Dourados – MS terça, 07 de julho de 2020
Dourados
31º max
17º min
MS

Procon notifica empresas por prática abusiva de preços em tempos de pandemia

28 Jun 2020 - 08h07
Procon notifica empresas por prática abusiva  de preços  em tempos de pandemia -

Praticas abusivas, quer seja em relação a elevação injustificada  de preços,  propaganda ou divulgação enganosa entre outras  irregularidades  colocando em conflito a relação de consumo, principalmente em época de pandemia, levaram a Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor – Procon/MS, órgão integrante da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho – Sedhast,  a expedir nada menos que 441 notificações a estabelecimentos dos mais diversos ramos de atividades em Campo Grande.

A iniciativa  do Procon Estadual se deu em atendimento a denúncias de consumidores que se  sentiram lesados ao adquirirem produtos ou serviços devido ao desrespeito à politica nacional de  relações de consumo e a hipossuficiência do consumidor nessa relação. O órgão de defesa do consumidor considerou que a elevação de preços de quaisquer produtos sem uma causa que justifique, vai além das condutas permitidas e  que essa prática é considerada abusiva  se se levar em conta o Código de Defesa  do Consumidor.

As denúncias encaminhadas pelos consumidores demonstram que os  fornecedores se aproveitam do estado de pandemia para, arbitrariamente,  aumentarem seus lucros com a prática de preços excessivos atentando contra a ordem pública estando, portanto, sujeitos a sanções  administrativas. Apesar do empresário desfrutar de liberdade para impor os preços que entender justos para a comercialização dos seus produtos, não há porque abusar do direito aumentando os preços principalmente de produtos essenciais.

A notificação às centenas de  empresas dos diversos ramos de atividades determina que os empresários se abstenham da elevação de preços sem justificativa e adote as medidas contidas no Código de Defesa do Consumidor, entre elas manter informações ostensivas, claras e  adequadas, expor os preços de  forma correta em todos os produtos e serviços oferecidos, além de atentar para os prazos de validade.

Entre as atividades notificadas estão postos de combustíveis,  supermercados, mercearias, conveniências e estabelecimentos atacadistas, distribuidoras de gás de cozinha, farmácias, estabelecimentos de  ensino de diversos níveis, planos de saúde. Os motivos para notificações foram diversos, sobressaindo a prática de preços abusivos com 200 casos, superfaturamento por distribuidores de gêneros alimentícios,  publicidade enganosa e elevação nos preços de combustíveis sem justa causa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Câmara de Dourados aprova Projeto de Lei que aumenta extensão do Parque Municipal Paragem
Dourados

Câmara de Dourados aprova Projeto de Lei que aumenta extensão do Parque Municipal Paragem

07/07/2020 18:21
Câmara de Dourados aprova Projeto de Lei que aumenta extensão do Parque Municipal Paragem
Processo Seletivo

Funsaud tem processo seletivo aberto para contratação temporária de profissionais

07/07/2020 17:18
Médico Gecimar Teixeira Júnior assume a Secretaria Municipal de Saúde
Dourados

Médico Gecimar Teixeira Júnior assume a Secretaria Municipal de Saúde

07/07/2020 16:49
Médico Gecimar Teixeira Júnior assume a Secretaria Municipal de Saúde
Sem sair dos 37% na taxa de isolamento social, MS amarga avanço de casos e mortes por coronavírus
Isolamento Social

Sem sair dos 37% na taxa de isolamento social, MS amarga avanço de casos e mortes por coronavírus

07/07/2020 15:24
Sem sair dos 37% na taxa de isolamento social, MS amarga avanço de casos e mortes por coronavírus
Inteligência, investimento e integração das polícias consolidam MS como um dos estados mais seguros do País
MS

Inteligência, investimento e integração das polícias consolidam MS como um dos estados mais seguros do País

07/07/2020 14:30
Inteligência, investimento e integração das polícias consolidam MS como um dos estados mais seguros do País
Últimas Notícias