Dourados – MS segunda, 21 de setembro de 2020
Dourados
26º max
15º min
Ponta Porã

Ponta Porã comemora hoje 104 anos de emancipação política e administrativa

18 Jul 2016 - 06h00
O símbolo da cidade é uma cuia de chimarrão e outra de tereré, que representa duas culturas, Ponta Porã e Pedro Juan Caballero, que se tornam apenas uma. - Crédito: Foto: Lucho RochaO símbolo da cidade é uma cuia de chimarrão e outra de tereré, que representa duas culturas, Ponta Porã e Pedro Juan Caballero, que se tornam apenas uma. - Crédito: Foto: Lucho Rocha
Ponta Porã cidade localizada a sudoeste de Mato Grosso do Sul, fronteira seca com Pedro Juan Caballero, capital do Departamento Del Amambai, Paraguai, completa 104 anos de emancipação política e administrativa, nesta segunda-feira, 18 de julho.


Com uma população de 85 mil habitantes, conforme estimativa de 2014 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Ponta Porã mantém uma de suas principais características para o seu desenvolvimento sócio, econômico e cultural.A constante integração de povos.


A história de Ponta Porã se confunde com da cidade irmã, Pedro Juan Caballero, Paraguai, já que cresceram ambas no entorno da famosa laguna (lagoa) Punta Porã, ponto de descanso dos carreteiros que comercializavam seus produtos que originou o nome Ponta Porã, adotada pela cidade brasileira.


"Ponta Porã e Pedro Juan Caballero cresceram juntas, e de tal forma se desenvolveram.Cada qual possui sua história, mas ambas possui uma forte integração econômica e social, valorizada por ambas as coumidades" lembrou Sacha Cardona, escritor, professor e historiador autor do livro : A Las Sombras De Los Perobales - História del Poblado de Punta Porã" (2008).


O turista que circula pelas ruas de Ponta Porã, logo se pergunta se esta no lado brasileiro ou paraguaio da fronteira.Este fenômeno, chama a atenção de diversos organismos internacionais e instituições de pesquisas que vislumbram nesta constante integração de povos, um modelo de parceria entre cidades irmãs em busca de desenvolvimento social e ambiental sustentáveis.


Uma prova desta integração foi a construção do Centro Comercial da Fronteira "União de dois Povos" com recursos da União Européia, localizado na Praça Lício Borralho inaugurado em 2012, que nasceu como símbolo da integração social, econômico e cultural das duas comunidades irmãs.


"Aos poucos a população vai observando a importância desta integração.Cada vez mais observamos a classe acadêmica, empresários e poderes públicos, em preservar esta integração, valorizar e desta forma melhorar os espaços existentes, praças e símbolos culturais como fatores fundamentais para o seu desenvolvimento saudável" lembrou Jonas Souza, professor de Geografia, que apresentou artigo tratando da Linha de Fronteira Ponta Porã/Pedro Juan Caballero em seminário no Chile.


O comércio parece ser historicamente um dos principais responsáveis pelo seu constante desenvolvimento, com uma diversidade de serviços oferecidos a população, é atualmente um dos setores que mais emprega no município com 2.200 funcionários registrados, somados aos cerca de 10% que se encontram no mercado informal, apenas em lojas e supermercados, conforme dados do Sindicato dos Comerciários de Ponta Porã.Dados do IBGE 2014, apontam para um total de 10.994 pessoas ocupadas pelas empresas existentes na cidade.


O empresário Amauri Osório Nunes, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã, enaltece a integração das duas comunidades como fundamental para o desenvolvimento do comércio e setores de serviços no lado brasileiro da fronteira.


"O comércio sempre foi dinâmico em Ponta Porã, ajudando a aquecer a economia.Ao longo dos anos, os setores foram se aprimorando, entendo que a parceria entre os comércios é fundamental para o crescimento dos setores produtivos" explicou Amauri, ressaltando que "A visão de expansão do comércio de forma integrada, possibilitou diversas ações em favor da nossa economia.Podemos citar, como exemplo, o Black Friday que entra em sua quinta edição de forma consolidada favorecendo o comércio dos dois países".


