Dourados – MS segunda, 27 de setembro de 2021
Dourados
37º max
20º min
Institucional - Setembro
MS

Dia do Empreendedorismo Feminino valoriza negócios comandados por mulheres

22 Nov 2020 - 16h08
Dia do Empreendedorismo Feminino valoriza negócios comandados por mulheres -

A autonomia financeira e o protagonismo geram impactos positivos para as mulheres. Pensando nisso, em 19 de novembro, comemora-se o Dia do Empreendedorismo Feminino. A data foi instituída em 2014 pela Organização das Nações Unidas (ONU) para incentivar a abertura de negócios por mulheres, impulsionando o crescimento econômico e o desenvolvimento sustentável.

A ONU entende que ao valorizar o empreendedorismo feminino, a sociedade contribui para a equidade de gêneros, reduzindo desigualdades históricas. Concomitantemente à agenda proposta pela entidade, o Sebrae em Mato Grosso do Sul atua, desde 2013, com ações focadas nas empreendedoras. O trabalho pioneiro resultou na criação do programa Sebrae Delas – Mulher de Negócios, hoje presente em 12 estados brasileiros.

Em MS, o primeiro ciclo do projeto formatado encerra neste mês, tendo acompanhado diretamente nos últimos dois anos 240 empreendedoras e impactado outras duas mil com soluções específicas em empreendedorismo feminino. O programa voltará em uma nova sequência em 2021, auxiliando empresárias no sucesso dos negócios e transformando realidades.

Na visão da idealizadora do projeto, a diretora-técnica do Sebrae/MS, Maristela França, já é possível observar ganhos para o empreendedorismo feminino. "Percebemos hoje, através do projeto, empreendedoras mais preparadas na gestão para o mercado e para a relação com os clientes. É uma empreendedora que pesquisa, busca informações, trabalha em rede, conversa com outras empresárias até ter mais confiança de começar o seu negócio", destaca.

Apesar dos passos dados, ainda há desafios quando se trata de empreendedorismo feminino. Conforme o estudo Mulher Empreendedora MS, divulgado em março deste ano pelo Sebrae/MS e o Instituto de Pesquisa da Fecomércio/MS (IPF/MS), os principais citados pelas empresárias são as diversas atribuições das mulheres; a discriminação de sexo; a baixa confiança e crença em seu potencial; e a falta de apoio dos familiares.

Segundo a diretora-técnica Maristela França, também é importante mudar a mentalidade, aceitando que pode ter lucro. "Desafio posto é vender mais, negociar mais, atender mais cientes. A empreendedora está mais preparada, mas mercado é sempre um desafio. São resultados que podem melhorar mais, então estamos trabalhando essa linha de que nós podemos, precisamos e queremos ganhar mais dinheiro".

Empreendedoras inovam na pandemia
Se antes já existiam desafios a população feminina na hora de empreender, a pandemia trouxe inúmeros – para homens e mulheres. Contudo, foram percebidas diferenças na forma de lidar. A 4ª edição da pesquisa Impactos da Covid-19 no Comércio de MS, realizada pelo Sebrae e IPF/MS, em parceria com Sindivarejo Campo Grande, CDL Campo Grande e FCDL/MS, mostrou que no caso delas, houve mais inovação em comparação a eles.

Enquanto 39% das mulheres intensificaram o uso de plataformas on-line para comercializar produtos ou serviços, 22% dos homens implementaram esta mudança durante a pandemia. Além disso, para 90% das empreendedoras, a alteração será mantida no pós-pandemia.

O estudo também mostra que as mulheres tenderam a negociar mais valores, seja ofertando novas condições de pagamento, fornecendo descontos maiores ou renegociando dívidas anteriores. Em Mato Grosso do Sul, segundo a pesquisa, as donas de negócios são 42%.

O projeto também apoiou as mulheres neste período. É o caso da empreendedora e fisioterapeuta Mayara Caceres Gonçalves, que possui um estúdio de pilates. No início do ano, o negócio estava crescendo: ela alugou e reformou um novo espaço, contratou mais uma funcionária e mudou para um prédio maior. Porém, com a pandemia, foi preciso fechar as portas em março.

Ela reabriu o negócio em maio, mas durante o período sem aulas presenciais, foi preciso inovar. "Foi graças ao projeto do Sebrae que consegui ver uma luz no fim do túnel. Virei três dias sem dormir aprendendo a gravar e editar vídeos, carregar no YouTube para poder oferecer as aulas de maneira remota através das ferramentas sugeridas", afirma a empreendedora.

A empresária Carla Trentin, que possui um espaço voltado para qualidade de vida e coaching, viveu uma situação similar. "Estava num momento de transição, onde ampliei os serviços. Dentro desse cenário, chegou a pandemia e consegui adaptar a empresa de maneira eficiente. Foi até um período de crescimento e mudança na atuação, muitas coisas passando para o online e muitos conhecimentos vieram desse projeto. Agora, estou mais estabelecida".

Nestes últimos dois anos, o programa Sebrae Delas – Mulher de Negócios atuou ainda conectando e fortalecendo redes de empreendedoras. "Foram dois anos de muito aprendizado, networking, amizades adquiridas e trocas de experiências. Quando me senti sem rumo, lá estava o Sebrae e sua equipe para me apoiar", finaliza a empresária Renata Matos Rocha Zamperlini, que possui uma loja de vestuário infanto-juvenil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados “comemora” Dia Nacional do Trânsito com quase 1.500 acidentes no 1° semestre
Atenção

Dourados “comemora” Dia Nacional do Trânsito com quase 1.500 acidentes no 1° semestre

26/09/2021 12:00
Dourados “comemora” Dia Nacional do Trânsito com quase 1.500 acidentes no 1° semestre
Governo sanciona lei que permite retomada da loteria de Mato Grosso do Sul
Loterias

Governo sanciona lei que permite retomada da loteria de Mato Grosso do Sul

24/09/2021 14:30
Governo sanciona lei que permite retomada da loteria de Mato Grosso do Sul
Mara Piccinelle é escolhida pré-candidata a vice de Beto Teixeira
Eleições OAB

Mara Piccinelle é escolhida pré-candidata a vice de Beto Teixeira

24/09/2021 14:15
Mara Piccinelle é escolhida pré-candidata a vice de Beto Teixeira
Grupo que realiza ações sociais em Dourados pede ajuda para 'Dia das Crianças'
Doações

Grupo que realiza ações sociais em Dourados pede ajuda para 'Dia das Crianças'

24/09/2021 09:15
Grupo que realiza ações sociais em Dourados pede ajuda para 'Dia das Crianças'
Adolescentes maiores de 12 anos precisam portar RG em viagens
Cotidiano

Adolescentes maiores de 12 anos precisam portar RG em viagens

23/09/2021 17:30
Adolescentes maiores de 12 anos precisam portar RG em viagens
Últimas Notícias