Dourados – MS quarta, 18 de setembro de 2019
MEIO AMBIENTE

Greenpeace assume ter deixado mala com alarme em comissão da Câmara

21 Jun 2018 - 18h20
A organização não governamental Greenpeace assumiu a responsabilidade por ter deixado uma mala que disparou alarme de moto na comissão especial que analisa o projeto de lei dos agrotóxicos (PL 6299/02), nesta quarta-feira (20). Na ocasião, a sessão foi interrompida por suspeita de que o objeto fosse uma bomba caseira. Por meio de comunicado, a entidade afirmou que protesto teve como objetivo "chamar a atenção para os riscos da aprovação do projeto, que libera ainda mais agrotóxicos no Brasil". Segundo a ONG, o Greenpeace realiza, em todo o mundo, atividades pacíficas para defender o meio ambiente. "O alarme estava inserido em uma pasta e não representava risco algum para a segurança dos presentes. Qualquer outra interpretação é uma tentativa mal-intencionada de desviar a atenção da real ameaça em questão: a liberação de mais veneno na comida dos brasileiros", diz a nota. Procurado pela Agência Brasil, o Greenpeace não informou como entrou nas dependências da Câmara dos Deputados com a mala. O protocolo padrão da casa é que todos os visitantes sejam identificados ao ingressar nas dependências da Câmara e seus pertences são revistados em aparelhos de raio-x. Em nota, a Câmara dos Deputados informou que foi aberta uma ocorrência policial para verificar o responsável por ter deixado a mala no local. Ao encontrar o objeto, a Polícia Legislativa da Casa acionou o Esquadrão Antibomba da Polícia Militar do DF. Ainda segundo a nota, "no interior da pasta encontrava-se uma simulação grotesca de artefato explosivo". PL do Veneno Conhecida como PL do Veneno, a proposta tem provocado intensos debates na Câmara dos Deputados. A medida é alvo de uma queda de braço de empresários ruralistas contra ambientalistas e órgãos do governo como, por exemplo, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama), que se posicionaram contrário à proposta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sem previsão de chuva em MS, população deve tomar cuidado com riscos de queimadas
Meio Ambiente

Sem previsão de chuva em MS, população deve tomar cuidado com riscos de queimadas

13/09/2019 08:56
Sem previsão de chuva em MS, população deve tomar cuidado com riscos de queimadas
Sem chuva, queimadas se intensificam e Ibama estima 1 milhão de hectares em cinzas
Meio Ambiente

Sem chuva, queimadas se intensificam e Ibama estima 1 milhão de hectares em cinzas

11/09/2019 08:13
Sem chuva, queimadas se intensificam e Ibama estima 1 milhão de hectares em cinzas
Chuva inesperada no Pantanal contribui para o controle de focos de queimadas
Meio Ambiente

Chuva inesperada no Pantanal contribui para o controle de focos de queimadas

28/08/2019 10:40
Chuva inesperada no Pantanal contribui para o controle de focos de queimadas
Defesa Civil instala Sala de Situação Integrada para monitorar surgimento de incêndios em MS
Mato Grosso do Sul

Defesa Civil instala Sala de Situação Integrada para monitorar surgimento de incêndios em MS

27/08/2019 16:49
Defesa Civil instala Sala de Situação Integrada para monitorar surgimento de incêndios em MS
Governo Federal é multado em R$ 90 milhões por não verificar agrotóxicos em água de Dourados
Meio Ambiente

Governo Federal é multado em R$ 90 milhões por não verificar agrotóxicos em água de Dourados

27/08/2019 14:28
Governo Federal é multado em R$ 90 milhões por não verificar agrotóxicos em água de Dourados
Últimas Notícias