Dourados – MS segunda, 20 de setembro de 2021
Dourados
40º max
24º min
Crime

14 mulheres são vítimas de feminicídio em Mato Grosso do Sul

MS tem a segunda maior taxa de feminicídio do País. Campanha será lançada no dia 3 de agosto

01 Ago 2021 - 15h00Por Valéria Araújo
14 mulheres são vítimas de feminicídio em Mato Grosso do Sul - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Em Mato Grosso do Sul um total de 14 mulheres foram vítimas de feminicício de janeiro a maio desse ano, segundo dados da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres. De acordo com dados do Anuário de Segurança Pública, do FBSP (Fórum Brasileiro de Segurança Pública) o Estado tem a segunda maior taxa de feminicídio de todo o Brasil, empatado com Roraima. Segundo o Anuário, os dois estados registraram 3 crimes a cada 100 mil habitantes.

Os dados também são preocupantes em relação ao homicídios de mulheres, quando o registro policial não classifica como femincídio, crime previsto desde 2015 que prevê pena maior para quem comete assassinato de mulheres na condição de cônjuge ou companheiro ou por menosprezo à vítima. No ano passado, foram registrados 43 municípios, aumento de 41,3% se comparado com 2019. Foram registrados em 2020 111 homicídios de mulheres em 2020, 4,5% a mais que o ano anterior, que teve 105 casos.

Para combater esses crimes, a maior campanha de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra mulheres do Estado de Mato Grosso do Sul será lançada no dia 3 de agosto, às 14h, em evento a ser realizado no auditório da ASSOMASUL, com restrição de público e adoção das cautelas recomendadas para realização de eventos em pandemia.

A Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres (SPPM/MS) está preparando uma agenda com eventos virtuais e presenciais que será divulgada na solenidade de lançamento da campanha “Agosto Lilás”, que contará com a participação de gestoras municipais de políticas para mulheres, secretárias municipais, Prefeitos, Prefeitas e Primeiras-damas de municípios que possuem Coordenadorias de Políticas para Mulheres.

Na solenidade serão entregues os certificados do Selo Social “Prefeitura Amiga da Mulher” às/aos representantes dos municípios de Caarapó, Caracol, Corumbá, Guia Lopes da Laguna, Jardim e São Gabriel do Oeste, bem como divulgadas parcerias e ações para o mês de agosto. No dia 4 de agosto o evento segue com oficina para as gestoras municipais de políticas para mulheres, a ser ministrada pela consultora Aparecida Gonçalves, visando contribuir para o conhecimento dos conceitos básicos de gênero e violência contra mulheres e para a melhoria da gestão dos organismos municipais, iniciando uma discussão que resultará no Pacto Estadual de Enfrentamento à Violência contra a Mulher.

Sobre a campanha “Agosto Lilás” 
“Agosto Lilás” é uma campanha de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher, executada no Estado de Mato Grosso do Sul por órgãos governamentais e não governamentais, lançada em 1º de junho de 2016 e posteriormente instituída por meio da Lei Estadual nº 4.969/2016, com objetivo de divulgar a Lei Maria da Penha, sensibilizar e conscientizar a sociedade sobre o necessário fim da violência contra a mulher, divulgar os serviços especializados da rede de atendimento à mulher em situação de violência e os mecanismos de denúncia existentes.

A campanha “Agosto Lilás” nasceu em 2016 para comemorar os 10 anos da Lei Maria da Penha, reunindo diversos parceiros governamentais e não-governamentais, para ações de mobilização, palestras e rodas de conversa – e desde então vem se fortalecendo e consolidando como uma grande campanha da sociedade no enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher, que já alcançou um público aproximado de 420.000, pessoas em todo o Estado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados tem o 1º crematório para animais do Mato Grosso do Sul
Pets

Dourados tem o 1º crematório para animais do Mato Grosso do Sul

19/09/2021 14:00
Dourados tem o 1º crematório para animais do Mato Grosso do Sul
Caminhoneira recomeçou a vida na estrada: “Me devolveu alegria de viver”
Superação

Caminhoneira recomeçou a vida na estrada: “Me devolveu alegria de viver”

19/09/2021 13:00
Caminhoneira recomeçou a vida na estrada: “Me devolveu alegria de viver”
Consumo de álcool cresceu vertiginosamente na pandemia
Comportamento

Consumo de álcool cresceu vertiginosamente na pandemia

19/09/2021 12:00
Consumo de álcool cresceu vertiginosamente na pandemia
Projeto do IMAD cria centro para desenvolvimento socioambiental
Bororó

Projeto do IMAD cria centro para desenvolvimento socioambiental

19/09/2021 11:00
Projeto do IMAD cria centro para desenvolvimento socioambiental
Indígenas que passaram pela AJI retribuem com trabalho na Reserva
Organização

Indígenas que passaram pela AJI retribuem com trabalho na Reserva

19/09/2021 10:00
Indígenas que passaram pela AJI retribuem com trabalho na Reserva
Últimas Notícias