentação de documento e assinatura de contrato, todos os estagiários aprovados no processo seletivo realizado em 2019. O órgão deu ainda 60 dias para a prefeitura apresente um diagnóstico da situação dos auxiliares nas salas de Educação Infantil, levando em conta questões orçamentárias e administrativas. 


O levantamento implica nas vagas puras existentes para os cargos de assistente de apoio educacional (incluindo indígena), agente de serviços educacionais, as vagas efetivamente necessárias para o cumprimento da disciplina legal que envolve o caso, eventuais alterações necessárias no PCCR (Plano de Cargos e Carreiras e Remunerações).

O secretário de Educação dise para a assessoria da vereadora Daniela que não compareceria por questões de saúde e pelo fato de que todos os questionamentos foram esclarecidos em audiencia com o Ministério Público Estadual. Ele teria encaminhado atas respondendo aos questionamentos.  

Além de Daniela e Elias Ishy, participaram da reunião os vereadores Alan Guedes, Sergio Nogueira, Braz Melo e Olavo Sul. O deputado estadual Renato Câmara também  participou dos debates. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil

Pagamento de auxílio de R$ 600 segue para votação no Senado

27/03/2020 15:19
Economia

Ministro do STF volta a negar suspensão de MP do contrato de trabalho

27/03/2020 15:01
Conheça detalhes do auxílio a pequenas e médias empresas
Economia

Conheça detalhes do auxílio a pequenas e médias empresas

27/03/2020 14:59
Conheça detalhes do auxílio a pequenas e médias empresas
Câmara aprova auxílio de R$ 600 por mês para trabalhador informal
Projeto aprovado

Câmara aprova auxílio de R$ 600 por mês para trabalhador informal

27/03/2020 14:37
Câmara aprova auxílio de R$ 600 por mês para trabalhador informal
Délia recebe comerciantes, mantém decreto, mas não descarta flexibilização
Comércio

Délia recebe comerciantes, mantém decreto, mas não descarta flexibilização

27/03/2020 14:25
Délia recebe comerciantes, mantém decreto, mas não descarta flexibilização
Últimas Notícias