Dourados – MS quarta, 23 de setembro de 2020
Dourados
30º max
15º min
Cidades

Fronteira está em alerta contra o Zika vírus

02 Dez 2015 - 07h00
Ponta Porã criou força Tarefa  para intensificar combate ao mosquito transmissor do zika vírus. - Crédito: Foto: Lucho RochaPonta Porã criou força Tarefa para intensificar combate ao mosquito transmissor do zika vírus. - Crédito: Foto: Lucho Rocha
A fronteira seca entre Ponta Porã, Mato Grosso do Sul e Pedro Juan Caballero, Departamento de Amambay, está em estado de alerta contra o zika vírus, após autoridades paraguaias confirmarem 06 casos da doença no país vizinho.

Os casos da zika vírus em Pedro Juan Caballero, foi confirmado nesta segunda-feira, pelo diretor de Endemia do Departamento de Amambay,Ruben Medina, em entrevista a reportagem local.
“Não tínhamos nenhum caso da doença em Pedro Juan Caballero.No entanto nos últimos dias, aumentaram o numero de casos de dengue e também surgiu seis casos de zika vírus, possivelmente trazida por pessoas que visitam a fronteira diariamente” disse Medina.

Entre os casos confirmados, está relacionado a um funcionário do Hospital Regional de Pedro Juan Caballero, que se encontra em observação.

Em Ponta Porã a Secretaria Municipal de Saúde iniciou uma ampla campanha de conscientização e combate aos criadouros do mosquito “aedes aegypti”, transmissor de doenças como a dengue, o zika vírus e a febre chikungunya, por meio de uma verdadeira força tarefa.

Conforme informou o secretário municipal de Saúde, Imad Hazime, a força tarefa esta atuando de forma intensificada na região central e em todos os bairros de Ponta Porã, coma distribuição de panfletos ilustrativos e a realização de palestras educativas, prevenção e conscientização em empresas com grande concentração de funcionários.

O coordenador do setor de controle de endemias e vetores, Edilson melgarejo, lembrou que a campanha de conscientização objetiva orientar a população que os procedimentos para evitar o contágio do zika vírus e da chikungunya, são os mesmos da dengue. “Precisamos combater o Aedes Aegypiti, mosquito transmissor.Os agentes de controle de endemias e vetores estão atuando diariamente em todos os cantos da cidade.Estamos preparando ações em conjunta com o Paraguai, através do Comitê Bi-nacional, para que possamos atuar nos dois lados da fronteira de forma intensificada e planejada” salientou.

O vírus Zika é transmitido especialmente por mosquitos infectados, principalmente o mosquito aedes aegypti, que transmite a dengue. A maioria das pessoas não tem sintomas, mas quando surgem são principalmente erupções na pele, olhos vermelhos e dores no corpo. Eles desaparecem em até uma semana, em geral.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Números de multas e de focos de queimadas no MS já superam 2019
Queimadas

Números de multas e de focos de queimadas no MS já superam 2019

22/09/2020 16:28
Números de multas e de focos de queimadas no MS já superam 2019
Edícula aos fundos de igreja era utilizada para armazenar drogas em Dourados
Tráfico

Edícula aos fundos de igreja era utilizada para armazenar drogas em Dourados

22/09/2020 16:26
Edícula aos fundos de igreja era utilizada para armazenar drogas em Dourados
Governo do Estado convoca escrivães aprovados no concurso da Polícia Civil para ocupar vagas remanescentes
Convocação

Governo do Estado convoca escrivães aprovados no concurso da Polícia Civil para ocupar vagas remanescentes

22/09/2020 16:02
Governo do Estado convoca escrivães aprovados no concurso da Polícia Civil para ocupar vagas remanescentes
Carro capota após colisão e atinge outro veículo que estava estacionado
Dourados

Carro capota após colisão e atinge outro veículo que estava estacionado

22/09/2020 15:30
Carro capota após colisão e atinge outro veículo que estava estacionado
Em 24 horas, MS registra mais 926 novos casos e 12 mortes por coronavírus
Covid-19

Em 24 horas, MS registra mais 926 novos casos e 12 mortes por coronavírus

22/09/2020 14:33
Em 24 horas, MS registra mais 926 novos casos e 12 mortes por coronavírus
Últimas Notícias