Dourados – MS domingo, 14 de julho de 2024
10º
Judiciário

CIJ promove formação de facilitadores em práticas restaurativas escolar

O modelo do curso foi teórico-prático, de modo que os participantes puderam vivenciar as práticas restaurativas, seus passos e elementos principais

13 Jun 2024 - 22h10Por Secom/TJMS
CIJ promove formação de facilitadores em práticas restaurativas escolar - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Nesta terça e quarta-feira, dias 11 e 12 de junho, foi desenvolvida mais uma Formação em Práticas Restaurativas na Escola, promovida pela Coordenadoria da Infância e da Juventude (CIJ) do TJMS em parceria com a Secretaria de Estado de Educação, responsáveis pelo Programa Justiça Restaurativa Escolar.

A formação foi ministrada pela psicóloga e instrutora Valquíria Rédua da Silva, e pelas facilitadoras do Programa Justiça Restaurativa Escolar do Tribunal, Márcia Alessandra de Souza Sena, Maria Alice Alves da Motta e Soleide Bendo da Silva. O público-alvo da formação foram educadores das redes estadual e municipal de ensino, além de psicólogas do Serviço de Assistência Social e Psicologia Educacional (SEAPE) da SED, todos do município de Campo Grande.

O modelo do curso foi teórico-prático, de modo que os participantes puderam vivenciar as práticas restaurativas, seus passos e elementos principais. Foram abordados ainda a base teórica da Justiça Restaurativa, suas origens, os pressupostos das práticas circulares e o círculo restaurativo, destinado a situações de conflito. Estão programados ainda encontros on-line e atividades práticas a serem desenvolvidas, de modo a contemplar a carga horária e conteúdo mínimos exigidos pelo Conselho Nacional de Justiça.

Saiba mais – A Justiça Restaurativa é definida como um conjunto ordenado de técnicas, procedimentos e métodos próprios, que visa à conscientização sobre os fatores relacionais, institucionais e sociais motivadores de conflito e violência. De uma forma mais ampla, trata-se de um novo paradigma, uma visão de mundo que busca prevenir e solucionar conflitos por meio do diálogo. Assim sendo, desenvolver as práticas restaurativas no ambiente escolar pode contribuir para práticas educativas voltadas ao exercício do diálogo e ao fortalecimento de vínculos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Novo polo de celulose ganha primeira etapa da obra que vai ligar Camapuã a Ribas do Rio Pardo
Infraestrutura

Novo polo de celulose ganha primeira etapa da obra que vai ligar Camapuã a Ribas do Rio Pardo

13/07/2024 18:00
Novo polo de celulose ganha primeira etapa da obra que vai ligar Camapuã a Ribas do Rio Pardo
Agentes comunitários de Saúde e Endemias comemoram 26 anos de atuação
Itaporã

Agentes comunitários de Saúde e Endemias comemoram 26 anos de atuação

13/07/2024 13:00
Agentes comunitários de Saúde e Endemias comemoram 26 anos de atuação
Investimentos públicos garantem qualidade de vida e potencializam turismo
Rio Verde

Investimentos públicos garantem qualidade de vida e potencializam turismo

13/07/2024 11:30
Investimentos públicos garantem qualidade de vida e potencializam turismo
Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado em R$ 15 milhões
Loteria

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado em R$ 15 milhões

13/07/2024 10:00
Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado em R$ 15 milhões
Adolescentes falam do Estatuto e demonstram consciência dos direitos
ECA 34 anos

Adolescentes falam do Estatuto e demonstram consciência dos direitos

13/07/2024 08:00
Adolescentes falam do Estatuto e demonstram consciência dos direitos
Últimas Notícias