Dourados – MS quarta, 20 de fevereiro de 2019
Pauta
Na Capital

Fertel apresenta metas para 2019 com foco na tecnologia e otimização de recursos

25 Jan 2019 - 11h51Por Redação Portal da Educativa
Luiz Otávio falou aos presentes sobre deliberações do governo estadual para a Fertel - Crédito: Maurício BorgesLuiz Otávio falou aos presentes sobre deliberações do governo estadual para a Fertel - Crédito: Maurício Borges

Em reunião na manhã de quarta-feira (23) no auditório da Fertel (Fundação Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de Mato Grosso do Sul), foi apresentado aos servidores o plano de trabalho para 2019 da TVE Cultura, Educativa 104.7 FM e do Portal da Educativa. Os três veículos públicos de comunicação terão como meta a otimização dos trabalhos, tendo como suporte recursos tecnológicos que já foram e ainda serão disponibilizados –e que, nos últimos quatro anos, viabilizaram por exemplo a digitalização do sinal.

A metodologia de trabalho seguirá as premissas apresentadas pelo governador Reinaldo Azambuja e pelo secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, visando a racionalização dos recursos públicos em busca de melhores resultados para a população. Chefe de Gabinete da Segov e representando o secretário interino Flávio César, Luiz Otávio participou da reunião e ressaltou a importância da ação.

Segundo ele, as mudanças implementadas pelo governo estadual alteraram “só algumas pessoas”, mas dentro da orientação de otimizar os recursos, físicos e de recursos humanos, e permitir cada vez mais entregas à população. Tal filosofia permitiu que Mato Grosso do Sul atravessasse a crise nos últimos anos estando entre os únicos cinco Estados do país com contas em dia e sem atrasos nos salários do funcionalismo.

Otávio destacou que a Segov –que com a minirreforma administrativa passou a gerenciar diretamente a Fertel, até então parte da Secretaria de Cultura e Cidadania– está de portas abertas para ouvir as demandas da fundação, ao mesmo tempo em que acompanhará o trabalho e seus resultados atingidos.

“Canal das pessoas”

Diretor-presidente da Fertel, Bosco Martins destacou que o principal objetivo da fundação a partir de 2019 é utilizar as ferramentas tecnológicas à disposição para se conectar aos sul-mato-grossenses. “Queremos fazer o canal das pessoas na TV, rádio e na internet. Toda esta estrutura pertence à sociedade e é para ela que temos a obrigação de dar este retorno”, destacou.

A direção da Fertel frisou que os recursos tecnológicos incorporados à instituição –como a digitalização do sinal da TVE Cultura, promovida sem custos à fundação e que até o fim do ano chegará a, pelo menos, outros 18 municípios, bem como a possibilidade de que a emissora seja sintonizada pelo canal 4.1 em todo o Estado– estejam sempre à disposição da coletividade.

Nesse sentido, o uso do ambiente virtual e da interatividade ganharão importância, com a adoção de sistemas de streaming (transmissão virtual ao vivo) e on demand (acesso à programação a qualquer horário). “Essas Janelas da Inovação, como chamamos o projeto, farão as tecnologias trabalharem por nós, melhorando o serviço prestado, que chegará a mais pessoas, e o desempenho dos servidores, sendo também orientações do governador e do secretário Riedel a serem seguidas à risca”, disse Bosco, apontando a necessidade de uma “atualização rápida” dos servidores.

Representante dos servidores da Fertel no Conselho de Programação, Carlos Dihl também apontou a importância dos funcionários no processo. “Cabe a nós fazer acontecer, analisar os nossos papéis e compreender como podemos fazer para aproveitar ao máximo essas possibilidades, mostrando ao final um ótimo produto final”.

Além do conteúdo virtual, Bosco Martins estabeleceu entre as prioridades da Fertel a digitalização de todo o seu acervo –construído ao logo de mais de três décadas e considerado o mais rico de Mato Grosso do Sul– e o aumento da produção própria de conteúdo em todos os canais de comunicação, incluindo um maior número de transmissões ao vivo de diferentes eventos “para que a sociedade possa efetivamente se enxergar na TVE Cultura, na Educativa 104.7 FM e no Portal da Educativa”.

Em 2018, por exemplo, os festivais América do Sul, de Inverno de Bonito e do Chamamé ganharam espaço na programação, sendo muito bem recebidos pelo público estadual, assim como o redimensionamento dos espaços de programas próprios, que foram repaginados e ganharam destaque em horários de maior audiência.

Defesa Civil

Dentro de rearranjos realizados na minirreforma administrativa implementada pelo governo estadual, a Cedec-MS (Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Mato Grosso do Sul) passará a funcionar no Palácio das Comunicações, sendo uma opção avaliada entre a Fertel, o próprio órgão e a Segov.

Coordenador do órgão, o coronel Fábio Catarinelli usou da palavra e destacou o papel da Defesa Civil na “gestão de crises e desastres antes, durante e depois de ocorrerem. É uma satisfação estar neste local para trabalharmos juntos na divulgação de ações importantes”.

Bosco Martins reforçou a importância deste trabalho combinado no sentido de “realizarmos um jornalismo coletivo, que vá ao encontro dos interesses e necessidades da sociedade” e que gera economia para o Estado. “Felizmente, em meio a reuniões, pudemos opinar e indicar a importância e proximidade de interesses da Defesa Civil com os nossos veículos de comunicação”.


Coronel Catarinelli apresentou expectativas da Defesa Civil em sua nova casa: sintonia de interesses. (Foto: Maurício Borges) 

Carlos Dihl, com Luiz Otávio e Bosco ao fundo: responsabilidade dos servidores. (Foto: Humberto Marques)

Bosco Martins colocou uso da tecnologia entre prioridades. (foto: Maurício Borges)

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tempo fica nublado e pode ter chuva nesta sexta-feira
Clima

Tempo fica nublado e pode ter chuva nesta sexta-feira

15/02/2019 08:56
Tempo fica nublado e pode ter chuva nesta sexta-feira
MP ingressa Ação Civil Pública devido à falta de assistência auditiva em Dourados
Saúde

MP ingressa Ação Civil Pública devido à falta de assistência auditiva em Dourados

13/02/2019 14:32
MP ingressa Ação Civil Pública devido à falta de assistência auditiva em Dourados
Projeto quer a diminuição de 340 para 41 bairros em Dourados
Aprovado na Câmara

Projeto quer a diminuição de 340 para 41 bairros em Dourados

12/02/2019 10:10
Projeto quer a diminuição de 340 para 41 bairros em Dourados
Dourados prorroga prazo para pagamento do IPTU
Após problemas

Dourados prorroga prazo para pagamento do IPTU

11/02/2019 14:23
Dourados prorroga prazo para pagamento do IPTU
Restauração da Marcelino Pires atinge 68%, segundo governo
Dourados

Restauração da Marcelino Pires atinge 68%, segundo governo

11/02/2019 07:54
Restauração da Marcelino Pires atinge 68%, segundo governo
Últimas Notícias