Dourados – MS sexta, 14 de maio de 2021
Dourados
22º max
14º min
Informe C

Está quieta, mas pode ser chamada a depor

10 Abr 2021 - 15h08Por Cícero Faria
CÍCERO FARIA  |  cicerolfaria@gmail.com - Crédito: DivulgaçãoCÍCERO FARIA | [email protected] - Crédito: Divulgação

A ex-prefeita Délia Razuk (sem partido) está voltando aos holofotes políticos com a criação e instalação da CPI da Covid pela Câmara de Dourados, que vai apurar a aplicação dos recursos públicos (municipais e federais) durante a pandemia da Covid 19. Todos os 19 vereadores douradenses assinaram o documento que pedia abertura de CPI, proposta pelo vereador Fábio Luiz, do Republicanos. Depois que deixou o cargo de prefeita, Délia sumiu da imprensa, não dando qualquer declaração sobre atos da sua administração. Recolheu-se no silêncio. A CPI tem como  membros, Fabio Luís como presidente, Sérgio Nogueira como relator e o médico Diogo Castilho. O prazo de investigação é de 120 dias. Inclusive a ex-prefeita poderá ser convocada a depor à comissão se alguma dúvida existir sobre o uso do dinheiro do coronavírus.

Contra a chefe não!

A vereadora Liandra Brambilla, conhecida como “Liandra da Saúde” do (PTB) desistiu de ser a relatora da “CPI da Covid”,  aberta pela Câmara de Dourados, para investigar os gastos da ex-prefeita Délia Razuk no combate à pandemiado coronavírus. Liandra é aliada política de Délia e, inclusive, trabalhou na Secretaria Municipal de Saúde em cargo de confiança. Sem detalhar um motivo a vereadora alegou, que a sua participação na CPI não foi por uma escolha própria, e sim, pelo seu “bloco legislativo”. 

Das cinzas

O ex-governador André Puccinelli (MDB) voltou ao jogo político de forma mais assídua, de acordo com fontes ligadas ao MDB no Estado. Além disso, conversas de bastidores apontam que o cacique emedebista tem se articulado para montar um escritório político para concorrer às eleições de 2022. Nesse bojo, também entra outra figura forte da sigla, a senadora Simone Tebet, que pode ceder sua vaga na disputa do Senado a Puccinelli e concorrer ao governo do Estado no próximo pleito. O Correio do Estado já havia antecipado essa nova postura do ex-governador, que estava longe dos holofotes desde as eleições municipais de 2020, em que apareceu para apoiar o candidato do seu partido e deputado estadual, Márcio Fernandes (MDB).

Reversão

Sete procuradores da Lava Jato enviaram um documento aos 11 ministros do STF em que defendem a anulação da suspeição do ex-juiz Sergio Moro se o plenário da corte referendar a decisão de Edson Fachin que reconheceu a incompetência da Vara de Curitiba e reverteu as condenações do ex-presidente Lula. A peça é um “memorial”, instrumento jurídico que apresenta argumentos aos ministros buscando influenciar em sua decisão.

Multa

O Ministério Público Federal apelou ao Supremo Tribunal Federal para manter ação por improbidade administrativa contra André Puccinelli (MDB) por não ter aplicado R$ 374 milhões em saúde em 2013. O objetivo é condenar o ex-governador a pagar indenização de R$ 10 milhões por danos morais coletivos por não ter aplicado 12%, o mínimo previsto pela Constituição Federal.

Fake news

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, acionou a Polícia Federal e o Ministério Público Estadual  para investigar denúncias feitas por um site de notícias de Dourados que revelariam um desvio de 200 doses de vacinas contra a Covid-19, A CoronaVac. “Eu prontamente acionei a PF para que investigue quais sites, ou perfis, que possivelmente me colocam dentro de uma possível irregularidade como essa. O intuito dessas pessoas é difamar o Estado que é um dos destaques nacionalmente com sua campanha de imunização, configurando seja na primeira posição de vacinados, ou entres os três primeiros”, informou o secretário. Além disso, o secretário afirmou que está sendo vítima de uma campanha de difamação de grupos de extrema direita  mato-grossenses do sul nas redes sociais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Contas de água e energia podem ser emitidas com mensagens de incentivo à doação de sangue
Cotidiano

Contas de água e energia podem ser emitidas com mensagens de incentivo à doação de sangue

13/05/2021 17:30
Contas de água e energia podem ser emitidas com mensagens de incentivo à doação de sangue
Edital de Proclamas
Edital

Edital de Proclamas

13/05/2021 16:17
Edital de Proclamas
Edital de Proclamas
Edital

Edital de Proclamas

13/05/2021 15:40
Edital de Proclamas
Edital de Proclamas
Edital

Edital de Proclamas

13/05/2021 14:11
Edital de Proclamas
Visitas presenciais em presídios de MS seguem suspensas até 26 de maio
MS

Visitas presenciais em presídios de MS seguem suspensas até 26 de maio

13/05/2021 12:30
Visitas presenciais em presídios de MS seguem suspensas até 26 de maio
Últimas Notícias