Dourados – MS terça, 18 de junho de 2024
21º
Meu Detran
ISOLAMENTO SOCIAL

Véspera de feriado movimentou as ruas e apenas 42,3% manteve cuidado essencial para enfrentar Covid-19

Apesar dos quase cem casos confirmados de Covid-19, população de Mato Grosso do Sul movimenta as ruas

11 Abr 2020 - 08h29Por Da Redação
Véspera de feriado movimentou as ruas e apenas 42,3% manteve cuidado essencial para enfrentar Covid-19 -

Pelo segundo dia seguido, os dados que monitoram a taxa de isolamento social no Brasil mostram que a população de Mato Grosso do Sul é a que menos tem cumprido com a única medida eficaz para reduzir o contágio do coronavírus: o distanciamento social. A taxa média de isolamento do brasileiro registrada na base de dados da In Loco nesta quinta-feira (9.4) véspera de feriado da Paixão de Cristo, foi de 48,4%, enquanto a do Estado ficou em 42,3%.  

O comportamento do sul-mato-grossense diante da gravidade da pandemia reflete diretamente no número de casos confirmados que deu um salto de 89 para 97 nas últimas 24 horas. O avanço foi apresentado no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES) desta sexta-feira (10.4) que também registra 32 casos suspeitos e dois óbitos.   

Com mais um caso confirmado de coronavírus totalizando 49, a Capital contou com apenas 41,3% da população cumprindo o isolamento social nesta quinta. As regiões da cidade com mais movimentação foram Vida Nova II, Nova Lima, Itamaracá, Serradinho, e Campo Verde. No comparativo com os outros dias da mesma semana o índice de Campo Grande apresenta praticamente o mesmo cenário de quarta-feira (39,6%), terça-feira (41,3%), e segunda-feira (42,1%). 

No ranking dos municípios que menos cumpriu isolamento estão: Jardim (36,9%), Amambai (37%), Eldorado (38,1%), Maracaju (38,5%), Naviraí (38,5%), Miranda (38,6%), Sidrolândia (39%), Nova Andradina (39,8%), Costa Rica (40%) e Paranaíba (40%).  

Das cidades que deram exemplo nesta quinta-feira, estão: Ladário (68,5%), Japorã (68,4%), Bela Vista (67,6%), Jateí (65,2%), Laguna Carapã (63%), Sete Quedas (61,4%), Novo Horizonte do Sul (61,4%), Jaraguari (60,5%) e Alcinópolis (58,1%).  

A base de dados da In Loco, tem como referência 60 milhões de telefones celulares existentes no País, e tem sido utilizada por cientistas e autoridades em saúde de todo País para estudar o comportamento da população e como isso tem refletido no aumento dos casos confirmados. Foi comprovado que o aumento da reclusão no fim do mês de março evitou infecções e internações. Porém o afrouxamento das medidas de isolamento nos municípios pode mudar o cenário nas próximas semanas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade Empreendedora em Rio Brilhante gera envolvimento de jovens para a inovação
Cidades

Cidade Empreendedora em Rio Brilhante gera envolvimento de jovens para a inovação

18/06/2024 10:15
Cidade Empreendedora em Rio Brilhante gera envolvimento de jovens para a inovação
Prefeitura de Caarapó conclui licitação e ruas do Jardim Adonai II e III receberão pavimentação
Cidades

Prefeitura de Caarapó conclui licitação e ruas do Jardim Adonai II e III receberão pavimentação

17/06/2024 14:30
Prefeitura de Caarapó conclui licitação e ruas do Jardim Adonai II e III receberão pavimentação
Caarapó recebe Mapa de Oportunidades e celebra resultados do programa Cidade Empreendedora
Cidades

Caarapó recebe Mapa de Oportunidades e celebra resultados do programa Cidade Empreendedora

14/06/2024 16:00
Caarapó recebe Mapa de Oportunidades e celebra resultados do programa Cidade Empreendedora
Na feira Ponta Agrotec, grupo de entidades assina Pacto pela Inovação de Ponta Porã
Cidades

Na feira Ponta Agrotec, grupo de entidades assina Pacto pela Inovação de Ponta Porã

14/06/2024 08:15
Na feira Ponta Agrotec, grupo de entidades assina Pacto pela Inovação de Ponta Porã
Justiça mantém absolvição de 'Rei da Fronteira' e delegado
Cidades

Justiça mantém absolvição de 'Rei da Fronteira' e delegado

12/06/2024 08:30
Justiça mantém absolvição de 'Rei da Fronteira' e delegado
Últimas Notícias