Dourados – MS sábado, 08 de maio de 2021
Dourados
27º max
12º min
Cidades

"Funai não faz e não deixa ninguém fazer", afirma André

09 Mai 2011 - 22h29
Governador diz que não tem autorização da Funai para resolver o problema da falta de policiamento - Crédito: Foto: divulgaçãoGovernador diz que não tem autorização da Funai para resolver o problema da falta de policiamento - Crédito: Foto: divulgação
DOURADOS – O governador André Puccinelli fez duras críticas à Fundação Nacional do Índio (Funai), durante a inauguração da 1ª Vila Olímpica Indígena do Brasil, localizada na Aldeia Jaguapíru, em Dourados. O evento ocorreu ontem pela manhã. O governador foi questionado pelo O PROGRESSO sobre quais seriam as garantias de que a estrutura instalada na Reserva não se tornaria um problema futuro devido a falta de segurança, problema que assola os indígenas há anos.

A resposta foi incisiva. “A Funai é imperialista. Não nos deixa entrar na Reserva. Já encaminhamos dois ou três requerimentos nos propondo a por policiamento na reserva indígena, mas nunca tivemos autorização”, enfatizou André Puccinelli. Em outro momento, durante discurso, o governador disse que a Funai “tem recursos para a melhoria da segurança nas aldeias, não permite que se faça e não faz. A Funai não nos respeita”, acrescenta.
André também enfatizou que a Funai deveria defender os índios e não tutelá-los. “Deveriam ter vergonha na cara”, destacou.

Falou sobre problemas de infra-estrutura como cascalhamentos e reserva de mercado entre os jovens indígenas. “O governo do Estado é impedido de tentar resolver estes problemas por não poder entrar na Reserva”, disse.
O governador também falou sobre feitos do Estado para a comunidade indígena como a entrega recente de casas, cestas alimentares e ampliação do vale Universidade de 100 para 120 vagas.

O deputado Geraldo Resende, autor de emendas que garantiram recursos para a construção da Vila Olímpica, também foi questionado sobre a segurança no local a partir da entrega da obra. Respondeu que, como parlamentar, havia cumprido a missão de garantir a obra que, segundo ele, tem grande importância para a comunidade pela sua simbologia. Disse que o momento era de alegria e que a questão segurança deve ser discutida pelos órgão competentes.

Em discurso Geraldo disse que tem um “coração indígena”. Lembrou que o projeto foi desenvolvido graças a parceria com o deputado federal Fernando Gabeira e prefeitura de Dourados, em 2005, na gestão do então prefeito Laerte Tetila, hoje deputado Estadual. Na época, segundo ele, o projeto trouxe esperança para os indígenas que estavam convivendo com a desnutrição. Disse que fica feliz quando vê que crianças que antes estavam doentes hoje já cresceram e estão bem com suas famílias.
O prefeito Murilo Zauith, em discurso, incentivou os indígenas a mudar a própria história. Disse que eles deveriam gerir a aldeia e que tinham de evitar cada vez mais a interferência do branco.

FUNAI

A coordenadora da Funai em Dourados, Maria Aparecida Mendes de Oliveira, rebateu as declarações do governador André Puccinelli em relação a segurança pública.

Negou que a Funai não autoriza a entrada do governo do Estado na aldeia e disse que as declarações eram mentirosas e não passavam de justificativas para retirar a responsabilidade do estado na Reserva. “É muito fácil vir aqui e destruir a Funai, fazer daqui um palanque político, mas a comunidade sabe que quem executa e quem está diariamente trabalhando com a comunidade é a Funai”, disse.
Informou ainda que existe um convênio entre Funai e Estado que garantirá, via Pronasci, a retomada do policiamento na reserva. Uma reunião de conciliação está prevista para o dia 16 de maio, com a presença de autoridades do Ministério Público Federal.


Deixe seu Comentário

Leia Também

PMA e Corpo de Bombeiros resgatam anta de 200kg em piscina de clube
Meio ambiente

PMA e Corpo de Bombeiros resgatam anta de 200kg em piscina de clube

07/05/2021 16:00
PMA e Corpo de Bombeiros resgatam anta de 200kg em piscina de clube
Agetran faz cerca de 400 abordagens na primeira blitz do Maio Amarelo
Trânsito

Agetran faz cerca de 400 abordagens na primeira blitz do Maio Amarelo

07/05/2021 15:00
Agetran faz cerca de 400 abordagens na primeira blitz do Maio Amarelo
Educação

Inscrições para o Vale Universidade Indígena vão até 21 de maio

07/05/2021 14:00
Delegado da Polícia Civil morre na Capital após acidente na BR-060
Cidades

Delegado da Polícia Civil morre na Capital após acidente na BR-060

07/05/2021 09:00
Delegado da Polícia Civil morre na Capital após acidente na BR-060
Vento frio e ar seco continuam predominando nesta sexta-feira em MS
Clima

Vento frio e ar seco continuam predominando nesta sexta-feira em MS

07/05/2021 07:30
Vento frio e ar seco continuam predominando nesta sexta-feira em MS
Últimas Notícias