Dourados – MS sábado, 19 de outubro de 2019

09 Out 201909h 40minColuna
Array ( [id_dn_coluna_post] => 84495 [titulo] => 28 anos da Academia Douradense de Letras [data_post] => 2019-10-09 09:40:00 [texto] =>

A Academia Douradense de Letras comemorou 28 anos de fundação (boda de Hematita) com um  jantar dançante, na noite de 05 de outubro. O escritor Carlos Marinho foi empossado como novo membro efetivo.
Teve lançamento da coletânea “50 Vozes Poéticas do Brasil”, do escritor Rogério Fernandes Lemes, entrega de menção honrosa a personalidades douradenses que contribuem para a literatura douradense e sorteio de vários brindes.  O evento foi animado pelo Grupo Soneto ao Luar, no Restaurante “O Casarão”.
Aplausos ao presidente da ADL, escritor Marcos coelho e diretoria pela dedicação e valorização  à Literatura douradense.

Fotos: Aparecido Frota


Grupo de escritores



Marcos Coelho, Marinho e Iracema



Marcos, Allan Guedes e Rogério



Ivone, Jorge, Terezinha e Marcos Coelho



Iracema Tiburcio e  familia



Carlos Marinho,Marcos Coelho,Ivone, Iracema, Fátima e Gorete



Gloria, Marisa, Marcos, Eli e Miguela



Allan Guedes, Kelli, Marisa, Aureliana e Marcelo Mourão



Antonio, keiko,Katia e Pedro



Charles e Adriana Rojas



Deise e Ilson



Dr Carlos e Otilia



Gloria e Mary Spinosa



Hildebrando e Francisca



Ivone, Nanci, Christian e Nélida



Jose aparecido e Celia



Nilson Santos e Marinho



Karol, Ivone, Weslei e Arthur


Kelli e Allan Guedes


Marcelo Mourão e Aureliana



Mateus e Marise



Rogerio, Kassia, Roselia e André



Rosa e Socorro



Sullivan, João Santos, Ceará (Soneto ao Luar)



João e Renata



Fábio andrade e Fabio Souza (segurança)

[resumo] => “Livros não mudam o mundo, quem muda o mundo são as pessoas. Os livros só mudam as pessoas.” Mario Quintana [video] => [visualizacoes] => 0 [libera_comentario] => 1 [arquivo] => 2019/10/foto-01-presidente-da-adl-marcos-coelho-e-vice-ivone-macieski.jpg [arquivo_legenda] => [arquivo_credito] => [arquivo2] => [arquivo2_legenda] => [arquivo2_credito] => [id_dn_coluna] => 57098 [coluna] => Fátima Frota [frase] => [foto_coluna] => 2018/08/fa-tima-frota.jpg [arquivo_topo] => 2018/08/fa-tima-capa.jpg [arquivo_bg] => [resumo_autor] => [foto_autor] => 2018/07/louise.jpg [nome_autor] => Fátima Frota [url_coluna] => https://www.progresso.com.br/colunistas/posts/57098/ [url_coluna_mobile] => colunistas/posts/57098/ [url_post] => https://www.progresso.com.br/colunistas/post/28-anos-da-academia-douradense-de-letras/84495/ [url_post_mobile] => colunistas/post/28-anos-da-academia-douradense-de-letras/84495/ [data_formatada] => 09/10/2019 09:40 ) 1
08 Ago 201913h 05minColuna
Array ( [id_dn_coluna_post] => 84494 [titulo] => Pai, reflexo do divino amor [data_post] => 2019-08-08 13:05:00 [texto] =>

Em todas as orações de Jesus registradas na Bíblia durante seu ministério terreno ele se referiu a Deus como seu Pai. Contudo, há um único momento em que ele não se dirige a Deus desta forma: na cruz do calvário, o momento em que estava sofrendo a penalidade pelos nossos pecados, dizendo: “Eloí, Eloí, Lamá Sabactâni”; que significa: “Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste”. (Mateus 27:46)

 Podemos assim entender que o próprio Cristo renunciou sua filiação a fim de nos tornar filhos de Deus, experimentou separação para nos abrir a porta da reconciliação. A partir de tal feito podemos ter a convicção de que podemos nos dirigir a Deus como nosso pai, o qual almeja um relacionamento pessoal e íntimo com cada um de seus filhos. Por isso o Pai nosso deixa de estar somente no céu para estar bem perto, acessível e não indiferente aos nossos interesses.

Sim, Deus é Pai presente e sabe a importância da figura paterna em nossa existência e o quanto podemos ser prejudicados quando esta é ausente. Para aqueles que não tem o privilégio te ter o pai presente, ressalto a importância de, por algum meio, serem supridos desta falta, seja por alguém próximo ou a própria mãe que, sacrificialmente empenha-se para preencher esta lacuna tão necessária para uma vida emocionalmente saudável.

Ser pai, além de um grande privilégio, é uma grande responsabilidade, pois carrega a missão de ser uma expressão do Pai celeste aqui na terra e de um amor que transcende palavras e entra em ação em prol daqueles estão sob seus cuidados.

Ser pai é ser protetor, não somente da integridade física, mas especialmente quando com gestos e palavras, preserva e eleva as emoções da família. Pai que é pai ama, seja com amor suave, seja com o amor mais rígido quando necessário com o único intuito de poupar os seus de muitos males futuros.

Enfim, como disse o poeta:

Ser pai é ter a noção exata da semente que plantou, é não esquecer jamais o quanto os filhos precisam do seu amor. Ser pai é cuidar com carinho, acompanhar os filhos com dedicação. Ser pai é alimentar a alma do filho com doçura, e guardá-los sempre no coração.

Feliz dia dos Pais!

 

Por Gustavo Emidio

Autor do Livro: Transforme-se, de dentro pra fora

 

[resumo] => [video] => [visualizacoes] => 0 [libera_comentario] => 1 [arquivo] => 2019/08/happy-fathers-day-inscription-colorful-260nw-630567572.png [arquivo_legenda] => [arquivo_credito] => [arquivo2] => [arquivo2_legenda] => [arquivo2_credito] => [id_dn_coluna] => 1 [coluna] => Gustavo Emídio [frase] => [foto_coluna] => 2018/08/gustavo-emi-dio.jpg [arquivo_topo] => [arquivo_bg] => [resumo_autor] => [foto_autor] => 2018/08/gustavo-emi-dio_1.jpg [nome_autor] => Gustavo Emídio [url_coluna] => https://www.progresso.com.br/colunistas/posts/1/ [url_coluna_mobile] => colunistas/posts/1/ [url_post] => https://www.progresso.com.br/colunistas/post/pai-reflexo-do-divino-amor/84494/ [url_post_mobile] => colunistas/post/pai-reflexo-do-divino-amor/84494/ [data_formatada] => 08/08/2019 13:05 ) 1
13 Mai 201912h 49minColuna