Dourados – MS terça, 18 de junho de 2024
33º
Meu Detran
Pesquisa

Após alta, preço dos produtos da ceia de Natal diminuem em Dourados

18 Dez 2019 - 19h00Por Redação
Após alta, preço dos produtos da ceia de Natal diminuem em Dourados -

O Procon de Dourados divulgou nesta quarta-feira (18) a segunda pesquisa de preço dos produtos de Natal de 2019 e relata queda de 6,65% no preço médio em relação ao estudo apresentado no dia 10 deste mês. Na ocasião, o setor de fiscalização/pesquisas havia divulgado um valor de 6,8% no preço médio acima do encontrado em 2018.

Desta vez, houve a pesquisa em 10 estabelecimentos comerciais da cidade e com 40 itens faz parte da pesquisa, entre eles panetones, carnes (aves, suína, bovina e peixe), frutas, enlatados e bebidas.

De acordo com o Procon, foram encontrados 12 produtos com diferença superior a 100% do estabelecimento com menor preço para o de maior preço.

Nos estabelecimentos onde foram encontrados todos os produtos da pesquisa a diferença verificada entre o com menor preço e o com maior preço foi de 41,9%.

Entre os produtos desta pesquisa as maiores diferenças constatadas entre o maior e o menor preço foram:

* Panetone chocotone caixa 500 gr –                     

menor preço: 4,99         

maior preço: 26,39                                                  

Diferença: 428,86%

* Frutas Cristalizadas 1 kg –                                

menor preço: 9,50

maior preço:  35,95

Diferença: 278,42%

Sidra Tradicional Maçã 660 Ml                           

menor preço: 5,49

Maior preço: 14,99                                            

Diferença: 173,04

 Bacalhau do Porto 1 kg                                

menor preço:  36,00

Maior preço: 79,99                                                  

 Diferença: 122,19%

O Procon alerta que o consumidor deve efetuar uma cuidadosa pesquisa de preço, avaliando sempre a relação preço x qualidade, ficar atento às informações contidas nos rótulos, como peso, data de fabricação, prazo de validade e condições de conservação.

Deve ser sempre considerado o custo benefício do deslocamento no caso de estabelecimentos que estão apresentando produtos mais baratos que o da sua região. Por fim, o consumidor deve sempre exigir a nota fiscal no ato da compra.

No caso de dúvida ou reclamação os telefones do órgão de defesa do consumidor são o 151 ou 3411-7754. 

Veja a pesquisa completa aqui

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio acumulado em R$ 53 milhões
Loteria

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio acumulado em R$ 53 milhões

18/06/2024 11:30
Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio acumulado em R$ 53 milhões
Ateliê da Moda oferta curso de costura industrial para grupo de mulheres migrantes e brasileiras
UEMS/Nova Andradina

Ateliê da Moda oferta curso de costura industrial para grupo de mulheres migrantes e brasileiras

18/06/2024 07:30
Ateliê da Moda oferta curso de costura industrial para grupo de mulheres migrantes e brasileiras
Terça-feira de sol tem tempo quente e seco em Mato Grosso do Sul
Meteorologia

Terça-feira de sol tem tempo quente e seco em Mato Grosso do Sul

há 8 horas atrás
Terça-feira de sol tem tempo quente e seco em Mato Grosso do Sul
Tribunais se unem para formular metas do Poder Judiciário para 2025
Pesquisa

Tribunais se unem para formular metas do Poder Judiciário para 2025

17/06/2024 20:45
Tribunais se unem para formular metas do Poder Judiciário para 2025
Governo de MS e MPI discutem desenvolvimento social das comunidades indígenas do Estado
Inclusivo

Governo de MS e MPI discutem desenvolvimento social das comunidades indígenas do Estado

17/06/2024 19:30
Governo de MS e MPI discutem desenvolvimento social das comunidades indígenas do Estado
Últimas Notícias