Dourados – MS quinta, 04 de março de 2021
Dourados
33º max
22º min
Cassems
Nova Andradina

Prefeito assina contrato do sistema de estacionamento pago na cidade

17 Mai 2016 - 06h00
Prefeito Roberto Hashioka assinou o contrato no último dia 12 de maio em reunião. - Crédito: Foto: DivulgaçãoPrefeito Roberto Hashioka assinou o contrato no último dia 12 de maio em reunião. - Crédito: Foto: Divulgação
O crescimento de Nova Andradina com o consequente aumento do fluxo de veículos, especialmente nas áreas centrais da cidade, exige providências para garantir a rotatividade do estacionamento de veículos. O projeto do sistema mais conhecido como Zona Azul tem sido objeto de amplas discussões junto à sociedade e seus representantes, e a sua implantação vem sendo aguardada com muita expectativa.


O objetivo é promover a democratização do acesso às vagas, de estacionamento, que hoje, nas principais avenidas e logradouros de Nova Andradina tem sido objeto de muitas reclamações, dado o grande fluxo de veículos. Para a solução deste problema, o prefeito Roberto Hashioka, após ampla discussão, inclusive com a Câmara de Vereadores, formatou o projeto mais conhecido como Zona Azul de Nova Andradina.


A vencedora do certame de concessão foi a empresa catarinense Serrana Engenharia Ltda. Seu representante legal, o Sr. Odair José Mannrich esteve neste dia 12, no gabinete do Prefeito, ocasião em que se celebrou o contrato de concessão dos serviços de exploração de estacionamento rotativo de veículos, "em áreas, vias e logradouros públicos, com implantação e manutenção dos equipamentos de controle e operação no Município".


A cerimônia contou ainda com as presenças do presidente da Câmara, Cido Pantanal acompanhado dos vereadores Quemuel de Alencar, Robertinho Pereira, Valter Yasunaka e Newton José de Oliveira; dos secretários Arion Aislan, Márcio Costa, Nair Lorencini, Jozeli Chulli, Umberto Canesque, Silvio Senhorini, Dra. Elizabeth Sumiko Anami; Procuradora Geral do Município, Dra. Priscila Erich; Diretora da Agência de Habitação Maria Eurgênia; Sub-secretário de Saúde, Donizete; Edna Chulli diretora-presidente da Previna; João Dan assessor governamental, entre outros.

Implantação


O prazo para a implantação será de até 60 dias contados da assinatura do contrato, referente à primeira etapa do sistema, e a segunda etapa terá prazo de até 24 meses para efetivação, contados após o início da primeira etapa.


A Zona Azul será dividida em duas áreas, uma de baixa e outra de alta rotatividade, denominadas, respectivamente, de área verde e área azul, portanto contemplando as vias de maior e médio fluxo de veículos na cidade. .

Tarifas


O contrato prevê diferenciação de tarifas a serem cobradas pela empresa concessionária, sendo que haverá isenção para veículos de portadores de necessidades especiais e os idosos pagarão 50% dos valores cobrados tanto na área verde quanto na azul. Os ciclomotores, motocicletas e similares, também pagarão 50% das tarifas.


As áreas demarcadas com sinalização para táxi, farmácia, transporte de valores e outros, terão gratuidade, desde que justificadas e autorizadas. Também haverá tarifa diferenciada para veículos de carga e descarga, no horário de funcionamento da Zona Azul. O estacionamento remunerado nas áreas delimitadas ocorrerá de segunda à sexta-feira, das 8 às 17 horas, e aos sábados, das 8 às 12 horas. Veículos pertencentes ao Poder Público, Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros não estarão sujeitos ao pagamento.

Informações ao usuário


Cabe à empresa concessionária a divulgação de campanhas elucidativas para o conhecimento amplo da população e dos usuários.


O prefeito Hashioka argumentou que os custos de investimentos decorrentes de todas as operações do sistema, correrão por conta da concessionária, que, no entanto, após a implantação, deverá repassar aos cofres públicos, um percentual dos valores auferidos com a concessão.


A concessionaria ainda terá como deveres, a prestação do apoio e orientação aos usuários, a monitoração e fiscalização das áreas, além da implantação dos equipamentos eletrônicos necessários à fiscalização e operação do sistema.


O prazo de concessão é de 10 anos. A tarifa, que poderá ser revisada anualmente, será de R$1,00 por período de estacionamento, que terá otempo máximo de permanência no perímetro central de até 4 horas. Nos primeiros 15 minutos, o estacionamento será livre e gratuito.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Aberta seleção de médicos, farmacêutico e técnico de enfermagem para atuação na Agepen
Cidades

Aberta seleção de médicos, farmacêutico e técnico de enfermagem para atuação na Agepen

há 20 minutos atrás
Aberta seleção de médicos, farmacêutico e técnico de enfermagem para atuação na Agepen
Pesquisa do Procon encontra 14 produtos com diferença superior a 100% em supermercados
Dourados

Pesquisa do Procon encontra 14 produtos com diferença superior a 100% em supermercados

há 35 minutos atrás
Pesquisa do Procon encontra 14 produtos com diferença superior a 100% em supermercados
Polícia Militar de Dourados já retirou de circulação mais de 1,3t em 2021
Dourados

Polícia Militar de Dourados já retirou de circulação mais de 1,3t em 2021

04/03/2021 16:00
Polícia Militar de Dourados já retirou de circulação mais de 1,3t em 2021
Governador autoriza concurso público com 250 vagas para Polícia Civil
Polícia Civil

Governador autoriza concurso público com 250 vagas para Polícia Civil

03/03/2021 17:00
Governador autoriza concurso público com 250 vagas para Polícia Civil
Procon Estadual autua posto de combustível que reajustou preços três vezes em um dia
Campo Grande

Procon Estadual autua posto de combustível que reajustou preços três vezes em um dia

03/03/2021 16:30
Procon Estadual autua posto de combustível que reajustou preços três vezes em um dia
Últimas Notícias