Dourados – MS sábado, 22 de junho de 2024
18º
Meu Detran
O PROGRESSO 70 anos

A maior fonte histórica de Dourados ao toque de um clique

21 Abr 2020 - 09h05
A maior fonte histórica de Dourados ao toque de um clique -

São 13.622 edições ao toque de um clique. O Acervo Digital de O PROGRESSO reúne edições que vão desde 1.920, ao renascimento em 1951 e a nova fase de O PROGRESSO em versão digital e impressa semanalmente. É a tecnologia aliada a democratização da informação. 

 

A edição espacial de aniversário você vê clicando aqui 

 

O mais antigo jornal impresso de Mato Grosso do Sul em circulação preserva a memória histórica do Estado e possibilita de forma gratuita aos leitores uma verdadeira viagem no tempo ao toque de um clique.

Tudo isso é possível graças a uma parceria com a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) que fez toda digitalização do impresso. O trabalho inclui o período entre 1920 a 1927 quando comandado por José dos Passos Rangel Torres em Ponta Porã, passa pela primeira edição em Dourados em abril de 1951 e vai até 9 de agosto de 2005. De lá para cá, o próprio jornal já vêm realizando a digitalização de seus periódicos em PDF e agora suas versões semanais.

Todo o conteúdo digitalizado pela Universidade se torna disponível para pesquisa no Centro de Documentação da UFGD e também na redação de O PROGRESSO. O leitor já encontra todas as edições.

O responsável pelos trabalhos de digitalização foi o professor Paulo Roberto Cimó Queiróz, doutor em Histórica Econômica pela USP. Segundo ele, o projeto iniciou em 2013 e contou com servidores da Universidade e acadêmicos, principalmente dos cursos de Letras e História.

"Em 2009, a diretora-presidente do jornal, Adiles do Amaral Torres procurou a reitoria para propor a parceria, até como forma de ajudar na preservação histórica desses documentos. A universidade tinha até então um pequeno scanner e iniciou os primeiros trabalhos nele, mas posteriormente o equipamento apresentou falhas e ficou inutilizado. Passamos um tempo com os trabalhos interrompidos, até que em 2013 um novo equipamento foi adquirido pela universidade, um Scanner Planetário (A1) no valor de R$ 270 mil com capacidade para copiar até duas páginas de uma vez e pudemos então reiniciar a digitalização dos periódicos. Enquanto isso, o Jornal O PROGRESSO investiu na aquisição de computadores, televisores para a sala de scanner, todo o sistema da rede interna e em bolsas de estudos para alguns universitários que auxiliaram no projeto", conta.

Conforme o professor, o acervo do Jornal O PROGRESSO tem grande importância histórica e cultural, não só para os acadêmicos e pesquisadores da UFGD, mas para a população em geral, que agora tem acesso ao material de forma gratuita, rápida, simples e dentro da Universidade. Para ele, com o avanço da tecnologia, o sistema já permite ao leitor encontrar edições antigas por meio das palavras-chaves. Cimó acrescenta ainda que os principais interessados na consulta do acervo digital são de vários perfis diferentes: pesquisadores acadêmicos, escritores em busca de informações, estudantes, antigos leitores do jornal em busca de matérias específicas que ficaram na memória, advogados e até mesmo pessoas que buscam comprovar que trabalhavam em alguma empresa, para fins previdenciários.

Contribuição histórica

Para o professor Paulo Cimó, Dourados é privilegiada por ter na cidade um veículo como O PROGRESSO que registra o cotidiano do município há quase sete décadas. "Sabemos que a linha editorial é predominante para determinar aquilo que vai ser publicado ou não, mas quando se tem um periódico que registra dia a dia os acontecimentos da cidade, é mais fácil manter sua história viva. A imprensa, de forma em geral tem papel importante nessa questão. Prova disso são as inúmeras pesquisas que se baseiam nos jornais", conta.

Para ele, todo o trabalho de scanear página por página, revisar, editar falhas e encadernar os originais é superado quando a universidade consegue ajudar alguém que precisa. "O acervo é utilizado tanto pelos estudantes e pesquisadores de todas as áreas como para a população também. O mais importante é que eles pesquisam e encontram o material. Destaco aqui algumas pesquisas que estão sendo feitas como a história da feira livre de Dourados, a história do Clube Social e tantos outras que utilizam as páginas de O PROGRESSO como fonte de informação"

Futuro 

Paulo Cimó disse que a transição de O PROGRESSO para a versão digital foi uma tendência mundial do jornalismo impresso e acredita que o online continuará mantendo a história viva. "Antes havia um temor de que com o tempo tudo o que estava sendo registrado na internet se perdesse com o tempo. Mas hoje com o avanço das tecnologias, não acredito mais nessa possibilidade. O PROGRESSO continuará sua missão e daqui há 30 anos ou mais vamos fazer buscas do que acontece hoje e encontraremos essas notícias no site do jornal", destaca. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Contrato de Gestão da Sefaz-MS tem expectativa de alcançar nota máxima em 2024
Gestão

Contrato de Gestão da Sefaz-MS tem expectativa de alcançar nota máxima em 2024

21/06/2024 21:15
Contrato de Gestão da Sefaz-MS tem expectativa de alcançar nota máxima em 2024
Governo de MS prestigia abertura de encontro sobre Inteligência Artificial no TJMS
Judiciário

Governo de MS prestigia abertura de encontro sobre Inteligência Artificial no TJMS

21/06/2024 20:15
Governo de MS prestigia abertura de encontro sobre Inteligência Artificial no TJMS
Com início de atualização dia 1º de julho, Carta de Serviços é tema de reunião entre servidores
Gestão

Com início de atualização dia 1º de julho, Carta de Serviços é tema de reunião entre servidores

21/06/2024 19:30
Com início de atualização dia 1º de julho, Carta de Serviços é tema de reunião entre servidores
Fiems recebe o lançamento do livro "O Parque dos Lobos", de Henrique Prata
Campo Grande

Fiems recebe o lançamento do livro "O Parque dos Lobos", de Henrique Prata

21/06/2024 18:30
Fiems recebe o lançamento do livro "O Parque dos Lobos", de Henrique Prata
Com apoio do Governo, Festa da Padroeira de MS começa hoje e espera público de 70 mil pessoas
Campo Grande

Com apoio do Governo, Festa da Padroeira de MS começa hoje e espera público de 70 mil pessoas

21/06/2024 18:00
Com apoio do Governo, Festa da Padroeira de MS começa hoje e espera público de 70 mil pessoas
Últimas Notícias