Dourados – MS sábado, 04 de abril de 2020
Dourados
30º max
16º min
Pesquisa

Pesquisadores da UFGD desenvolvem material que prolonga a validade de ovos na prateleira

O produto, desenvolvido à base de biopolímero e quaternários de amônio, já teve sua patente depositada e pode contribuir amplamente na produção industrial de ovos

08 Nov 2019 - 12h10Por redação
Material desenvolvido visa prolongar a validade de ovos comerciais - Crédito: divulgaçãoMaterial desenvolvido visa prolongar a validade de ovos comerciais - Crédito: divulgação

Realizado por um grupo de pesquisadores da UFGD, estudo com biopolímero e quaternários de amônio resultou no desenvolvimento de um produto que visa prolongar o tempo de prateleira de ovos comerciais. O material, que protege a superfície dos ovos por meio da redução da incidência de contaminações, teve em julho deste ano sua patente depositada junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

O biopolímero – extraído da casca de crustáceos – e os quaternários de amônio – substâncias comerciais utilizadas como agentes sanitizantes –, tanto em sua forma livre quanto combinada, são empregados em filmes bioativos, biomiméticos e auto restauráveis, que podem ser usados sob diferentes formas (soluções, emulsões, granulados, géis e dispersões), funcionando como barreira contra bactérias, fungos e choques mecânicos.

O produto filmogênico desenvolvido pelos pesquisadores da UFGD tem liberação controlada e propicia o aumento da qualidade sanitária e do tempo de vida dos ovos na prateleira, impedindo também a perda de água por desidratação. Além disso, os custos de produção e comercialização do item tendem a diminuir, evitando-se assim perdas por contaminação e data de validade expirada.

O novo material já vem despertando interesse na indústria de produção de ovos comerciais. A ideia é que ele seja aplicado na etapa final de produção dos ovos, depois de seu polimento e antes da embalagem.

Patente

Com apoio da Divisão de Inovação e Propriedade Intelectual (DIPI) da UFGD, o grupo realizou, em julho deste ano, depósito de patente do material sob o título “Coberturas e filmes bioativos para controle sanitário e preservação de ovos”. A partir dessa data, o INPI tem 18 meses para examinar o pedido e conceder a patente.

A ideia para a pesquisa surgiu do professor Eduardo José de Arruda, da Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia (FACET/UFGD), que orientou a, na época mestranda, Taiane Almeida e Silva, em dissertação de mestrado sobre o tema, pelo Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos (PPGCTA), da UFGD.

Participaram também da pesquisa os docentes Kelly Mari Pires de Oliveira, do PPGCTA/UFGD, Luiz Fernando Gorup, professor visitante da UFGD e integrante do Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF), Silvia Maria Martelli, coordenadora do mestrado do PPGCTA, e Chaiane Regina Rech, do SENAI/Dourados, e os estudantes Bruno do Amaral Crispim, pós-doutorando pelo Programa de Pós-graduação em Biologia Geral/Bioprospecção da UFGD, e Renata Pires de Araújo, doutoranda pelo Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental da UFGD. (Assessoria UFGD)
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Médico alerta para aglomeração em pista de caminhada
Covid-19

Médico alerta para aglomeração em pista de caminhada

04/04/2020 14:40
Médico alerta para aglomeração em pista de caminhada
Eleições

MP Eleitoral fiscaliza uso abusivo de ações contra covid-19 nas eleições municipais em Mato Grosso do Sul

04/04/2020 13:15
Relatório aponta que microveículos são mais seguros para os pedestres
Segurança

Relatório aponta que microveículos são mais seguros para os pedestres

04/04/2020 12:40
Relatório aponta que microveículos são mais seguros para os pedestres
Caixa lançará na terça aplicativo para cadastro em renda emergencial
Aplicativo

Caixa lançará na terça aplicativo para cadastro em renda emergencial

04/04/2020 12:04
Caixa lançará na terça aplicativo para cadastro em renda emergencial
Dourados registra 7º caso de coronavirus; MS já tem 62 confirmados
Covid-19

Dourados registra 7º caso de coronavirus; MS já tem 62 confirmados

04/04/2020 11:52
Dourados registra 7º caso de coronavirus; MS já tem 62 confirmados
Últimas Notícias