Dourados – MS domingo, 23 de fevereiro de 2020
Dourados
31º max
20º min
Dourados

Prefeitura abriu ação de enfrentamento à violência doméstica com 600 atendimentos

03 Dez 2018 - 13h30Por da Redação
Prefeitura abriu ação de enfrentamento à violência doméstica com 600 atendimentos - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

A mensagem de enfrentamento à violência contra a mulher foi levada em ação social, sábado (01), na Praça Antonio João em Dourados. A atividade no contexto da campanha “16 dias de ativismo” é realizada pela Prefeitura, por meio da Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres, e conta com parceria de instituições com vários serviços para a comunidade em geral. A ação social somou o total de 600 atendimentos.

Sônia Pimentel, da Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres, destaca que o número de atendimentos foi um diferencial e cita satisfação com a abordagem do tema central da campanha.

“Um momento de debate e informação, além dos cuidados diversos para a saúde a autoestima que pudemos oferecer com o apoio dos nossos parceiros. Foi gratificante dar inicio à campanha atendendo tantas pessoas”, disse.

Os atendimentos foram nas áreas de beleza, com cortes de cabelo, design de sobrancelhas e manicure; saúde, com testes de glicemia, aferição de pressão arterial, testes de IST/Aids e de hepatites virais, além de orientações do serviço social e de psicologia. Na área jurídica contou com orientações das mulheres advogadas. Também houve vacinação de pets e orientações com equipe do CCZ.

As secretarias de Saúde e de Assistência Social apoiaram a estruturação do evento, que teve como parceiros a Comissão da Mulher Advogada da OAB/Dourados, acadêmicos de Psicologia da UFGD e Serviço Social da Anhanguera, institutos de cursos profissionalizantes da beleza (Cenaic, Iegran, Instituto Embelleze e La Bella Face, Escola de cabeleireiros Maria Helena), cantora Izabel Souza, Programa IST/AIDS e CCZ (vacinas e orientação contra a dengue), Programa Viva Mulher, Corpo de Bombeiros e Samu, além de lideranças indígenas das aldeias Jaguapiru e Bororó, o Núcleo LBT e CCZ (Centro de Controle de Zoonozes).

Sônia destaca que a campanha continua em Dourados e contará com ações de panfletagem e debates sobre o assédio sexual e moral no ambiente de trabalho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Defensoria atua na alteração de nomes e sobrenomes constrangedores em MS
Justiça

Defensoria atua na alteração de nomes e sobrenomes constrangedores em MS

22/02/2020 10:00
Defensoria atua na alteração de nomes e sobrenomes constrangedores em MS
Oficiais de Justiça de MS cumprem mais de 630 mil mandados
2019

Oficiais de Justiça de MS cumprem mais de 630 mil mandados

22/02/2020 09:00
Oficiais de Justiça de MS cumprem mais de 630 mil mandados
Secretário "fura" reunião com educadores e Câmara pode convocar Délia
Dourados

Secretário "fura" reunião com educadores e Câmara pode convocar Délia

21/02/2020 18:08
Secretário "fura" reunião com educadores e Câmara pode convocar Délia
Délia escapa de nova convocação na Câmara
Dourados

Délia escapa de nova convocação na Câmara

21/02/2020 10:56
Délia escapa de nova convocação na Câmara
Bancos fecham na segunda e terça-feira de carnaval
Cotidiano

Bancos fecham na segunda e terça-feira de carnaval

21/02/2020 10:03
Bancos fecham na segunda e terça-feira de carnaval
Últimas Notícias