Dourados – MS sexta, 03 de abril de 2020
Dourados
28º max
19º min
Dourados

MP cobra vacinação de idosos contra H1N1 em casa para evitar Covid-19

25 Mar 2020 - 18h00
MP cobra vacinação de idosos contra H1N1 em casa para evitar Covid-19 -

O Ministério Público Estadual recomendou à Prefeitura de Dourados para que aumente os postos de vacinação contra o H1N1 para evitar aglomeração, incluindo a medida de vacinação em casa para que os idosos não tenham que sair de casa e sejam expostos ao Covid-19. O documento é assinado pelos promotores de Justiça Etéocles de Brito Mendonça Júnior, Ricardo Rotunno e Luiz Gustavo Terçariol, titulares da 10ª, 16ª e 17ª Promotorias de Justiça.

De acordo com os Promotores de Justiça, a vacinação é necessária, pois embora a vacina contra a influenza não proteja contra o coronavírus, poderá facilitar o trabalho dos profissionais de saúde, tanto do ponto de vista do diagnóstico de pacientes que chegam às unidades com suspeita de terem contraído a doença, à medida em que podem descartar etapas na investigação, quanto do ponto de vista logístico, já que em tese um número menor de pessoas procuraria os hospitais com sintomas de gripe, porquanto imunizadas.

Contudo, para que não haja tumulto nos locais de vacinação, os Promotores de Justiça recomendaram aos Municípios que adotem as medidas necessárias para ampliar o número de pontos de vacinação contra a influenza, traçando Plano de Ação para evitar, ao máximo, a circulação e aglomeração de pessoas.

Recomendaram, também, que as etapas da campanha de vacinação contra a influenza deverão atender aos acolhidos e residentes, bem como aos colaboradores e guardiões das entidades de acolhimento institucional para crianças e adolescentes (Lar Santa Rita e Lar Ebenezer - Casas I e II), dos Serviços de Família Acolhedora, das instituições de longa permanência para pessoas idosas (Asilo da Velhice Desamparada de Dourados e Fraternidade de Aliança Toca de Assis) e da Residência Inclusiva Regionalizada de Dourados, nas próprias instituições e lares familiares, por meio de equipe de atendimento domiciliar.

Os Promotores de Justiça levaram em consideração, dentre outros fatores, que a campanha de vacinação (influenza) foi antecipada pelo Ministério da Saúde, em um mês, por causa da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), como “forma de auxiliar os profissionais de saúde a descartarem influenza na triagem de casos para o coronavírus”.

Como reflexo ao recomendado, o Município de Laguna Carapã estabeleceu uma escala de horários para que os funcionários de saúde fossem vacinados sem causar aglomeração de pessoas, e no que se refere às pessoas idosas, optou por fornecer a vacinação em suas residências, evitando, assim, que tal grupo de pessoas necessite sair do lar, permanecendo no tão necessário isolamento social.

Já em Dourados, também para evitar aglomerações, foram criados três pontos extras de vacinação do tipo “drive thru” e um posto volante na Praça Antônio João, além do atendimento habitual nas unidades básicas de saúde.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mecias de Jesus pede assistência a indígenas contra covid-19
Indígenas

Mecias de Jesus pede assistência a indígenas contra covid-19

02/04/2020 21:25
Mecias de Jesus pede assistência a indígenas contra covid-19
Governo chama profissionais de saúde para luta contra coronavírus
Covid-19

Governo chama profissionais de saúde para luta contra coronavírus

02/04/2020 20:52
Governo chama profissionais de saúde para luta contra coronavírus
Alcolumbre está curado da covid-19 e volta às atividades
Presidente do Senado

Alcolumbre está curado da covid-19 e volta às atividades

02/04/2020 20:51
Alcolumbre está curado da covid-19 e volta às atividades
Militares fazem a descontaminação de aeroporto em MS
Covid-19

Militares fazem a descontaminação de aeroporto em MS

02/04/2020 20:48
Militares fazem a descontaminação de aeroporto em MS
Canabidiol

Associação da PB oferece canabidiol para médicos na frente de combate ao coronavírus

02/04/2020 20:15
Últimas Notícias