Dourados – MS terça, 24 de novembro de 2020
Dourados
35º max
21º min
Influx
Imaculada-Mobile
Cidades

MEC empenha R$ 1,5 mi para o Vargas

21 Dez 2010 - 18h00
Com recursos garantidos por Geraldo, Presidente Vargas será totalmente reconstruído 
 - Crédito: Foto: ReproduçãoCom recursos garantidos por Geraldo, Presidente Vargas será totalmente reconstruído - Crédito: Foto: Reprodução
DOURADOS - O deputado federal Geraldo Resende anunciou ontem, como mais um presente pelo aniversário de Dourados, o empenho de R$ 1,5 milhão, pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Esses recursos serão utilizados na reconstrução da Escola Estadual Presidente Vargas, cujo projeto total demandará mais de R$ 6 milhões.

O empenho é referente a duas emendas individuais dos deputados Geraldo Resende e Waldemir Moka, no valor de R$ 750 mil cada. “Fizemos todas as interlocuções necessárias e, conforme compromisso do diretor de Programas e Projetos Educacionais do Ministério da Educação Leopoldo Jorge Alves Junior, os recursos foram empenhados exatamente no dia do aniversário da cidade”, comemora Geraldo Resende.

Além das duas emendas o FNDE assumiu o compromisso de aplicar R$ 1,7 milhão no projeto e o governo do Estado, R$ 1,3 milhão. Como a reconstrução deverá ultrapassar os R$ 6 milhões. Geraldo Resende apresentou outra emenda de R$ 1 milhão e Waldemir Moka, de R$ 500 mil, no Orçamento Geral da União/2011.

A reconstrução da Escola Estadual Presidente Vargas é um projeto que o deputado Geraldo Resende abraçou ainda no seu primeiro mandato como deputado federal, em parceria com o governo do Estado.

A primeira providência do parlamentar foi a elaboração de um dossiê que demonstrou a precária situação do prédio. Com a parceria do Estado, foi elaborado o projeto pelo arquiteto Ângelo Arruda.

O projeto prevê que toda a fachada da escola será preservada em suas características originais. Mas haverá uma grande demolição das partes comprometidas e a reconstrução vai garantir mais salas de aula, melhor aproveitamento estrutural do terreno e mais conforto e segurança para todos que freqüentam a escola.

Segundo Geraldo Resende a reconstrução se tornou indispensável em razão dos longos anos que o estabelecimento ficou sem qualquer reforma ou manutenção de sua estrutura física, tornando-se um verdadeiro escombro, com rachaduras nas paredes, infiltrações, telhas quebradas, banheiros em péssimas condições de funcionamento, bebedouros enferrujados, entre outros problemas.

Segundo o diretor, professor Ney Elias Coinete, estava até chovendo dentro da escola. “As salas ficavam alagadas, oferecendo um risco muito grande à segurança e saúde da comunidade estudantil.

O Ministério Público condenou o prédio e os alunos tiveram que ser transferidos para outro local”, explicou. “Agora só nos resta comemorar a conquista desses recursos e agradecer ao trabalho do deputado Geraldo Resende”.

#####HISTÓRIA

- A Escola Estadual Presidente Vargas completou 55 anos em 2010. Foi criada pela Lei n.º 427, de 2 de outubro de 1951, pelo então governador Fernando Corrêa da Costa, recebendo a denominação de Ginásio Presidente Vargas, com o primeiro ano letivo em 1955. A área foi doada pelo professor Celso Müller do Amaral, que foi o seu primeiro diretor.

Posteriormente, pelo Decreto N.º 2036, de 8 de julho de 1974, o então governador José Fragelli estabeleceu a criação da Escola Estadual de 1.º e 2.º Graus Presidente Vargas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pontes destruídas no Pantanal serão substituídas por pontes de concreto
MS

Pontes destruídas no Pantanal serão substituídas por pontes de concreto

24/11/2020 07:04
Pontes destruídas no Pantanal serão substituídas por pontes de concreto
Incêndio destrói 400 caixas d'águas na Capital
Capital

Incêndio destrói 400 caixas d'águas na Capital

23/11/2020 16:53
Incêndio destrói 400 caixas d'águas na Capital
Onevan, o candidato que venceu após a morte
Política

Onevan, o candidato que venceu após a morte

23/11/2020 13:26
Onevan, o candidato que venceu após a morte
Sábado tem mutirão da dengue na Chácara Cidélis e Dioclécio Artuzi
Dengue

Sábado tem mutirão da dengue na Chácara Cidélis e Dioclécio Artuzi

20/11/2020 17:06
Sábado tem mutirão da dengue na Chácara Cidélis e Dioclécio Artuzi
Délia revoga decreto e parques voltam a ser fechados em Dourados
Dourados

Délia revoga decreto e parques voltam a ser fechados em Dourados

20/11/2020 14:35
Délia revoga decreto e parques voltam a ser fechados em Dourados
Últimas Notícias