Dourados – MS sexta, 18 de setembro de 2020
Dourados
33º max
19º min
MS

Quatro são presos por explosão a banco em Sonora

01 Jul 2016 - 09h40
Quatro suspeitos de envolvimento no roubo a banco em Sonora foram presos pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros (Garras) em Mato Grosso do Goiás, segundo informou ao G1 o delegado Fábio Peró. O crime foi no dia 18 de abril de 2016 no norte de Mato Grosso do Sul, a 366 km da capital. A quadrilha usou explovisos para destruir a agência, atirou no batalhão da Polícia Militar, furou pneus das viaturas e ainda obrigou moradores a ajudarem no roubo.

Cerca de R$ 1 milhão foi levado na ação. Dois dos quatro presos tiveram participação direta no crime, segundo o Garras, e os outros dois deram apoio ao grupo. Além deles, outros três envolvidos já foram identificados e estão com mandados de prisão. Outros dois suspeitos são apontados como participantes.

A polícia chegou até os suspeitos depois de encontrar o carro roubado usado para a ação criminosa. Na ocasião, além de invadir e destruir a agência, eles fizeram reféns e atiraram em prédios públicos. A inteligência da polícia fez interceptações telefônicas e usou imagens de circuito interno.

Apreensão

No dia 19 de abril, 2 veículos utilizados no assalto foram localizados abandonados em um canavial, a 12 km da cidade. Eles foram roubados no início do mês, em Mato Grosso, e a investigação ainda apontará se eles foram levados exatamente para atuar naquela ocorrência.

Ataques

Além de destruir a instituição financeira com explosivos e atirar em unidades policiais, viaturas, almoxarifado e prédio da prefeitura, os bandidos também dispararam tiros em frente às casas de militares que estavam em folga, para impedir que saíssem. Todos os ataques foram simultâneos. Foram feitos, ao todo, mais de 100 tiros de fuzis, submetralhadores, pistolas e escopetas.

Entenda o caso

Para a polícia, a madrugada de terror foi causada por um grupo formado por 8 a 12 pessoas em quatro veículos. A ação teve início às 2h30 (de MS) e durou aproximadamente 40 minutos. Análise de imagens feitas por câmeras de estabelecimentos vizinhos apontam cerca de quatro explosões na agência bancária.
Durante a ação dois homens, entre eles um taxista, foram feitos reféns. Eles foram obrigados a carregar malotes de dinheiro roubado dos cofres.

A perícia recolheu um revólver de calibre 38 que pertence à empresa de segurança do banco. Cédulas dilaceradas também foram apreendidas assim como projéteis de armas usadas pelos bandidos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Governo reduz focos de incêndio no Pantanal de MS e controla fogo no Parque Estadual do Taquari
Meio ambiente

Governo reduz focos de incêndio no Pantanal de MS e controla fogo no Parque Estadual do Taquari

18/09/2020 18:02
Governo reduz focos de incêndio no Pantanal de MS e controla fogo no Parque Estadual do Taquari
SES atualiza resolução sobre retorno de cirurgias eletivas em MS
Saúde

SES atualiza resolução sobre retorno de cirurgias eletivas em MS

18/09/2020 17:05
SES atualiza resolução sobre retorno de cirurgias eletivas em MS
DOF apreende carros com mercadorias contrabandeadas do PY
Contrabando

DOF apreende carros com mercadorias contrabandeadas do PY

18/09/2020 16:32
DOF apreende carros com mercadorias contrabandeadas do PY
UFGD abrirá as inscrições para o Vestibular 2021 nesta segunda-feira
Educação

UFGD abrirá as inscrições para o Vestibular 2021 nesta segunda-feira

18/09/2020 16:05
UFGD abrirá as inscrições para o Vestibular 2021 nesta segunda-feira
PAM será referência para casos de síndrome gripal
Dourados

PAM será referência para casos de síndrome gripal

18/09/2020 15:46
PAM será referência para casos de síndrome gripal
Últimas Notícias