Dourados – MS quinta, 23 de maio de 2024
30º
Justiça

Mais de mil itens depositados judicialmente serão leiloados em novos editais do TJMS

São 1.184 itens , entre os quais se incluem televisores, caixas de som, ferramentas, bicicletas, eletrodomésticos, notebooks, celulares etc

26 Mai 2022 - 13h00Por Secom/TJMS
Mais de mil itens depositados judicialmente serão leiloados em novos editais do TJMS - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Estão publicados no Diário da Justiça de quarta-feira, dia 25 de maio, os editais de Leilão Eletrônico n. 038/2022 e 043/2022, da Corregedoria-Geral de Justiça do TJMS, com um total de 45 lotes de bens diversos apreendidos nas comarcas de Campo Grande e Cassilândia. As imagens dos bens leiloados estão disponíveis para consulta pelo site www.superbid.net e www.majudicial.com.br, no caso do Edital 038/2022, e no site www.reginaaudeleiloes.com.br,  responsável pelo Edital 043/2022. Os lances serão todos on-line e estão abertos até 8 de junho em ambos os certames, mas com encerramento, às 10h30 no Edital 038/2022, e às 16 horas no Edital 043/2022, ambos no horário de Brasília.

Os bens estão para alienação antecipada seguindo Resolução n. 356/2020 do CNJ e Provimento CSM/TJMS n. 450/2019, a fim de preservar seus valores correspondentes, naturalmente sujeitos à depreciação ou desvalorização.

O leilão é organizado e fiscalizado pela Comissão de Alienação de Bens Apreendidos em Ações Penais da Justiça Estadual, vinculada à Corregedoria-Geral de Justiça do TJMS, cujo Corregedor-Geral é o Des. Luiz Tadeu Barbosa Silva.

São 1.184 itens no Edital 038/2022, entre os quais se incluem televisores e acessórios, caixas de som, ferramentas, bicicletas, eletrodomésticos, notebooks, celulares etc. Já pelo Edital 043/2022 estão sendo leiloados seis alto-falantes, três super tweeters, dois módulos veiculares, duas caixas acústicas e um rádio automotivo. Para participar, é necessário que o interessado acesse previamente o portal digital da Superbid Judicial, da Maisativo Judicial e da Regina Aude Leilões, a depender do item que se está interessado, para realizar o seu cadastro de forma inteiramente gratuita.

Encerrado o leilão, será considerado vencedor o maior lance recebido nas condições dispostas no edital, devendo o arrematante efetuar o pagamento até 48 horas contadas do primeiro dia útil subsequente ao encerramento do certame, mediante pagamento de boleto bancário, emitido pela Caixa Econômica Federal, tendo como favorecido o TJMS, acrescido de 5% de comissão do leiloeiro, mais as despesas de depósito (taxa de pátio), se houver.

O bem arrematado somente será entregue pelo Leiloeiro ao arrematante ou procurador após a comprovação dos pagamentos e assinatura da Carta de Arrematação, com cópia dos demais documentos necessários à transferência (auto de arrematação, cópia do edital e seu anexo, etc.). O arrematante disporá do prazo de até 5 dias úteis, a contar da data do início da entrega dos bens, para efetuar a retirada/remoção do lote arrematado de seu local de armazenamento.

Todos os bens do Edital 038/2022 estão no mesmo depósito situado à Rua Desembargador Leão Neto, n. 2020, Jardim Veraneio, Campo Grande, e podem ser visitados pelos interessados no local nos dias 6 e 7 de junho, mediante agendamento prévio pelo telefone (67) 3317-3312. Já os itens do Edital 043/2022 estão depositados em Campo Grande e em Cassilândia, e a visitação pode ocorrer nos mesmos dias, porém com agendamento junto à empresa leiloeira responsável. Durante a visitação, no entanto, será permitida, exclusivamente, a avaliação visual dos lotes, sendo vedados quaisquer outros procedimentos.

Importante ressaltar que, como o Leilão consiste em modalidade de licitação, o Leiloeiro Público Oficial, a Comissão de Alienação de Bens Apreendidos em Ações Penais, a Corregedoria-Geral de Justiça do Estado de MS, o Tribunal de Justiça do Estado de MS e o Estado de Mato Grosso do Sul não se enquadram na condição de fornecedores, intermediários, ou comerciantes, sendo o primeiro um mero mandatário, e ficam todos EXIMIDOS de eventuais responsabilidades por defeitos ou vícios ocultos que possam existir em relação aos bens levados a leilão, nos termos do art. 663 do Código Civil Brasileiro, bem como de qualquer responsabilidade em caso de evicção.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mãe de sete filhos tenta reconstruir lar após roubo e invasão
Cotidiano

Mãe de sete filhos tenta reconstruir lar após roubo e invasão

23/05/2024 14:30
Mãe de sete filhos tenta reconstruir lar após roubo e invasão
Senai e Energisa abrem 100 vagas para curso de eletricista com turma exclusiva para mulheres
Parceria

Senai e Energisa abrem 100 vagas para curso de eletricista com turma exclusiva para mulheres

23/05/2024 13:15
Senai e Energisa abrem 100 vagas para curso de eletricista com turma exclusiva para mulheres
Prefeitura abre inscrições para participação na Festa Junina 2024
Dourados

Prefeitura abre inscrições para participação na Festa Junina 2024

23/05/2024 13:00
Prefeitura abre inscrições para participação na Festa Junina 2024
Banda da Apae tocará em abertura do Congresso sobre Regularização Fundiária do TJMS
Judiciário

Banda da Apae tocará em abertura do Congresso sobre Regularização Fundiária do TJMS

23/05/2024 12:45
Banda da Apae tocará em abertura do Congresso sobre Regularização Fundiária do TJMS
MS leva capacitação sobre seus destinos turísticos a profissionais do setor nos 30 anos de BNT Merco
Turismo

MS leva capacitação sobre seus destinos turísticos a profissionais do setor nos 30 anos de BNT Merco

23/05/2024 12:30
MS leva capacitação sobre seus destinos turísticos a profissionais do setor nos 30 anos de BNT Merco
Últimas Notícias