Dourados – MS segunda, 17 de junho de 2024
22º
Internacional

Navio brasileiro encontra destroços de avião chileno

11 Dez 2019 - 20h28Por Redação
Navio brasileiro encontra destroços de avião chileno - Crédito: Divulgação/Google Maps Crédito: Divulgação/Google Maps

O Ministério da Defesa informou hoje (11) que o navio polar Almirante Maximiano, da Marinha do Brasil, recolheu, por volta das 15h45 (horário de Brasília), itens pessoais e destroços compatíveis com a aeronave Hércules C-130, da Força Aérea do Chile, desaparecida desde a noite de segunda-feira (9). 

Segundo a pasta, as partes do avião e os objetos estavam a aproximadamente 280 milhas náuticas (518 km) de Ushuaia, na Argentina. "O navio da Marinha do Brasil permanece na área de busca em ações coordenadas com autoridades chilenas e duas lanchas do navio continuam a recolher destroços", informou o ministério, por nota. 

A embarcação brasileira estava cumprindo missão oficial na região e, após o acidente, foi deslocada para colaborar com as autoridades do Chile nas buscas. 

A aeronave chilena saiu de Punta Arenas, no sul do país, na noite de segunda-feira (9), com destino à Base Eduardo Frei Montalva, na Antártica, mas desapareceu do radar cerca de uma hora e meia depois. 

Após ter se esgotado o tempo de autonomia da aeronave, ela foi considerada desaparecida pelas autoridades chilenas. O avião transportava 17 tripulantes e 21 passageiros, em missão de apoio logístico à base da Antártica, para revisar um oleoduto flutuante de abastecimento de combustível e realizar um tratamento anticorrosivo nas instalações nacionais no local.

A região onde o avião desapareceu está localizada em Paso Drake ou Mar de Drake, e é uma extensão de mar de cerca de 800 quilômetros (km), que conecta os oceanos Atlântico e Pacífico, entre a América do Sul e a Antártica. Tem uma profundidade média de 3.400 metros e é considerado um dos lugares mais tempestuosos do planeta, com ventos que superam os 70 km/h e ondas de mais de 8 metros de altura.

Confira a íntegra da nota oficial enviada pelo Ministério da Defesa do Brasil:

Brasília, 11 de dezembro de 2019

O Ministério da Defesa informa que o Navio Polar Almirante Maximiano, da Marinha do Brasil, recolheu por volta das 15h45 (horário de Brasília) itens pessoais e destroços compatíveis com a aeronave Hércules C-130, da Força Aérea do Chile, que estava desaparecida desde a madrugada de terça-feira (10). As partes do avião e os objetos estavam a aproximadamente 280 milhas náuticas (518 km) de Ushuaia, na Argentina.

O navio da Marinha do Brasil permanece na área de busca em ações coordenadas com autoridades chilenas e duas lanchas do navio continuam a recolher destroços.

Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Defesa.

 

Fonte: Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

Titular da SAD representa MS em fórum nacional de secretários de Administração
Gestão Pública

Titular da SAD representa MS em fórum nacional de secretários de Administração

16/06/2024 13:30
Titular da SAD representa MS em fórum nacional de secretários de Administração
Diálogo avança e 122 servidores do Detran de MS são promovidos por antiguidade
Promoção funcional

Diálogo avança e 122 servidores do Detran de MS são promovidos por antiguidade

16/06/2024 13:15
Diálogo avança e 122 servidores do Detran de MS são promovidos por antiguidade
Ninguém acerta as seis dezenas na Mega-Sena
Loteria

Ninguém acerta as seis dezenas na Mega-Sena

16/06/2024 11:30
Ninguém acerta as seis dezenas na Mega-Sena
Imigração japonesa, seca e cinema brasileiro são destaques
Hoje é Dia

Imigração japonesa, seca e cinema brasileiro são destaques

16/06/2024 10:30
Imigração japonesa, seca e cinema brasileiro são destaques
Senado realizará terceira edição do Prêmio Adoção Tardia
Direitos humanos

Senado realizará terceira edição do Prêmio Adoção Tardia

16/06/2024 06:45
Senado realizará terceira edição do Prêmio Adoção Tardia
Últimas Notícias