Dourados – MS quarta, 14 de abril de 2021
Dourados
34º max
22º min
Influx - Campanha 2021
Cidades

Embrapa conta com mais dois lisímetros

28 Fev 2011 - 22h07
Professor Campeche e o pesquisador Fietz fazem calibração de novo lisímetro - Crédito: Foto : Sílvia ZocheProfessor Campeche e o pesquisador Fietz fazem calibração de novo lisímetro - Crédito: Foto : Sílvia Zoche
DOURADOS - Mais dois lisímetros de pesagem, utilizados para determinar a demanda hídrica das culturas, foram instalados na Embrapa Agropecuária Oeste, em Dourados na última sexta-feira, dia 25. A Unidade, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), é a única em Mato Grosso do Sul a possuir esses equipamentos. No total, são três lisímetros. O primeiro começou sua atuação em 2009.

Segundo o pesquisador responsável Carlos Ricardo Fietz, o lisímetro fornece parâmetros relacionados com as demandas hídricas das culturas. Os dados são analisados cientificamente, gerando coeficientes de cultivo – quanto maior o coeficiente, mais água é consumida pela cultura.

O coeficiente de cultivo (KC), de acordo com Fietz, é usado no manejo da irrigação, determinando as necessidades de água da planta. Dessa forma, é delimitada a época mais favorável para a semeadura das culturas, definindo o nível de risco climático, principal referência do zoneamento agrícola.


Os dados fornecidos pelo primeiro lisímetro, em 2009, foram essenciais para fazer o zoneamento da cultura de milho com braquiária nos estados de Mato Grosso do Sul e Paraná.

O objetivo da aquisição dos novos equipamentos está relacionado ao estudo do consórcio milho-braquiária da Unidade da Embrapa em Dourados. Um dos lisímetros vai monitorar o consórcio, e os outros dois vão trabalhar com as culturas solteiras. “Isso vai melhorar bastante a qualidade das informações obtidas”, afirma Fietz.

A montagem, instalação e calibração do equipamento é uma parceria entre Embrapa Agropecuária Oeste e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano, em Petrolina (IfSertão-PE). “É uma parceria de quase dez anos”, diz professor Luís Fernando Campeche, do IfSertão-PE. “Temos aprendido muito. E os lisímetros têm ficado cada vez melhores”, completa Fietz.

Para o professor Campeche, esse é o tipo de tecnologia que deve ficar restrito a instituições de pesquisa e ensino, “porque é preciso ter pessoal qualificado para instalar e saber traduzir os dados. É bem trabalhoso”, diz.

#####Funcionamento

O lisímetro de pesagem é como uma balança. A caixa metálica é preenchida com o solo, onde a cultura será plantada. A caixa é apoiada em um sistema que amortece e repassa o peso para uma célula de carga. Essa célula fornece as informações para um pequeno computador alimentado por uma bateria carregada por energia solar.

“No final de um dia sem chuva e irrigação, o peso do lisímetro será menor devido à evaporação do solo e a transpiração da cultura. É o que nós chamamos de evapotranspiração, consumo hídrico da cultura”, explica Fietz.

Um dos fatores importantes é não limitar o desenvolvimento do sistema radicular na área de solo do lisímetro. “O equipamento deve ser suficientemente grande para comportar o sistema radicular. Um lisímetro para o plantio do pinhão-manso será bem maior do que um lisímetro para o cultivo de milho”, exemplifica Campeche.

A Embrapa Agropecuária Oeste pretende utilizar os novos equipamentos o mais breve possível. “Nossa intenção é fazer um estudo do consórcio milho-braquiária nessa safra”, diz o pesquisador Fietz.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Suspeita de irregularidade barra contrato entre prefeitura e empresa Tonani
Dourados

Suspeita de irregularidade barra contrato entre prefeitura e empresa Tonani

13/04/2021 19:08
Suspeita de irregularidade barra contrato entre prefeitura e empresa Tonani
Prefeitura vai contratar empresa para construção de unidades habitacionais
Dourados

Prefeitura vai contratar empresa para construção de unidades habitacionais

13/04/2021 15:55
Prefeitura vai contratar empresa para construção de unidades habitacionais
Vacinação contra a Influenza acontece sem filas nas unidades de saúde de Dourados
Dourados

Vacinação contra a Influenza acontece sem filas nas unidades de saúde de Dourados

13/04/2021 14:50
Vacinação contra a Influenza acontece sem filas nas unidades de saúde de Dourados
Agehab convida Organizações da Sociedade Civil para celebrar Acordo de Cooperação
MS

Agehab convida Organizações da Sociedade Civil para celebrar Acordo de Cooperação

13/04/2021 13:31
Agehab convida Organizações da Sociedade Civil para celebrar Acordo de Cooperação
Lideranças repudiam nomeação de ‘não-índio’ em Coordenadoria de Assuntos Indígenas
DOURADOS

Lideranças repudiam nomeação de ‘não-índio’ em Coordenadoria de Assuntos Indígenas

13/04/2021 13:18
Lideranças repudiam nomeação de ‘não-índio’ em Coordenadoria de Assuntos Indígenas
Últimas Notícias