Amauri Nunes destacou ainda o poder de consumo da cidade vizinha Pedro Juan Caballero, que ajuda a aquecer a economia de Ponta Porã. "Com o guarani, moeda paraguaia em alta, vários paraguaios compram no Brasil, ajudando aquecer a nossa economia.A queda do dólar também favorece nosso comércio, que teve uma melhora de 30% em julho, se comparado ao mês de junho deste ano".


A integração constante com o pais vizinho, gerou seu principal atrativo turístico, as compras de importados, que segundo dados da Câmara do Comércio de Pedro Juan Caballero (PY), recebe anualmente milhares de visitantes, sendo em sua maioria brasileiros.Somente durante o evento Black Friday são esperados 80 mil turistas.


Para o empresário Anderson Carpes, presidente do Convention Visitors & Bureau de Ponta Porã, as duas comunidades estão vivenciando atualmente outra experiência de integração, o chamado turismo acadêmico, com a chegada de seis mil estudantes de Medicina em Pedro Juan Caballero.


"Este é um novo momento que transformou o nosso cotidiano, precisamos preservar e tratar com muito carinho.São turistas que permanecerão por no mínimo seis anos em nossa cidade.E todos fomentam o comércio local, bares, restaurantes, sendo responsáveis por aquecimento no setor imobiliário, nunca visto antes" lembrou Carpes, ressaltando que "aumenta nossa responsabilidade em melhorar o atendimento nos serviços oferecidos, bem como na estrutura, segurança e acessibilidade de nossa cidade".


Ponta Porã conta atualmente com o câmpus da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), que recebe estudantes de diversas regiões do país, oferecendo curso superior na área de exatas, impulsionando a pesquisa em robótica; uma unidade da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) oferecendo cursos técnicos que fomentam o campo de pesquisa na fronteira, além de instituições de ensino superior privado.


Outro setor símbolo da economia é o da agricultura e pecuária, que mantém a tradição responsável por boa parte da produção de soja, milho e trigo de Mato Grosso do Sul, mantendo Ponta Porã em destaque como a quinta economia do estado.


A convivência pacifica entre brasileiros, paraguaios, chineses, koreanos, árabes, japoneses e libaneses e demais imigrantes, pode ser confirmado em uma rápida passada pelas praças e parques de Ponta Porã, onde é possível presenciar crianças, jovens e adultos dividindo o mesmo espaço, na prática esportiva e cultural, como no simples gesto de passar a cuia de terere gelado, bebida símbolo das duas cidades irmãs.


Enquanto o atual cenário mundial vislumbra, cada vez mais para países dispostos ao fechamento de suas fronteiras, em virtude da dificuldade de convivência e relação internacional, por variados motivos, Ponta Porã comemora seus 104 anos de existência fortalecendo e consolidando a integração com o país vizinho, mostrando que é possível conviver pacificamente, buscando soluções para problemas que são comuns para as duas comunidades.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia flagra trio com munições e drogas em Dourados
Dourados

Polícia flagra trio com munições e drogas em Dourados

há 56 minutos atrás
Polícia flagra trio com munições e drogas em Dourados
Polícia prende bandidos e impede assalto que ocorreria em agência bancária de MS nesta segunda-feira
Cassilândia

Polícia prende bandidos e impede assalto que ocorreria em agência bancária de MS nesta segunda-feira

21/09/2020 12:33
Polícia prende bandidos e impede assalto que ocorreria em agência bancária de MS nesta segunda-feira
PRF apreende 645 Kg de maconha em Rio Brilhante
Tráfico

PRF apreende 645 Kg de maconha em Rio Brilhante

21/09/2020 12:04
PRF apreende 645 Kg de maconha em Rio Brilhante
Carreta que seguia para o RS com mais de três toneladas de maconha foi apreendida pelo DOF
Operação Hórus

Carreta que seguia para o RS com mais de três toneladas de maconha foi apreendida pelo DOF

21/09/2020 11:32
Carreta que seguia para o RS com mais de três toneladas de maconha foi apreendida pelo DOF
Polícia Militar apreende arma e drogas em barreira sanitária
Antônio João

Polícia Militar apreende arma e drogas em barreira sanitária

21/09/2020 10:58
Polícia Militar apreende arma e drogas em barreira sanitária
Últimas Notícias