Dourados – MS quarta, 25 de novembro de 2020
Dourados
35º max
21º min
Influx
Imaculada-Mobile
Cidades

Senai entrega unidades de automação

17 Fev 2011 - 20h45
As unidades móveis do Senai passaram por reforma para atender a demanda - Crédito: Foto : DivulgaçãoAs unidades móveis do Senai passaram por reforma para atender a demanda - Crédito: Foto : Divulgação
CAMPO GRANDE - Acompanhado pelos diretores do Sistema Fiems, o presidente Sérgio Longen entregou ontem ao Senai as unidades móveis de automação industrial e de instrumentação e controle de processos, que foram reformadas para atender a demanda das empresas instaladas nos municípios de Mato Grosso do Sul onde não há unidades fixas do Sistema Indústria.

Hoje, a unidade de automação industrial segue para Nova Alvorada do Sul, onde vai suprir a necessidade da Dallas Alimentos, enquanto a de instrumentação e controle de processos vai para Três Lagoas para atender a solicitação da Fibria.

“O compromisso do Sistema Fiems é com o desenvolvimento industrial e essas duas unidades vão atender a demanda das indústrias de todo o Estado, sendo que ambas já estão com a programação fechada até o fim deste ano”, afirmou Sérgio Longen, explicando que após atenderem as demandas da Fibria e Dallas serão deslocadas para outras indústrias instaladas na região dos dois municípios.

“As duas unidades tiveram toda a parte externa reformada e receberam uma nova pintura, enquanto a parte interna ganhou iluminação, novos armários, equipamentos tecnológicos e material didático necessários para a realização dos cursos nas duas áreas de atuação”, completou.

Segundo o diretor-regional do Senai, Jaime Verruck, com essa modernização tecnológica das duas unidades móveis, será possível estruturar melhor os cursos de forma que os alunos possam sempre acompanhar as novidades tecnológicas que estão surgindo. “Com as essas duas unidades, o Senai concluiu a modernização das suas cinco unidades móveis – comandos elétricos, mecânica diesel, automação industrial (2) e instrumentação e controle de processos”, recordou.

Já o presidente do Simemae/MS (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Mato Grosso do Sul), Irineu Milanesi, afirmou que as unidades móveis vão garantir atualização profissional, trazendo economia e modernidade para as indústrias do Estado. “É difícil para a empresa contratar um curso e retirar o profissional da sua função para que ele faça o treinamento em outra cidade.

Além disso, as máquinas novas são todas automatizadas e nós precisamos capacitar os funcionários para trabalhar com elas”, pontuou, completando que as duas unidades móveis vão contribuir muito para modernizar e alavancar o setor metal-mecânico.


Também participaram da cerimônia de entrega o presidente do Simec (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Corumbá), Lourival Vieira da Costa, o presidente da Sindigraf/MS (Sindicato das Indústrias Gráficas do Estado), Annibal Teixido, do presidente do Sicadems (Sindicato das Indústrias de Frio, Carnes e Derivados do Estado), Ivo Cescon Scarcelli, a presidente do Sindivesc (Sindicato das Indústrias do Vestuário de Corumbá), Lenise de Arruda Viegas, e o diretor da Fiems, Altair da Graça Cruz.

#####Modernidade

O gerente de educação e desenvolvimento tecnológico do Senai, Jesner Escandolhero, explica que no caso da unidade móvel de automação industrial foram instalados dispositivos e acessórios modernos que permitem a simulação em escala de processos de automação em indústrias de diversos segmentos. “Por meio da programação de componentes, o aluno poderá simular o funcionamento dos dispositivos eletro-eletrônicos automáticos de linha”, detalhou.

Ele completa que entre os dispositivos eletro-eletrônicos que podem ser aplicados estão os computadores ou outros dispositivos capazes de efetuar operações lógicas, como controladores lógicos programáveis e microcontroladores. “Esses equipamentos em alguns casos, substituem tarefas humanas ou realizam outras que o ser humano não consegue realizar.

Também através da simulação de defeitos, o aluno poderá, com orientação especializada, realizar manutenções preventivas e corretivas dos componentes em questão”, explicou.

O coordenador de ações móveis do Senai, Gelson Ricardo Alves da Silva, ressalta que a unidade móvel de automação industrial poderá ser usada nos cursos de automação industrial, eletrotécnica e instrumentação, além daqueles específicos de CLP (Controlador Lógico Programável).

“Essa unidade móvel é composta por 13 computadores, cinco inversores de freqüência, cinco softstart, motores, comando e megômetro, além de oito postos de trabalho de automação completa”, lembrou.

Já a unidade móvel de instrumentação industrial e controle de processos conta com uma planta de instrumentação didática com simulação dos processos de controle de vazão, temperatura, pressão e nível. “Ela é destinada a preparar profissionais para realizar montagens, desmontagens, instalações, reparações, ajustes, calibragem, programação e inspeções de instrumentos de medição e controle.

Além da planta, a unidade também conta com módulos auxiliares que permitem a contemplação do aprendizado por meio da simulação de processos complementares”, completou Jesner Escandolhero, acrescentando que na unidade móvel os alunos terão à disposição 13 notebooks.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pontes destruídas no Pantanal serão substituídas por pontes de concreto
MS

Pontes destruídas no Pantanal serão substituídas por pontes de concreto

24/11/2020 07:04
Pontes destruídas no Pantanal serão substituídas por pontes de concreto
Incêndio destrói 400 caixas d'águas na Capital
Capital

Incêndio destrói 400 caixas d'águas na Capital

23/11/2020 16:53
Incêndio destrói 400 caixas d'águas na Capital
Onevan, o candidato que venceu após a morte
Política

Onevan, o candidato que venceu após a morte

23/11/2020 13:26
Onevan, o candidato que venceu após a morte
Sábado tem mutirão da dengue na Chácara Cidélis e Dioclécio Artuzi
Dengue

Sábado tem mutirão da dengue na Chácara Cidélis e Dioclécio Artuzi

20/11/2020 17:06
Sábado tem mutirão da dengue na Chácara Cidélis e Dioclécio Artuzi
Délia revoga decreto e parques voltam a ser fechados em Dourados
Dourados

Délia revoga decreto e parques voltam a ser fechados em Dourados

20/11/2020 14:35
Délia revoga decreto e parques voltam a ser fechados em Dourados
Últimas Notícias