Dourados – MS segunda, 17 de junho de 2024
20º
Covid-19

Isolamento: em 24 horas, apenas uma cidade de MS aparece vermelha no monitoramento do Governo

03 Abr 2020 - 17h34Por Governo do MS
Isolamento: em 24 horas, apenas uma cidade de MS aparece vermelha no monitoramento do Governo - Crédito: Edemir Rodrigues Crédito: Edemir Rodrigues

O sistema inteligente adotado pelo Governo do Estado para monitorar a taxa de isolamento social em Mato Grosso do Sul apresentou uma grande diferença no mapeamento em apenas 24 horas do anuncio feito nesta quinta-feira (2.4).

                       Mapa referente à quarta                                               Cidades de MS nesta quinta

No mapa as cores, vermelho, laranja, amarelo e verde variam conforme o índice de isolamento numa escala que vai de 0,0% a 100%. O primeiro mapa, referente ao dia 1° de abril, mostra que apenas três cidades apareciam na coloração verde, e as demais em laranja ou vermelho.  Já o segundo referente ao dia 2 de abril, mostra um aumento das colorações amarela e verde, ou seja, grande parte da população atendeu as recomendações, e manteve o distanciamento social, ficando em casa. Nesta quinta-feira (2.4) apenas Antônio João ficou com média de 43,4% e coloração vermelha no monitoramento. 

A nível Brasil, Mato Grosso do Sul aparece entre os estados com mais da metade da população cumprindo o isolamento social. O comparativo entre os mapas que sinalizam a taxa média de isolamento social dos dias 1 e 2 de abril, aponta um salto de 47,2% para 54,3%.

Lembrando que os dados fornecidos ao Estado são atualizados diariamente, ou seja, a ferramenta fornece dados referentes ao dia anterior de publicação. 

O sistema

A ferramenta será utilizada de forma interna pelo Governo do Estado para direcionar ações de enfrentamento ao Coronavírus nos municípios com menos adesão ao isolamento.

O módulo de software disponibilizado pela In Loco, permite que o governo mapeie a movimentação de pessoas dentro de regiões específicas, e identifique as localidades que estão cumprindo ou não os protocolos de distanciamento social. Os dados coletados consideram um perímetro de 450 metros da residência do usuário.

A tecnologia foi desenvolvida para respeitar a privacidade das pessoas. Isso significa que a empresa não consegue identificar diretamente os usuários dos smartphones mapeados. “A única informação coletada é a localidade do aparelho, por meio de sensores presentes nos smartphones, como Wi-Fi, Bluetooth, GPS, entre outros. Portanto, não temos acesso aos dados de identificação civil como nome, RG, CPF e endereço de e-mail, por exemplo”, explica o CEO da In Loco, André Ferraz.

O projeto direcionado ao combate do coronavírus, respeita não apenas a privacidade dos indivíduos mas todos os aspectos legais previstos na Constituição Federal, Marco Civil da Internet, o Código de Defesa do Consumidor, o Código Civil e se enquadra na Lei Geral de Proteção de Dados que entrará em vigor em agosto de 2020.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Caarapó recebe Mapa de Oportunidades e celebra resultados do programa Cidade Empreendedora
Cidades

Caarapó recebe Mapa de Oportunidades e celebra resultados do programa Cidade Empreendedora

14/06/2024 16:00
Caarapó recebe Mapa de Oportunidades e celebra resultados do programa Cidade Empreendedora
Na feira Ponta Agrotec, grupo de entidades assina Pacto pela Inovação de Ponta Porã
Cidades

Na feira Ponta Agrotec, grupo de entidades assina Pacto pela Inovação de Ponta Porã

14/06/2024 08:15
Na feira Ponta Agrotec, grupo de entidades assina Pacto pela Inovação de Ponta Porã
Justiça mantém absolvição de 'Rei da Fronteira' e delegado
Cidades

Justiça mantém absolvição de 'Rei da Fronteira' e delegado

12/06/2024 08:30
Justiça mantém absolvição de 'Rei da Fronteira' e delegado
Innovation Day incentiva a cultura de inovação em Maracaju
Cidades

Innovation Day incentiva a cultura de inovação em Maracaju

11/06/2024 16:30
Innovation Day incentiva a cultura de inovação em Maracaju
Vacinação contra paralisia infantil prossegue até 14 de junho em Caarapó
Cidades

Vacinação contra paralisia infantil prossegue até 14 de junho em Caarapó

11/06/2024 14:00
Vacinação contra paralisia infantil prossegue até 14 de junho em Caarapó
Últimas Notícias