Dourados – MS terça, 25 de junho de 2024
20º
Meu Detran
Saúde

Coronavirus: Ministro pede para que MS evite chimarrão e tereré

27 Fev 2020 - 15h34Por Redação
Coronavirus: Ministro pede para que MS evite chimarrão e tereré -

O ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta alertou para que os sul-mato-grossenses e gaúchos evitem as tradicionais bebidas como o tereré e chimarrão. “No caso de estados como Mato Grosso do Sul, de onde venho, e do Rio Grande do Sul, recomendamos que as pessoas evitem bebidas que são compartilhadas de boca em boca, como o tereré e o chimarrão”, disse o ministro.  

O ministro também reforçou a recomendação de se lavar as mãos com água e sabão, com muita frequência. Ao confirmar o primeiro caso no país, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, reforçou que já era esperada a circulação do vírus, mas que, diferente dos demais países com transmissão, o Brasil ainda não está no inverno – período em que há maior risco de contágio. “É mais um tipo de gripe que a humanidade vai ter que atravessar. Das gripes históricas com letalidade maior, o coronavírus se comporta à menor e tem transmissibilidade similar a determinada gripes que a humanidade já superou”, explicou.

“Nosso sistema já passou por epidemias respiratórias graves. Iremos atravessar mais esta, analisando com os pesquisadores e epidemiologistas brasileiros, qual é o comportamento desse vírus em um país tropical”, ressaltou.

O ministro garantiu, ainda, que “a população brasileira terá todas as informações necessárias para que cada um tome suas precauções, que são cuidados com a higiene e etiqueta respiratória, como lavar as mãos e o rosto com água e sabão. Este é um hábito importante e higiênico para evitar não só doenças respiratórias como outras doenças de circuito oral”.

Para Mandetta, o Brasil está preparado para testar os casos e para garantir que casos confirmados sejam monitorados e tratados. “Agora vamos acompanhar o comportamento do vírus no hemisfério sul, qual o grau de transmissibilidade e letalidade. Gostaria de parabenizar o sistema de vigilância, os laboratórios, o Instituto Adolfo Lutz, pela agilidade para realizar os exames e a contraprova. Vamos sair mais forte do que entramos e com mais capacidade de reagir a essas situações”, garantiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Governo de MS discute práticas inovadoras na gestão de pessoas do setor público
Gestão Pública

Governo de MS discute práticas inovadoras na gestão de pessoas do setor público

24/06/2024 22:15
Governo de MS discute práticas inovadoras na gestão de pessoas do setor público
Detran-MS abordou saúde, direitos, atendimento e políticas inclusivas para público 60
Junho Prata

Detran-MS abordou saúde, direitos, atendimento e políticas inclusivas para público 60

24/06/2024 22:00
Detran-MS abordou saúde, direitos, atendimento e políticas inclusivas para público 60
Em projeto para "60+" apoiado pelo Governo, abraço acolhe e atividades ajudam afastar depressão
Inclusivo

Em projeto para "60+" apoiado pelo Governo, abraço acolhe e atividades ajudam afastar depressão

24/06/2024 20:30
Em projeto para "60+" apoiado pelo Governo, abraço acolhe e atividades ajudam afastar depressão
TJMS já realizou mais de 8,8 mil comunicações ao Domicílio Judicial Eletrônico
Judiciário

TJMS já realizou mais de 8,8 mil comunicações ao Domicílio Judicial Eletrônico

24/06/2024 20:15
TJMS já realizou mais de 8,8 mil comunicações ao Domicílio Judicial Eletrônico
Prefeitura realiza formação sobre as Relações Étnico-Raciais e de Gênero nesta terça-feira
Dourados

Prefeitura realiza formação sobre as Relações Étnico-Raciais e de Gênero nesta terça-feira

24/06/2024 19:00
Prefeitura realiza formação sobre as Relações Étnico-Raciais e de Gênero nesta terça-feira
Últimas Notícias