Dourados – MS sábado, 16 de janeiro de 2021
Dourados
29º max
23º min
Influx
Meio Ambiente

PMA de Bela Vista autua arrendatário em R$ 50 mil por construir açude degradando nascentes e olhos d’água

14 Jan 2021 - 08h33Por Da redação
PMA de Bela Vista autua arrendatário em R$ 50 mil por construir açude degradando nascentes e olhos d’água - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Policiais Militares Ambientais de Bela Vista realizaram uma operação de fiscalização hoje (13) nas propriedades rurais do município e autuaram um arrendatário rural por degradação de áreas de nascentes que são protegidas por lei.

Com uso de máquinas, que não estavam mais no local, um engenheiro agrônomo, que arrenda uma fazenda a 35 km da cidade, realizou a construção de um açude dentro de uma região de olhos d´água e nascentes que é Área de Preservação Permanente (APP). Foi degradada área de 1 hectare medida em GPS na construção do açude.

O arrendatário (34), residente em Maracaju, foi autuado administrativamente e multado em R$ 50.000,00. O infrator também responderá por crime ambiental de destruir área de preservação permanente. Se condenado por este crime, poderá pegar pena de um a três anos de detenção. O autuado ainda responderá pelo crime de construir atividade potencialmente poluidora sem autorização ambiental. A pena para esse crime é de três a seis meses de detenção.

Os policiais notificaram o agrônomo a realizar um projeto de recuperação da área degradada, junto aos órgãos ambientais para a possível regularização da represa e recuperação da área degradada.

ALERTA AOS PROPRIETÁRIOS RURAIS SOBRE ARRENDAMENTOS

A PMA tem encontrado em propriedades rurais muitas infrações e crimes ambientais cometidos por arrendatários e alerta aos proprietários rurais, que mantenham vigilância sobre suas propriedades. Há possibilidade inicialmente de os proprietários serem responsabilizados solidariamente, tanto na instância, administrativa (multa ambiental), penal (na coautoria do crime) e, principalmente na instância civil, em ação de reparação dos danos ambientais, especialmente, se os arrendatários não fizerem a recuperação e entregarem as terras com o litígio.

Além disso, caso o arrendatário não seja pego durante o cometimento da infração, diferentemente deste caso, em que ele foi responsabilizado inicialmente de forma direta na parte administrativa, todo o passivo ambiental depois do contrato permanece ao proprietário. Dessa forma, há que se ter muito cuidado e manter vigilância sempre.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PMA de Corumbá autua infrator por desmatamento ilegal em propriedade à margem da Estrada Parque no Pantanal
Meio Ambiente

PMA de Corumbá autua infrator por desmatamento ilegal em propriedade à margem da Estrada Parque no Pantanal

15/01/2021 10:54
PMA de Corumbá autua infrator por desmatamento ilegal em propriedade à margem da Estrada Parque no Pantanal
Sancionada lei de pagamento por serviços ambientais
Meio Ambiente

Sancionada lei de pagamento por serviços ambientais

14/01/2021 17:14
Sancionada lei de pagamento por serviços ambientais
Fecularia é multada em R$ 20 mil por poluir rio e córrego
Meio Ambiente

Fecularia é multada em R$ 20 mil por poluir rio e córrego

11/01/2021 17:04
Fecularia é multada em R$ 20 mil por poluir rio e córrego
Polícia Militar Ambiental autuou sete traficantes de animais silvestres em R$ 41 mil durante o ano passado
Meio Ambiente

Polícia Militar Ambiental autuou sete traficantes de animais silvestres em R$ 41 mil durante o ano passado

08/01/2021 09:11
Polícia Militar Ambiental autuou sete traficantes de animais silvestres em R$ 41 mil durante o ano passado
PMA autua 72, número 157% maior do que 2019, e aplica R$ 6,32 milhões em multas por incêndios
Queimadas

PMA autua 72, número 157% maior do que 2019, e aplica R$ 6,32 milhões em multas por incêndios

05/01/2021 10:22
PMA autua 72, número 157% maior do que 2019, e aplica R$ 6,32 milhões em multas por incêndios
Últimas Notícias