Dourados – MS sábado, 25 de maio de 2019
Pauta
Natal do Bem

Projeto Além dos Muros doa bolas esportivas, brinquedos e panetones feitos em presídios a crianças carentes

08 Dez 2018 - 08h32Por da Redação
Projeto Além dos Muros doa bolas esportivas, brinquedos e panetones feitos em presídios a crianças carentes - Crédito: Divulgação/Agepen Crédito: Divulgação/Agepen

O sorriso estampado no rosto e o brilho todo especial no olhar das crianças e adolescentes resumem mais uma iniciativa desenvolvida pela Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), com o apoio de parceiros e colaboradores.

O projeto “Além dos Muros” une o trabalho prisional em benefício da sociedade em situação de vulnerabilidade e realizou doações de bolas esportivas e brinquedos pedagógicos a crianças carentes da capital e Dourados. Ao todo, quatro instituições que atendem a crianças em situação de carência ou vulnerabilidade serão beneficiadas neste final de ano.

Nas mãos dos detentos, está sendo possível proporcionar um Natal diferente a crianças e adolescentes. Vários brinquedos feitos em crochê, panetones e bolas costuradas pelos reeducandos proporcionaram muita alegria e diversão para os pequeninos.  

A iniciativa integra uma parceria entre a Agepen, por meio da Divisão de Trabalho Prisional, com as empresas Freegol Manufatura de Couros e Borrachas, Redebol Indústria Comércio Importação e Exportação de Materiais Esportivos, kagiva Bolas. As primeiras entregas foram realizadas nesta sexta-feira (7.12).

Encantada com o presente que ganhou, kauane, de 9 anos, contou que não poderia ser melhor. “Sou apaixonada por crochê e a cor de rosa é a minha preferida também, vou brincar muito”, garantiu a menina que sonha em ser bailarina.

Já para o menino Davi, que sonha em ser jogador de futebol, essa doação representa uma ferramenta importante para conquistar um futuro diferente. “Essa bola vai me ajudar muito a treinar, veio em boa hora”, brincou.

Eles fazem parte da Escolinha da Misericórdia “São João Neumann”, no bairro Parque do Sol, que foi contemplada com as doações em Campo Grande. Com cinco anos de existência, a instituição atende no contraturno escolar em torno de 50 crianças em situação de vulnerabilidade, entre 4 e 15 anos, principalmente da região da Cidade de Deus.

“Funcionamos como a extensão do lar, fornecemos alimentação, damos amor, ensinamos que é necessário estudar, ter limites, respeitar o outro, a ser organizado, a escovar os dentes e que existe Deus, porque ensinamos a parte religiosa também, por meio de orações”, afirmou a diretora da instituição, Delair Coelho, que sonha em ver as crianças se formando na faculdade e sendo ótimos profissionais no futuro.

Para a Escolinha da Misericórdia “São João Neumann” foram entregues bolas esportivas, brinquedos pedagógicos e panetones. A entidade filantrópica funciona por meio de doações e quem quiser ajudar pode entrar em contato pelo telefone (67) 98152-6953.

Em Dourados, a Instituição Agrícola do Menor (IAME) recebeu as doações de bolas esportivas e panetones. Atualmente conta com 14 meninos, entre 10 e 17 anos, em situação de acolhimento. E para a alegria deles, a principal atividade de lazer da instituição é o futebol, é uma prática diária.

“Essa doação foi muito bacana, porque além de ser a atividade mais praticada por eles é algo que temos que estar comprando a cada dois meses bolas novas e infelizmente não temos dinheiro suficiente para comprar bolas boas. Agora, recebendo esses produtos oficiais foi uma benção e vão poder se deleitar no futebol por muito tempo, da forma que eles gostam”, explicou a coordenadora do IAME, psicóloga Kelly Gaviolli

Com a missão de reintegração familiar, a IAME busca preparar os meninos para a autonomia, por meio do oferecimento de cursos profissionalizantes, contraturno escolar, acompanhamentos psicológicos, apadrinhamento afetivo e atividades sociais. “Tudo para que quando tiverem a maioridade, eles possam se tornar cidadãos de bem, constituírem sua própria família, pessoas que vão colaborar com a sociedade e fazer a diferença”, destacou Kelly.

Coordenada pela Vara da Infância e da Juventude, a instituição recebe contribuição da prefeitura municipal de Dourados e de doações da sociedade. No local também existe o cultivo de horta orgânica, onde é ensinado sobre compostagem, adubação e coleta seletiva.

O presidente da associação “Amigos do IAME”, advogado criminalista Antônio Edilson Ribeiro, agradeceu o apoio e a parceria com a Agepen e a direção da PED. “Toda semana o presídio também fornece 220 pães para a instituição e esse apoio que estamos recebendo vai permitir que essas crianças se sintam mais valorizadas e isso é primordial para a reinserção delas no meio familiar”, agradeceu Antônio, citando o apoio recebido também do Poder Judiciário.

Jadyson, de 12 anos, agora vai deixar de lado a antiga bola rasgada para praticar o esporte com uma bola profissional. “Gostei muito, ela é bem mais macia e agora me sinto mais perto do meu sonho de ser jogador de futebol”, brincou.

O mesmo gosto pelo esporte, acabou levando Cristian Mendes a empreender no ramo de bolas oficiais. Trabalhando com fabricação de bolas desde os 11 anos de idade, Cristian hoje é gerente da Mundi Mercantil, representante das bolas Kagiva.

“Na minha visão, a bola é um instrumento de integração universal, não tem idade para lidar com ela, gosto muito do que faço”, explicou. Atualmente a empresa fornece bolas para o Campeonato Carioca, a Copa do Nordeste, séries B, C e D; e conta com a colaboração da mão de obra de detentos da Penitenciária Estadual de Dourados.

Durante a entrega, o diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves, destacou a importância de iniciativas do sistema penitenciário em prol da sociedade. “São pequenos gestos que podem fazer a diferença para a nova geração, por isso parabenizo o trabalho e empenho de todos os envolvidos que se dedicam para possibilitar um futuro melhor para essas crianças”, concluiu o dirigente.

 Os brinquedos, bolas e panetones são resultado do trabalho conjunto de internos da Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande, Penitenciária Estadual de Dourados, Presidio de Trânsito, Instituto Penal de Campo Grande e da Penitenciária de Três Lagoas.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Deslocamento de talude de mina da Vale atinge 18 centímetros por dia e aumenta risco de rompimento
Brasil

Deslocamento de talude de mina da Vale atinge 18 centímetros por dia e aumenta risco de rompimento

25/05/2019 12:37
Deslocamento de talude de mina da Vale atinge 18 centímetros por dia e aumenta risco de rompimento
MS tem saldo positivo de 2661 empregos em abril, melhor resultado desde 2013
Emprego

MS tem saldo positivo de 2661 empregos em abril, melhor resultado desde 2013

25/05/2019 11:05
MS tem saldo positivo de 2661 empregos em abril, melhor resultado desde 2013
Ar seco e frio ganha força em Mato Grosso do Sul
Mato Grosso do Sul

Ar seco e frio ganha força em Mato Grosso do Sul

25/05/2019 09:50
Ar seco e frio ganha força em Mato Grosso do Sul
Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 3 milhões neste sábado
Loteria

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 3 milhões neste sábado

24/05/2019 17:42
Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 3 milhões neste sábado
Duas chapas concorrem às eleições da Aced
Dourados

Duas chapas concorrem às eleições da Aced

24/05/2019 10:01
Duas chapas concorrem às eleições da Aced
Últimas Notícias