Dourados – MS domingo, 20 de junho de 2021
Dourados
19º max
10º min
CONFLITO EM CAARAPÓ

Temendo novos conflitos, prefeito reitera pedido por reforço na segurança

15 Jun 2016 - 14h19
Prefeito Mário Valério. - Crédito: Foto: Caarapó NewsPrefeito Mário Valério. - Crédito: Foto: Caarapó News
O prefeito, Mário Valério (PR), informou, que solicitou ao governo do Estado reforço na estrutura de segurança para evitar novos conflitos na região da fazenda Yvu, próximo a aldeia Te’yikuê, em Caarapó, município a 283 quilômetros de Campo Grande. Ontem, uma pessoa morreu e pelo menos seis ficaram feridas durante confronto entre índios e fazendeiros.

Segundo o prefeito, ele esteve nesta quarta-feira em reunião com o gabinete de crise da Sejusp (Secretaria de Estado Justiça e Segurança Pública), que coordena operações no conflito entre índios e produtores rurais no Sul do Estado.

Paralelamente, Mário Valério disse que entrou em contato com parlamentares do Estado para reiterar a necessidade da presença da Força Nacional de Segurança na região. Equipes da PF (Policia Federal), DOF (Departamento de Operações da Fronteira), Polícia Civil e Militar estão na região.

Segundo o Campo Grande News, "O clima continua tenso. A estrada está bloqueada e tentaremos sobrevoar a região com um helicóptero para ter uma dimensão da situação", disse.

Em nota divulgada nesta quarta-feira, o governo lamenta o episódio que resultou na morte e em feridos, dentre três eles policiais militares. Segundo o governo, eles foram rendidos, agredidos e tiveram roubadas três pistolas calibre .40, uma escopeta calibre 12 e três coletes.

"Quem estiver de posse das armas está em situação de flagrância por porte ilegal de armas de uso restrito e ainda receptação de produto de roubo", traz o texto.

A nota informa, ainda, que os bombeiros foram acionados e prestaram socorro às vítimas e quando resgatavam os policiais a viatura foi incendiada, além de um caminhão que transportava uma colheitadeira.

Foi instaurado um inquérito policial para apurar os fatos e serão realizadas diligências para identificar os autores das agressões policiais, o roubo das armas e os danos causados à viatura policial.

A morte do agente de saúde Clodioudo Aguile Rodrigues dos Santos, 26, é apurada pela Polícia Federal. Os indígenas informam que Clodioudo foi morto a tiros pelos fazendeiros, mas os produtores dizem que, durante uma confusão, o agente de saúde foi atropelado por um caminhão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MP apura falta de medicamentos para crianças na saúde mental
IMPRESSO

MP apura falta de medicamentos para crianças na saúde mental

20/06/2021 09:00
MP apura falta de medicamentos para crianças na saúde mental
População faz grande fila no Drive em dia que não tem vacina
Dourados

População faz grande fila no Drive em dia que não tem vacina

20/06/2021 08:20
População faz grande fila no Drive em dia que não tem vacina
Fila gigante no Drive Thru do Pavilhão de Eventos Dom Teodardo
Vacinação

Fila gigante no Drive Thru do Pavilhão de Eventos Dom Teodardo

19/06/2021 08:56
Fila gigante no Drive Thru do Pavilhão de Eventos Dom Teodardo
Com lotes a partir de R$ 200, SAD fará leilão de 38 lotes de veículos e sucatas de veículos em julho
MS

Com lotes a partir de R$ 200, SAD fará leilão de 38 lotes de veículos e sucatas de veículos em julho

19/06/2021 08:00
Com lotes a partir de R$ 200, SAD fará leilão de 38 lotes de veículos e sucatas de veículos em julho
Servidores Estaduais têm descontos exclusivos nos serviços oferecidos pelo SESC MS
SESC MS

Servidores Estaduais têm descontos exclusivos nos serviços oferecidos pelo SESC MS

19/06/2021 08:00
Servidores Estaduais têm descontos exclusivos nos serviços oferecidos pelo SESC MS
Últimas Notícias