Dourados – MS domingo, 12 de julho de 2020
Dourados
32º max
17º min
Cidades

Marisvaldo destaca força da Expoagro

15 Mai 2011 - 22h47
Marisvaldo Zeuli discursa durante abertura oficial de 47ª Exposição de Dourados - Crédito: Foto: Hédio Fazan/PROGRESSOMarisvaldo Zeuli discursa durante abertura oficial de 47ª Exposição de Dourados - Crédito: Foto: Hédio Fazan/PROGRESSO
DOURADOS – O presidente do Sindicato Rural de Dourados, Marisvaldo Zeuli, aproveitou o discurso de abertura da 47ª Exposição Agropecuária e Industrial de Dourados (Expoagro) para defender, mais uma vez, a força do agronegócio.

“Acabamos de colher uma grande safra de grãos, contribuindo para o recorde de quase 160 milhões de toneladas e tudo indica que também teremos uma safrinha promissora”, enfatizou. “Os preços da pecuária, da avicultura, da suinocultura e dos demais setores da cadeia produtiva estão em franca recuperação e, neste ritmo, poderemos amenizar os prejuízos acumulados ao longo dos últimos anos”, prosseguiu Marisvaldo.

Ele ressaltou que o agronegócio da Grande Dourados está em festa não apenas em consideração aos números positivos. “A festa é fruto do reconhecimento da importância da nossa região para a agricultura e pecuária brasileira, reconhecimento esse que chega da melhor forma possível, ou seja, com a presença do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Wagner Gonçalves Rossi, nesta solenidade de abertura da 47ª Expoagro”, argumentou Marisvaldo.

Ele salientou que além do ministro, a presença de tantas autoridades, de lideranças regionais, estaduais e federais, de lideranças empresarias e, principalmente, dos produtores rurais, também colocam a Expoagro entre as exposições agropecuárias mais importantes do Centro-Oeste Brasileiro e uma das mais importantes do Brasil. “Ao mesmo tempo, esse reconhecimento aumenta a nossa responsabilidade de fazer sempre mais pelo setor produtivo rural, defendendo mecanismos capazes de colocar o agronegócio no patamar que ele merece ocupar”, avalia.

O presidente do Sindicato Rural também falou sobre o Código Florestal. “Aproveito esse momento solene para pedir ao nosso ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento que ele una forças com nossa bancada federal a fim de impedir que o Código Florestal que está sendo votado no Congresso Nacional acarrete mais prejuízos ao setor produtivo rural”, salientou. “Não podemos, senhor ministros, deputados e senadores, permitir que o agronegócio sofra mais este golpe e contamos com todos vocês para uma solução que melhor atenda aos interesses de quem planta e cria, sem, contudo, abrir mãos da responsabilidade ambiental”, comentou.

Marisvaldo Zeuli finalizou enfatizando que em novo tempo está se apresentando diante dos produtores e que o setor não pode perder a oportunidade de trabalhar ainda mais para que o agronegócio receba das autoridades o mesmo respeito que tem demonstrado pelas nossas instituições. “Basta de terrorismo com o produtor! Basta de demarcação de terra titulada! Basta de aberrações jurídicas e decisões arbitrárias! Que nossa Constituição Federal seja respeitada e que o direito de propriedade assegurada pela Carta Constitucional possa ser respeitado por todos, dando tranquilidade para que o campo continue produzindo o alimento que abastece as cidades”, concluiu Zeuli.

MURILO

O prefeito Murilo Zauith saudou o ministro pela importância de sua visita para participar da Expoagro e destacou que Wagner Rossi deve ter encontrado em Dourados um cenário bastante parecido com o de Ribeirão Preto (SP), outro forte centro de agronegócio do país e onde o ministro tem propriedades e fez carreira política.

Aos produtores rurais, Murilo destacou a importância da feira agropecuária e disse a classe sabe que agora Dourados tem um prefeito comprometido com o desenvolvimento “que trabalha tendo a preocupação de oferecer oportunidade para todos crescerem”.

O prefeito também saudou o governador André Puccinelli, o senador Waldemir Moka e os deputados federais Geraldo Resende e Marçal Filho. Segundo ele, Mato Grosso do Sul tem uma bancada comprometida com o agronegócio e chamou a atenção para a grande insegurança jurídica enfrentada atualmente por centenas de produtores rurais devido aos conflitos agrários indígenas.

Murilo também citou em seu discurso o presidente da Câmara Idenor Machado e os demais vereadores presentes e disse que agora existe uma relação republicana entre o Executivo e Legislativo, “com respeito às leis e à Constituição”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA

Justiça aumenta pena-base de condenado por estelionato

11/07/2020 10:09
Sábado terá predomínio de sol e temperaturas em elevação
TEMPO

Sábado terá predomínio de sol e temperaturas em elevação

11/07/2020 07:09
Sábado terá predomínio de sol e temperaturas em elevação
SES divulga novo mapa hospitalar de combate ao coronavírus
Covid-19

SES divulga novo mapa hospitalar de combate ao coronavírus

10/07/2020 16:51
SES divulga novo mapa hospitalar de combate ao coronavírus
Dourados terá a primeira academia ao ar livre adaptada
Academia Adaptada

Dourados terá a primeira academia ao ar livre adaptada

10/07/2020 15:28
Dourados terá a primeira academia ao ar livre adaptada
Novo secretário de Agricultura Familiar participa de primeira com Délia Razuk
Dourados

Novo secretário de Agricultura Familiar participa de primeira com Délia Razuk

10/07/2020 14:59
Novo secretário de Agricultura Familiar participa de primeira com Délia Razuk
Últimas Notícias