Dourados – MS sexta, 30 de outubro de 2020
Dourados
26º max
18º min
Influx
Cidades

Ponta Porã faz arrastão contra dengue

11 Mar 2011 - 22h12
Agentes de combate a endemias repassaram orientações aos moradores - Crédito: foto: Nivalcir AlmeidaAgentes de combate a endemias repassaram orientações aos moradores - Crédito: foto: Nivalcir Almeida
PONTA PORÃ - O Centro de Controle de Zoonozes promoveu ontem mobilização no bairro São Rafael, periferia de Ponta Porã. A ação contou com o apoio das secretarias de infraestrura, saúde e demais colaboradores. O bairro foi esco-lhido porque apresentou dois casos confirmados de dengue este ano, segundo a coordenadora do CCZ, Raquel Bortolini. A coordenadora diz que a situação é de alerta no município de Ponta Porã, onde o índice de infestação do mosquito está em 5,99%, quase seis vezes maior o que é considerado aceitável pela Organização Mundial de Saúde. O tolerável é de menos de um por cento.


Agentes de saúde estão percorrendo todos os bairros e centro de Ponta Porã, fazendo vistoria, orientando e notificando os moradores da existência do Aedes Aegypti.


Segundo o coordenador de atenção básica de saúde de Ponta Porã, Fuad Sayes Mahmoud, já são 43 casos notificados da doença e três casos confirmados durante este ano, sendo que ainda faltam resultados que foram enviados para análise.


No ano passado foram mais de 600 casos confirmados de dengue e mil notificados em Ponta Porã. A maior preocupação da Secretaria de Saúde, segundo o coordenador, é a entrada da dengue tipo 4 em nosso estado.
De acordo com o Ministério da Saúde, os sintomas dos tipos 1,2, 3 e 4 de dengue são os mesmos, entre eles dor de cabeça, dores no corpo e articulações, febre, diarreia e vômito.


O vírus tipo 4 não era registrado no país há 28 anos, mas em 2010 foi notificado em alguns estados, como o Amazonas e Roraima e este ano já existem casos confirmados da doença no Norte do país. A dengue tipo 4 apresenta risco para pessoas já contaminadas com os vírus 1, 2 ou 3, que são vulneráveis à manifestação alternativa da doença. Complicações podem levar pessoas infectadas ao desenvolvimento de dengue hemorrágica.


A situação é preocupante ainda mais nesses dias, pelo volume muito grande de chuva na região, favorável para reprodução do mosquito, que necessita de água limpa e calor para proliferar. O Ministério da Saúde adverte que 70% dos casos de dengue ocorrem nesta época, entre os meses de janeiro a maio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PMA de Corumbá prende e autua em R$ 35 mil cinco pescadores utilizando petrechos ilegais
Pesca Ilegal

PMA de Corumbá prende e autua em R$ 35 mil cinco pescadores utilizando petrechos ilegais

29/10/2020 15:52
PMA de Corumbá prende e autua em R$ 35 mil cinco pescadores utilizando petrechos ilegais
Operação com mais de 20 mil integrantes das forças de segurança fecha as divisas de quatro estados
Divisa

Operação com mais de 20 mil integrantes das forças de segurança fecha as divisas de quatro estados

29/10/2020 14:01
Operação com mais de 20 mil integrantes das forças de segurança fecha as divisas de quatro estados
Polícia Civil prende quatro pessoas durante operação contra exploração sexual de crianças e adolescentes
Mato Grosso do Sul

Polícia Civil prende quatro pessoas durante operação contra exploração sexual de crianças e adolescentes

29/10/2020 09:34
Polícia Civil prende quatro pessoas durante operação contra exploração sexual de crianças e adolescentes
Polícia Civil incinera mais de meia tonelada de drogas
Nova Andradina

Polícia Civil incinera mais de meia tonelada de drogas

29/10/2020 09:29
Polícia Civil incinera mais de meia tonelada de drogas
Homem é preso após ameaçar esposa e sogra de morte
Ameaça

Homem é preso após ameaçar esposa e sogra de morte

28/10/2020 16:40
Homem é preso após ameaçar esposa e sogra de morte
Últimas Notícias