Dourados – MS sexta, 14 de junho de 2024
26º
Primeiros socorros

Projeto transforma crianças em “Bombeiros do Amanhã” em Dourados

14 Mar 2020 - 14h30Por Valéria Araújo
Sargento Piveta durante aula de primeiros socorros - Crédito: O PROGRESSOSargento Piveta durante aula de primeiros socorros - Crédito: O PROGRESSO

Projeto do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul em parceria com a Guarda Mirim de Dourados está mudando a vida de crianças e adolescentes. A primeira turma do Projeto “Bombeiros do Amanhã” é formada por 40 alunos de 9 a 14 anos e, apesar das aulas terem iniciado há menos de um mês, já despertaram nos participantes o interesse pela prevenção e proteção à vida. O responsável pelo projeto é o comandante do 2° Grupamento de Bombeiros Militar em Dourados, o Tenente Coronel Humberto José Sepa de Matos Filho, em parceria com o presidente da Guarda Mirim, João Frazão.

De acordo com o instrutor e coordenador do projeto, o sargento Orides Piveta Júnior, as crianças estão aprendendo na prática as atividades desenvolvidas pelo Corpo de Bombeiros como noções de combate a incêndios, primeiros socorros, ordem unida, hierarquia e disciplina, educação moral e cívica, além de prevenção a acidentes domésticos.

O objetivo, segundo ele é promover a cidadania, a inclusão social e digital, a diminuição da situação de risco a que crianças e adolescentes são submetidos, além de ajudar com a formação de uma cultura de prevenção e proteção à vida e ao meio ambiente, formando cidadãos conscientes de suas responsabilidades e direitos, desenvolvendo pessoas capazes de agir com base em princípios éticos de forma cada vez mais autônoma e transformadora perante a sociedade.

Segundo Piveta, a inclusão das crianças e adolescentes no projeto acontece por meio de seleção realizada pela Guarda Mirim, observando o requisito de que a criança ou adolescente esteja devidamente matriculado na rede regular de ensino e frequentando as aulas.


O sargento diz que a turma é bastante interessada nos conteúdos e que a maioria das mães que procuram o projeto buscam atividades que estimulem a disciplina e respeito ao próximo. Conforme ele já são muitos os relatos das mães notando mudanças no comportamento dos filhos. A maioria já demonstra interesse em ajudar ao próximo por meio da carreira militar.

É o caso da estudante Maria Roberta Mendes dos Santos, de 13 anos, que já sonha em se tornar militar do Corpo de Bombeiros. A mãe dela, a telefonista Cristina Palácio Mendes, contou ao O PROGRESSO que a empolgação da filha é contagiante. “A minha filha chega em casa motivada e feliz com as aulas. Tive a oportunidade de acompanhar um pouco e vi o quanto o instrutor do projeto, o sargento Piveta incentiva as crianças. A Maria já fala em ajudar a salvar vidas com as técnicas que está aprendendo e se mostra determinada tanto na escola como no projeto”, enfatiza.

Cristina descobriu o projeto por meio da Guarda Mirim, já que procurava atividades extraescolares que pudessem incentivar valores cívicos-patriotas. “O pai da minha filha é policial militar e sempre falou sobre disciplina e regra militar. Esse foi um incentivo importante para ela pela admiração que tem pelo trabalho do pai. O projeto se encaixou certinho naquilo que estávamos procurando. Forma cidadãos mais felizes, responsáveis e humanos. Como mãe é motivo de muita felicidade e orgulho”, comemora.

 Conforme o sargento Piveta, ao promover a integração social e aprendizado às crianças e adolescentes, tornando-os multiplicadores da ideia de segurança e cidadania, o projeto afasta-os dos meios violentos da sociedade e do convívio com as drogas, contribui para a redução da marginalidade e da violência. “A implantação do projeto alcança seu objetivo precípuo de melhoria da qualidade de vida da comunidade atendida, considerando o público prioritário para a meta de inclusão”, acrescenta.

Considerando a teoria das “Inteligências Múltiplas”, proposta por Howard Gardner; estão sendo desenvolvidos temas como: civismo, cidadania e democracia; educação física, saúde, atividades de prevenção, prática Bombeiro-Militar, meio ambiente, educação no trânsito e diversidades culturais, tendo como práticas educativas fundamentadas na hierarquia e disciplina, possibilitando à criança e adolescente uma educação complementar que contribua para a efetiva mudança social, objetivando a melhoria da formação do cidadão e cultivando os valores cívico-patrióticos.

Missão Social

O Projeto Bombeiros do Amanhã tem como missão colaborar para o resgate da cidadania, contribuindo na formação de valores na criança e adolescente, proporcionando conhecimentos básicos em diversas áreas que enriquecem o seu desenvolvimento e inserção social.

O projeto deve empenhar-se tanto em construir conhecimento, quanto em ensinar valores que são a base, para que no futuro as crianças e adolescentes sejam adultos disciplinados, capacitados, e críticos conscientes de seu papel na sociedade.

Durante a sua permanência no Projeto, estabelecer-se-á condições para que a criança e o adolescente adquiram, de forma sistematizada, conhecimentos gerais e básicos por meio de temas em diferentes áreas de conhecimento. O projeto busca desenvolver no indivíduo capacidade intelectual e consciência crítica, importantes no processo de construção da própria identidade, levando-os a compreender e participar ativamente da vida social,

 

Acidentes

Dados do Criança Segura, mostram que acidentes são hoje a principal causa de morte de crianças de um a 14 anos no Brasil. Todos os anos, cerca de 3,6 mil crianças dessa faixa etária morrem e outras 111 mil são hospitalizadas devido a essas causas no país.  Todos os dias, 10 crianças morrem em acidentes em nosso país.

Nos últimos dez anos, só no Município de Dourados, 89 crianças morreram e mais de 1.800 foram internadas por este motivo. Contudo, segundo dados da Organização, 90% desses acidentes poderiam ser evitados com medidas simples de prevenção, que é justamente o que o Projeto Bombeiros do Amanhã ensina.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Na feira Ponta Agrotec, grupo de entidades assina Pacto pela Inovação de Ponta Porã
Cidades

Na feira Ponta Agrotec, grupo de entidades assina Pacto pela Inovação de Ponta Porã

há 5 minutos atrás
Na feira Ponta Agrotec, grupo de entidades assina Pacto pela Inovação de Ponta Porã
Projeto obriga a informação da presença de bisfenol A em produtos vendidos em MS
ALEMS

Projeto obriga a informação da presença de bisfenol A em produtos vendidos em MS

14/06/2024 07:00
Projeto obriga a informação da presença de bisfenol A em produtos vendidos em MS
Tempo permanece firme e sexta-feira tem previsão de sol e poucas nuvens em MS
Meteorologia

Tempo permanece firme e sexta-feira tem previsão de sol e poucas nuvens em MS

14/06/2024 06:09
Tempo permanece firme e sexta-feira tem previsão de sol e poucas nuvens em MS
CIJ promove formação de facilitadores em práticas restaurativas escolar
Judiciário

CIJ promove formação de facilitadores em práticas restaurativas escolar

13/06/2024 22:10
CIJ promove formação de facilitadores em práticas restaurativas escolar
Investigador da Polícia Civil sofre infarto no trabalho e morre
Dourados

Investigador da Polícia Civil sofre infarto no trabalho e morre

13/06/2024 21:57
Investigador da Polícia Civil sofre infarto no trabalho e morre
Últimas Notícias