Dourados – MS sexta, 24 de maio de 2024
19º
Comportamento

Dourados registra queda de natalidade nos últimos dois anos

Primeiro quadrimestre de 2022 também apresenta projeção de baixa no número de registros de nascimentos na cidade

27 Mai 2022 - 16h30Por Gracindo Ramos, especial para O Progresso
2020 teve declínio de 11,03% com relação ao ano de 2019; e 2021 7,87% - Crédito: Agência Brasil2020 teve declínio de 11,03% com relação ao ano de 2019; e 2021 7,87% - Crédito: Agência Brasil

O número de registros de recém-nascidos na cidade de Dourados vem apresentando queda nos últimos anos. Em 2020 e no ano passado a natalidade no município apresentou baixa com relação ao ano de 2019. O primeiro quadrimestre de 2022 também apresenta menor projeção para nascimentos registrados pelos cartórios douradenses no ano, em comparação com a média histórica. 

Os dados são do Portal da Transparência do Registro Civil, que reúne os números dos cartórios de todo o país, que são atualizados em tempo real. As estatísticas dos registros têm início em 2015, quando foram contabilizados 5.534 nascimentos em Dourados; no ano de 2016 foram 5.482 recém-nascidos registrados; já em 2017 foi registrado a maior taxa de natalidade da média histórica, com 5.666 certidões; e no ano de 2018 os cartórios de Dourados registraram 5.390 bebês. 

O ano de 2019 ainda se manteve na média, com 5.209 registros de nascidos vivos. No entanto, em 2020 teve início o declínio na taxa de natalidade, com o registro de 4.634 nascimentos, a primeira vez desde 2015 em que os dados anuais ficaram abaixo dos 5 mil. Essa queda representa 11,03% a menos nascimentos de bebês em Dourados. 

Em 2021 o percentual de diferença para o ano de 2019 ainda se manteve em baixa, desta vez de 7,87%, sendo contabilizadas 4.799 novas certidões. Os números da natalidade em Dourados continuam declinando, já que o primeiro quadrimestre registrou 1.584 nascimentos. Em se mantendo essa média até o final do ano, os números totais também não ultrapassariam 5 mil nascimentos, e se manteria assim a tendência de queda nas natalidades pelo terceiro ano consecutivo. Comparado ao primeiro quadrimestre de 2019, representa um percentual 11.31% menor.

Especialistas têm notado essas mudanças e as associam com algumas hipóteses, como a independência financeira cada vez maior das mulheres, com ascensão profissional e econômica, fazendo com que adiem a maternidade; e o planejamento adotado pelas famílias nos últimos anos com menos filhos e redução da média de nascimentos.

Em março, O PROGRESSO mostrou que o número de certidões de nascimento com “pai ausente” disparou. Em dois anos de pandemia (2020/2021), o número de crianças registradas sem o nome do pai cresceu 42%. Foram 435 registros sem pai somente no período entre janeiro de 2020 e dezembro de 2021.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Novo Estatuto da Escolagov fortalece a expansão institucional e a inovação
Gestão

Novo Estatuto da Escolagov fortalece a expansão institucional e a inovação

24/05/2024 12:30
Novo Estatuto da Escolagov fortalece a expansão institucional e a inovação
Duas escolas e obra de acesso a distrito são entregues pelo Governo de MS
Eldorado

Duas escolas e obra de acesso a distrito são entregues pelo Governo de MS

24/05/2024 11:30
Duas escolas e obra de acesso a distrito são entregues pelo Governo de MS
De biojoias a transformação de móveis, reeducandas são capacitadas em arte com resinas
Campo Grande

De biojoias a transformação de móveis, reeducandas são capacitadas em arte com resinas

24/05/2024 11:00
De biojoias a transformação de móveis, reeducandas são capacitadas em arte com resinas
Comissão aprova homenagem a personalidades femininas e negras em cédulas e moedas
Câmara dos Deputados

Comissão aprova homenagem a personalidades femininas e negras em cédulas e moedas

24/05/2024 06:30
Comissão aprova homenagem a personalidades femininas e negras em cédulas e moedas
Frio à vista: sexta tem virada no tempo com redução nas temperaturas e céu encoberto em MS
Meteorologia

Frio à vista: sexta tem virada no tempo com redução nas temperaturas e céu encoberto em MS

24/05/2024 06:00
Frio à vista: sexta tem virada no tempo com redução nas temperaturas e céu encoberto em MS
Últimas Notícias