Dourados – MS quinta, 17 de junho de 2021
Dourados
21º max
15º min
Cidades

Fronteira está em alerta contra o Zika vírus

02 Dez 2015 - 07h00
Ponta Porã criou força Tarefa  para intensificar combate ao mosquito transmissor do zika vírus. - Crédito: Foto: Lucho RochaPonta Porã criou força Tarefa para intensificar combate ao mosquito transmissor do zika vírus. - Crédito: Foto: Lucho Rocha
A fronteira seca entre Ponta Porã, Mato Grosso do Sul e Pedro Juan Caballero, Departamento de Amambay, está em estado de alerta contra o zika vírus, após autoridades paraguaias confirmarem 06 casos da doença no país vizinho.

Os casos da zika vírus em Pedro Juan Caballero, foi confirmado nesta segunda-feira, pelo diretor de Endemia do Departamento de Amambay,Ruben Medina, em entrevista a reportagem local.
“Não tínhamos nenhum caso da doença em Pedro Juan Caballero.No entanto nos últimos dias, aumentaram o numero de casos de dengue e também surgiu seis casos de zika vírus, possivelmente trazida por pessoas que visitam a fronteira diariamente” disse Medina.

Entre os casos confirmados, está relacionado a um funcionário do Hospital Regional de Pedro Juan Caballero, que se encontra em observação.

Em Ponta Porã a Secretaria Municipal de Saúde iniciou uma ampla campanha de conscientização e combate aos criadouros do mosquito “aedes aegypti”, transmissor de doenças como a dengue, o zika vírus e a febre chikungunya, por meio de uma verdadeira força tarefa.

Conforme informou o secretário municipal de Saúde, Imad Hazime, a força tarefa esta atuando de forma intensificada na região central e em todos os bairros de Ponta Porã, coma distribuição de panfletos ilustrativos e a realização de palestras educativas, prevenção e conscientização em empresas com grande concentração de funcionários.

O coordenador do setor de controle de endemias e vetores, Edilson melgarejo, lembrou que a campanha de conscientização objetiva orientar a população que os procedimentos para evitar o contágio do zika vírus e da chikungunya, são os mesmos da dengue. “Precisamos combater o Aedes Aegypiti, mosquito transmissor.Os agentes de controle de endemias e vetores estão atuando diariamente em todos os cantos da cidade.Estamos preparando ações em conjunta com o Paraguai, através do Comitê Bi-nacional, para que possamos atuar nos dois lados da fronteira de forma intensificada e planejada” salientou.

O vírus Zika é transmitido especialmente por mosquitos infectados, principalmente o mosquito aedes aegypti, que transmite a dengue. A maioria das pessoas não tem sintomas, mas quando surgem são principalmente erupções na pele, olhos vermelhos e dores no corpo. Eles desaparecem em até uma semana, em geral.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
Cidades

Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai

há 57 minutos atrás
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
Permanente, Mais Social tem foco em famílias em vulnerabilidade social
Cidades

Permanente, Mais Social tem foco em famílias em vulnerabilidade social

17/06/2021 15:00
Permanente, Mais Social tem foco em famílias em vulnerabilidade social
Clima

Inverno no Hemisfério Sul começa no dia 21 de junho

17/06/2021 12:00
Operação de combate a Abigeato prende três pessoas em Aparecida do Taboado
Cidades

Operação de combate a Abigeato prende três pessoas em Aparecida do Taboado

17/06/2021 11:30
Operação de combate a Abigeato prende três pessoas em Aparecida do Taboado
Obras de revitalização do aeroporto municipal já começaram em Dourados
Infraestrutura

Obras de revitalização do aeroporto municipal já começaram em Dourados

17/06/2021 08:00
Obras de revitalização do aeroporto municipal já começaram em Dourados
Últimas Notícias