Dourados – MS quinta, 13 de maio de 2021
Dourados
26º max
14º min
Cidades

Museu da Imagem e do Som reinaugura hoje

02 Mai 2011 - 22h01
Exposição é baseada no livro do jornalista e música Rodrigo Teixeira - Crédito: Foto: DivulgaçãoExposição é baseada no livro do jornalista e música Rodrigo Teixeira - Crédito: Foto: Divulgação

O governo de Mato Grosso do Sul, através de sua Fundação de Cultura (FCMS), reinaugura hoje, o Museu da Imagem e do Som (MIS), localizado no 3º andar do Memorial da Cultura e Cidadania, em Campo Grande.

Para realçar esse grande momento do patrimônio histórico e cultural do Estado, será lançada, às 19h, a exposição audiovisual “Os Pioneiros – A Origem da Música Sertaneja de Mato Grosso do Sul”, baseada na obra homônima do jornalista Rodrigo Teixeira, financiada pelo Fundo de Investimentos Culturais do Estado (FIC-MS), com trilha sonora do Projeto “Memória Fonográfica de MS” de Carlos Luz e Ismael Sprandel.

Criada há cerca de dez anos, a instituição, vinculada à Gerência de Patrimônio Histórico e Cultural da FCMS, teve seu espaço físico reestruturado para atender a comunidade, através de diversos projeto com contrapartida do governo estadual.

O presidente da FCMS, Américo Calheiros, explica que na gestão do governador André Puccinelli foram investidos aproximadamente R$ 300 mil na reestruturação da instituição.“Em 2007 e 2010, o MIS foi contemplado pelo edital de Modernização de Museus elaborado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Assim, recebeu grande parte do apoio financeiro deste edital, aplicados não só na instalação e climatização do museu no Memorial da Cultura, mas também na instalação de arquivos deslizantes para a devida adequação das áreas de salvaguarda do acervo e na implementação da sala de projeção. Aqui, cabe ressaltar que o governo estadual investiu também em outras necessidades e na criação da nova sala de exposição, somando mais de R$ 100 mil em investimentos estaduais”, diz Américo.

Raízes

A “Exposição Audiovisual Os Pioneiros – A Origem da Música Sertaneja de Mato Grosso do Sul” é baseada no livro homônimo de Rodrigo Teixeira, financiado pelo FIC-MS. O autor é jornalista e músico com três discos lançados e vem atuando na cena artística de Campo Grande desde os anos 1980. Desde 2008 desenvolve a MatulaTV e o blog Matula Cultural para divulgar a arte sulmato-grossense na Internet. Para escrever o livro, Rodrigo entrevistou os protagonistas desta história e seus herdeiros, mergulhando a fundo na gênese da música sul-mato-grossense.

A trilha sonora utilizada na exposição integra o projeto “Memória Fonográfica de MS”, idealizado pelos pesquisadores Carlos Luz e Idemar Sprandel, criadores do Kit de Difusão Musical da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul. Ambos mantêm um acervo de LPs e CDs de todas as vertentes musicais de Mato Grosso do Sul ao longo de dez anos. Atualmente contam com 30 mil músicas catalogadas, com obras que datam desde os anos 1950 aos dias atuais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Clima

Vento sul contribui para mais um dia de temperaturas amenas em Mato Grosso do Sul

há 59 minutos atrás
Em novo decreto, cinema poderá voltar em Dourados
Dourados

Em novo decreto, cinema poderá voltar em Dourados

12/05/2021 09:00
Em novo decreto, cinema poderá voltar em Dourados
Educação

UEMS abre inscrições para mestrado em Educação Científica e Matemática

12/05/2021 08:00
Clima

Frente fria avança pelo Sul do Brasil e traz novo alívio para o calor sul-mato-grossense

12/05/2021 07:00
Cidades

Abertas as inscrições para a 2ª edição do programa Juventude Empreendedora

11/05/2021 17:00
Últimas Notícias