Dourados – MS domingo, 22 de setembro de 2019
Gisele Além

Quando o conforto destrói sonhos.

06 Dez 2018 - 20h39

A palavra conforto de acordo com o dicionário Michaelis quer dizer: Tudo o que constitui bem estar material, consolo, consolação, solidariedade em momentos de aflição. Muito bem, parece tudo muito bom quando pensamos na palavra conforto de forma literal, mas quando pensamos no conforto no sentido de acomodação, temos que começar a enxergar de forma diferente. 

Muito se fala em Zona de Conforto, e eu tenho um significado para essa palavra: Zona de conforto para mim é um lugar quentinho, gostoso, extremamente confortável, onde não preciso me desafiar, onde não passo medo, nem frio na barriga, mas também é um lugar estéril, onde não cresce nada e onde nada acontece. 

Falar de zona de conforto para mim é muito fácil, pois estive por 15 anos lá, isso mesmo 15 anos me apoiando em crenças para justificar minha falta de coragem de sair de lugar. Eu sempre soube que poderia fazer mais nesse período, que deveria sair do automático, que deveria passar um pouco mais de medo e fazer coisas diferentes das quais estava acostumada, mas estava tudo tão bom, tão confortável que deixei passar. E quando me dei conta, estava paralisada a muito tempo e precisava fazer a roda girar com urgência. Tive que sair, sair não, fui lançada bruscamente para fora dessa zona de conforto, e ali começou um processo incrível de crescimento que vem se ampliando até hoje.  

O mais incrível de tudo isso é que a tendência do ser humano em estar na zona de conforto é explicada pela neurociência. A energia é o recurso mais escasso no universo, então tendemos sempre a economizar energia. Nosso cérebro, ou nossa mente consome até 20% de toda energia do nosso corpo, por isso é tão difícil e doloroso mudar, todas as vezes que pensamos em mudanças, nossa mente insiste em nos manter no automático e repetir os mesmos hábitos, sem se importar se estão nos destruindo ou não. A mudança exige um esforço consciente e doloroso para acontecer.

O problema de toda essa mecânica é que ela mata sonhos. É impossível realizar grandes conquistas se mantendo dentro do confortável. Precisamos nos desafiar, precisamos sair da mornidão das atitudes automáticas e nos desafiarmos para conquistarmos algo. É impossível continuarmos fazendo as mesmas coisas e colhermos resultados diferentes, isso é insanidade já dizia Albert Einstein. 

Nossa mente vai evitar sempre as situações onde passamos medo de falar em público por exemplo, onde passamos o desconforto de uma atividade física, onde passamos o desconforto da entrega de um trabalho desafiador, isso vai consumir energia, e preferimos sempre fazer as mesmas coisas, e ter nossos sonhos e objetivos engavetados para não precisarmos nos desafiar. 


Olhando hoje para minha vida, percebo o quanto foi desafiador e ao mesmo tempo recompensador ser lançada para fora desse lugar confortável, foi doloroso confesso, mas não trocaria essa dor por nada, me fez crescer, me fez recomeçar muito melhor e saber do que sou capaz, mesmo estando tanto tempo paralisada nela.  

Então hoje pergunto a você, como você quer estar daqui 5 anos? O que precisa fazer para chegar lá, mesmo sendo algo desafiador? Do que precisa abrir mão para essa caminhada? 

Lembre-se, a zona de conforto mata sonhos, não permita que isso aconteça com você, comece já o processo de desconforto para o seu próprio crescimento.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Aparelho portável facilita exames na retina
Tecnologia

Aparelho portável facilita exames na retina

16/09/2019 17:00
Aparelho portável facilita exames na retina
Pesquisa detalha distribuição dos subtipos do HIV no Brasil
Saúde

Pesquisa detalha distribuição dos subtipos do HIV no Brasil

16/09/2019 14:00
Pesquisa detalha distribuição dos subtipos do HIV no Brasil
Taxa básica de juros será definida nesta semana
Economia

Taxa básica de juros será definida nesta semana

16/09/2019 13:00
Taxa básica de juros será definida nesta semana
Nos pênaltis, GSA bate Seduc e conquista título inédito do Estadual Sub-17
Futebol

Nos pênaltis, GSA bate Seduc e conquista título inédito do Estadual Sub-17

16/09/2019 09:02
Nos pênaltis, GSA bate Seduc e conquista título inédito do Estadual Sub-17
Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 120 milhões
Loteria

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 120 milhões

16/09/2019 08:32
Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 120 milhões
Últimas Notícias