Dourados – MS terça, 11 de maio de 2021
Dourados
30º max
17º min
Vacinação 2
Cidades

Dourados é referência bibliográfica em MS

11 Jul 2011 - 08h22
Historiadoras trabalham para concluir a pesquisa em Dourados - Crédito: Foto: Hédio Fazan/PROGRESSOHistoriadoras trabalham para concluir a pesquisa em Dourados - Crédito: Foto: Hédio Fazan/PROGRESSO
DOURADOS - Dourados foi uma das cidades escolhidas pelo Arquivo Público vinculado a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul para ser desenvolvido o projeto “Levantamento de Referência Bibliográfica” sobre a história de Mato Grosso antes da divisão e após se tornar Mato Grosso do Sul. A coordenadora do Arquivo Público, a historiadora Lira Dequech explica que, além de Dourados e Campo Grande, o projeto será desenvolvido em mais quatro cidades: Coxim, Corumbá, Três Lagoas e Aquidauana.

Segundo ela, cada uma dessas cidades têm a sua particularidade em relação a história do Estado. Em Ponta Porã, por exemplo, existe um grande acervo que conta a história da erva mate. Em Dourados, a grande particularidade é que por ser a única cidade do Estado que conta com curso de mestrado e doutorado em história, existe um grande acervo sobre a história regional de Mato Grosso do Sul.

Para fazer esse trabalho, foram escaladas duas historiadoras: a coordenadora do Arquivo Público, Lira Dequech e Áurea Coeli. Em Dourados a pesquisa está sendo realizada no campus dois da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e provavelmente no Centro de Documentação.

O trabalho termina hoje, no município. Ao término desta pesquisa será feito um guia para orientar a comunidade acadêmica e pesquisadores sobre os locais exatos onde localizar informações sobre a história de Mato Grosso do Sul. “Será um instrumento de pesquisa às todas as pessoas que precisarem sobretudo estudantes, acadêmicos e outros pesquisadores”, concluiu.



COLÔNIA


O Arquivo Público Estadual encerrou no mês passado a primeira etapa de catalogação e digitalização do acervo da antiga Colônia Agrícola Nacional de Dourados (Cand). O trabalho, que foi executado também por alunos do curso de Ciências Sociais da UFGD, auxiliará futuras pesquisas acadêmicas sobre a Colônia, que faz parte da história da formação da cultura do Sul do Estado.

O acervo pertenceu à administração da Colônia, um assentamento criado pelo presidente Getúlio Vargas em 1943 na extensão do território do município de Dourados à época. Recebeu imigrantes de todas as partes do Brasil e também de fora, como japoneses, que investiram nas lavouras de café e na produção de leguminosas. Em desenvolvimento, ajudou a formar novas vilas que, com o passar do tempo, tornaram-se municípios sul-mato-grossenses, como Deodápolis, Douradina, Jateí, Fátima do Sul, Glória de Dourados e Vicentina, além de alguns distritos. Todo o trabalho de catalogação do acervo será colocado à disposição para pesquisa e consulta no Arquivo Público Estadual e na Internet.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS volta a liderar o ranking nacional de vacinação contra Covid-19
Saúde

MS volta a liderar o ranking nacional de vacinação contra Covid-19

11/05/2021 14:00
MS volta a liderar o ranking nacional de vacinação contra Covid-19
Educação

Projeto prevê retomada gradativa de aulas presenciais em Dourados

11/05/2021 12:00
Governo do Estado repassa mais de R$ 23 milhões à saúde de Dourados para conter pandemia
Dourados

Governo do Estado repassa mais de R$ 23 milhões à saúde de Dourados para conter pandemia

11/05/2021 10:00
Governo do Estado repassa mais de R$ 23 milhões à saúde de Dourados para conter pandemia
Cidades

Detran-MS passa receber pagamentos de guias através do cartão de débito

10/05/2021 17:00
Tempo segue firme com temperaturas em elevação até o meio da semana
Tempo

Tempo segue firme com temperaturas em elevação até o meio da semana

10/05/2021 06:24
Tempo segue firme com temperaturas em elevação até o meio da semana
Últimas Notícias