Dourados – MS quarta, 19 de junho de 2024
19º
Meu Detran
Saúde

Dourados registra quase 6 mil notificações de dengue e 8 mortes

27 Dez 2019 - 19h55Por Valéria Araújo
Dourados tem quase 6 mil notificações de dengue - Crédito: DivulgaçãoDourados tem quase 6 mil notificações de dengue - Crédito: Divulgação

A cidade de Dourados registrou 5.873 notificações de dengue até 18 de dezembro desse ano. Desse total, 3.560 foram confirmados. A epidemia, que atinge todos os municípios de MS,  já matou 27 pessoas no Estado em 2019. Destas mortes, 8 são de Dourados.

Em todo no Estado foram registrados 65.608 notificações esse ano, o maior número desde 2013. A média de incidência é de 2.585 casos para cada 100 mil habitantes. No total, 39.745 foram confirmados.

A maior incidência da doença é no município de São Gabriel do Oeste, com 6.636,2 casos para cada 100 mil habitantes. Em seguida seguem os municípios de Dois Irmãos do Buriti (5.594,4), Alcinópolis (5.447,5), Três Lagoas (5.195,5)  e Figueirão (4.804,3).  Dourados aparece na 19ª posição, com uma incidência de 2.830,4 casos a cada 100 mil habitantes. Ao todo, o Estado está com 76 municípios com alta incidência da dengue. 

De acordo com a Vigilância Epidemiológica de Dourados, o motivo para a epidemia  está relacionado a volta da circulação do vírus tipo II. Visitantes de outras regiões podem ter trazido o vírus. A participação da população é de fundamental importancia no combate a doença. 

Em Dourados os bairros com maior registro da doença são: Água Boa, Jardim dos Estados, Parque das Nações II e 4º Plano. Nesses locais a atenção foi redobrada, segundo a coordenadoda do Centro do Controle de Zoonozes de Dourados (CCZ) Rosana Alexandre da Silva. Conforme ela, após bloqueios químicos, aplicação de multas e ações de limpeza, o número de casos tem estabilizado. Ela também atribui o auxílio da população nesse combate, já que tem denunciado situações de imóveis fechados, terrenos baldios, entre outros. Durante todo o ano passado o Estado de MS registrou 10.730 casos. 

Multas 

Em Dourados a lei da dengue e da febre amarela multa quem não cuidar de forma adequada de seus terrenos ou quintais como determina a legislação e, dessa forma, deixando de contribuir com o combate do mosquito Aedes aegypti.

Quando um morador é notificado, ele tem prazo para regularizar a situação, ou seja, limpar a área e eliminar os locais que podem se tornar focos de criadouros do mosquito transmissor da Dengue, Febre Chikungunya e Zika Vírus. Caso não o façam, precisam pagar multas. Das notificações, pelo menos 290 tiveram multas aplicadas.

Para as residências o valor da multa é de R$ 800, sendo o valor cobrado em dobro quando o caso for reincidente. No caso dos terrenos baldios a multa é de R$ 1,3 mil e para estabelecimentos comerciais é de R$ 1,6 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Comissão de Ética da Controladoria-Geral de MS amplia atuação com página própria
Gestão

Comissão de Ética da Controladoria-Geral de MS amplia atuação com página própria

18/06/2024 22:30
Comissão de Ética da Controladoria-Geral de MS amplia atuação com página própria
Descarte correto de fios instalados em postes é debatido pelos deputados
ALEMS

Descarte correto de fios instalados em postes é debatido pelos deputados

18/06/2024 22:00
Descarte correto de fios instalados em postes é debatido pelos deputados
Mega-Sena não tem ganhadores e prêmio vai a R$ 60 milhões
Loteria

Mega-Sena não tem ganhadores e prêmio vai a R$ 60 milhões

18/06/2024 20:15
Mega-Sena não tem ganhadores e prêmio vai a R$ 60 milhões
Presidente do TJ reforça melhorias na comarca de Jardim
Judiciário

Presidente do TJ reforça melhorias na comarca de Jardim

18/06/2024 19:30
Presidente do TJ reforça melhorias na comarca de Jardim
Desembargador representa Judiciário de MS na I Jornada de Direito da Saúde
Judiciário

Desembargador representa Judiciário de MS na I Jornada de Direito da Saúde

18/06/2024 17:30
Desembargador representa Judiciário de MS na I Jornada de Direito da Saúde
Últimas Notícias