Dourados – MS quarta, 23 de junho de 2021
Dourados
28º max
16º min
Meio ambiente

Corumbá ganha prêmio de maior evolução do ano em turismo no Brasil

11 Dez 2015 - 10h12
Cidade de Corumbá  ainda foi premiada na categoria capacidade empresarial e pelos incentivos. - Crédito: Foto: DivulgaçãoCidade de Corumbá ainda foi premiada na categoria capacidade empresarial e pelos incentivos. - Crédito: Foto: Divulgação
O Ministério do Turismo e o Sebrae premiaram na quarta-feira (9), em Brasília, as cidades que mais evoluíram em 13 aspectos que ajudam a compor a atividade turística, de acordo com o Índice de Competitividade do Turismo Nacional. Depois de uma pesquisa de campo realizada em 65 destinos turísticos, Corumbá (MS) e Fortaleza (CE) foram apontados como os municípios que mais avançaram em relação aos seus resultados do ano passado.


A premiação é concedida aos municípios que mais evoluíram no índice geral e em cada uma das 13 categorias, que incluem infraestrutura geral; acesso; atrativos; políticas públicas; serviços e equipamentos turístico, entre outras. Nesta 7ª edição do Índice de Competitividade, nove municípios receberão certificado, já que alguns avançaram em mais de uma dimensão.


A Capital do Pantanal é hoje um polo de desenvolvimento do Centro-Oeste e o turismo, uma das principais forças econômicas da região. Atrai turistas brasileiros e estrangeiros de diversas nacionalidades interessados em um dos biomas mais ricos do país, seja para contemplar suas belezas naturais, a pesca esportiva ou suas manifestações culturais. Sua principal riqueza, o Pantanal, ocupa 60% de seu território. Geograficamente, Corumbá ocupa uma posição estratégica, na fronteira com o Paraguai e a Bolívia.

Investimentos


Corumbá foi a cidade que mais avançou entre as não capitais. Também foi a primeira se consideradas as categorias: capacidade empresarial, acesso e marketing e promoção do destino. Como diferenciais da cidade foram apontados sua localização, porta de entrada do Pantanal, patrimônio natural pela Unesco; o desenvolvimento de ações de marketing e a promoção além da integração de esforços entre as iniciativas pública e privada para desenvolver o turismo local.


O Índice também destacou as cidades que de maneira criativa, desenvolveram soluções que tornaram o destino mais competitivo. As boas práticas de Corumbá, destacadas, foram a cooperação técnica entre a Fundação de Turismo do Pantanal (Fundtur) e a Fecomércio/MS que transformaram o Centro de Convenções da cidade, localizado na orla portuária, em uma plataforma cultural multiuso, gerenciada pelo Sesc, e passou a produzir dados sobre o perfil do viajante que desembarca no município, com o Observatório de Turismo, criado pela fundação.


“Este reconhecimento em nível federal demonstra o comprometimento da parceria entre poder público e privado em prol do turismo de Corumbá, a importância do investimento público no desenvolvimento e na estruturação do destino e confirma a relevância do setor em nossa região”, destacou a diretora-presidente da FUNDTUR/Pantanal, Hélènemarie Dias Fernandes.


A cidade pantaneira também foi a que mais evoluiu na categoria acesso ao destino turístico, especialmente pelos voos regulares do Brasil e da Bolívia e à oferta de transportes públicos nas rodoviárias, tendo avançado de 57,2 pontos para 65,2 pontos em apenas um ano, um acréscimo de 8,1 pontos percentuais. O destino ainda foi premiado na categoria capacidade empresarial, por ter novas escolas técnicas, universidades, além da presença de redes nacionais e internacionais de locação de automóveis e incentivo ao empreendedorismo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meio Ambiente

Caixa lança programa de preservação ambiental

13/06/2021 10:00
Meio Ambiente

Mourão diz que Bolsonaro autorizou nova operação militar na Amazônia

11/06/2021 18:00
PMA multa em mais de R$ 1 milhão empresa por incêndio ilegal em lavoura
Meio Ambiente

PMA multa em mais de R$ 1 milhão empresa por incêndio ilegal em lavoura

11/06/2021 12:00
PMA multa em mais de R$ 1 milhão empresa por incêndio ilegal em lavoura
Com mais baixa estação chuvosa em 10 anos, Pantanal já tem 80% das propriedades afetadas
Meio Ambiente

Com mais baixa estação chuvosa em 10 anos, Pantanal já tem 80% das propriedades afetadas

09/06/2021 14:00
Com mais baixa estação chuvosa em 10 anos, Pantanal já tem 80% das propriedades afetadas
Governo sanciona lei que define as normas para proteção da fauna de MS
Meio Ambiente

Governo sanciona lei que define as normas para proteção da fauna de MS

09/06/2021 13:00
Governo sanciona lei que define as normas para proteção da fauna de MS
Últimas Notícias