Dourados – MS sábado, 23 de janeiro de 2021
Dourados
30º max
21º min
Influx
Cidades

Dourados registra 271 ataques de animais

12 Jul 2011 - 22h02
Animais que sofrem mal tratos ou passam fome são os mais aptos a agredir
Foto: Hédio Fazan
 - Animais que sofrem mal tratos ou passam fome são os mais aptos a agredir Foto: Hédio Fazan -
DOURADOS – A estatística não muda em Dourados. Anualmente, em média, pelo menos 450 pessoas são agredidas por animais, principalmente os domésticos, como os cães e gatos. A informação é do Núcleo de Vigilância Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde, que divulgou ontem o Sistema de Informações de Agravos de Notificações (Sinan) referente o mapeamento das doenças com agravo durante o primeiro semestre.


Entre as 22 doenças com agravo confirmados de pacientes do município, o número de “atendimentos antirrábicos”, que se referem a agressões de animais a pessoas lidera o ranking, chegando a 271 casos nos primeiros seis meses deste ano.



O diretor de Vigilância e Saúde, Eduardo Arteiro Marcondes, explica que o manejo errado no trato com os animais é considerada a maior causa das agressões ao ser humano. Uma pessoa agredida por um animal, além de ter o ferimento infeccionado, pode correr o risco de contrair a raiva. Em Dourados, segundo ele, não houve nenhum caso, desde 2009, quando foram registrados duas ocorrências de contaminação por morcegos.

#####MAPA
Conforme o mapeamento das doenças com agravo, registrado pela prefeitura através da Secretaria Municipal de Saúde, foram notificadas, no período de janeiro a junho deste ano, 922 doenças contraídas por residentes em Dourados. Marcondes, explica que o mapa vai servir para direcionar as ações de prevenção.

Determinado pelo prefeito Murilo Zauith, o trabalho é pioneiro no município e vai permitir ações preventivas de doenças que a maioria da população vê como banais, mas que acabam se agravando e levando o morador a procurar ajuda médica.

Casos de violência doméstica, sífilis em gestantes, LER/DORT, varicela, entre outras, são doenças registradas no município; no entanto, nunca houve ações estratégicas de prevenção. “A partir deste mapeamento, identificamos as doenças que tiveram agravo para que possamos montar estratégias de prevenções”, explica Marcondes.



Deixe seu Comentário

Leia Também

Moradora de Nova Andradina pede ajuda para tratamento de saúde do filho
Solidariedade

Moradora de Nova Andradina pede ajuda para tratamento de saúde do filho

22/01/2021 09:09
Moradora de Nova Andradina pede ajuda para tratamento de saúde do filho
Aumento de nível dos rios e chuvas constantes colocam Defesa Civil em alerta
Chuvas

Aumento de nível dos rios e chuvas constantes colocam Defesa Civil em alerta

21/01/2021 11:00
Aumento de nível dos rios e chuvas constantes colocam Defesa Civil em alerta
Temperaturas sobem um pouco, mas instabilidades se mantém nesta quarta-feira
clima

Temperaturas sobem um pouco, mas instabilidades se mantém nesta quarta-feira

20/01/2021 07:12
Temperaturas sobem um pouco, mas instabilidades se mantém nesta quarta-feira
Clima chuvoso e fresco continua nesta terça-feira
tempo

Clima chuvoso e fresco continua nesta terça-feira

19/01/2021 07:14
Clima chuvoso e fresco continua nesta terça-feira
Rio Miranda em Bonito atinge nível de emergência e deixa Defesa Civil em alerta
chuvas

Rio Miranda em Bonito atinge nível de emergência e deixa Defesa Civil em alerta

18/01/2021 16:45
Rio Miranda em Bonito atinge nível de emergência e deixa Defesa Civil em alerta
Últimas Notícias