Dourados – MS domingo, 26 de setembro de 2021
Dourados
36º max
19º min
Institucional - Setembro
IMPRESSO

Com R$ 55 mil de gastos mensais, Lar dos Idosos de Dourados pede por doações

As doações para a instituição diminuíram com a chegada da pandemia

25 Jul 2021 - 09h00Por Filipe Prado
Lar dos Idosos precisou diminuir o número de residentes para continuar atendendo - Crédito: DivulgaçãoLar dos Idosos precisou diminuir o número de residentes para continuar atendendo - Crédito: Divulgação

Criado há 67 anos, o Lar do Idoso se mistura com a história de Dourados. O local, que tem como objetivo abrigar e amparar a velhice do município, vem sofrendo com a falta de recursos, principalmente em consequência da pandemia da Covid-19, que afetou grande parte das doações.

O diretor-presidente da instituição, Leonel José Freire, relata que, por conta da pandemia, o Lar do Idoso precisou diminuir o número de residentes, que antes eram 45, mas agora somam 36, porém os gastos mensais ainda são os mesmos.

“Essa pandemia foi difícil para todo mundo, principalmente para o Lar do Idoso, por conta da vulnerabilidade dos idosos. São pessoas com mais de 60 anos, temos até um residente com 99 anos, então a cautela, as precauções são maiores por conta disso”, afirmou o diretor-presidente.

Ele aponta que a folha de pagamento do Lar chega a mais de R$ 55 mil, por mês, sendo que as instituições públicas repassam cerca de R$ 22 mil para cobrir parte das despesas, e restante é pago com doações de empresas privadas, dos douradenses e através de eventos. Atualmente, 29 funcionários trabalham no local diuturnamente.

“Quando eu assumi, tentei diminuir a folha de pagamento, conseguindo diminuir o efetivo de apenas um funcionário”, lembrou Leonel.

Além disso, o diretor-presidente ressalta as doações de fraldas diminuíram consideravelmente, depois do início da pandemia. Leonel relata que compram, mensalmente, cerca de 4 mil fraldas, o que gera um custo muito alto para a instituição.

Leonel acredita que as doações diminuíram devido a proibição das visitações no Lar do Idoso, já que muitas pessoas iam até o local e já realizavam as doações. “Por conta disso tudo, praticamente zeraram as doações”.

Mas algumas empresas particulares do município têm realizado campanhas para diminuir os gastos mensais no Lar do Idoso, como o Assaí Atacadista que realiza entre os meses de maio e agosto uma arrecadação de alimentos, conseguindo doar cerca de 6 toneladas para a instituição.

“Isso ajuda muito a instituição, que não precisa gastar com a alimentação básica. A gente não tem custo com isso, porque mesmo se a gente tivesse, não conseguiríamos manter aquela instituição há 67 anos”, destacou Leonel.

O diretor-presidente comemora as doações recebidas, porém acredita que para continuar dando uma vida digna para os idosos do município, precisam conseguir mais recursos para manter o local aberto.

“A gente briga, vai atrás dos recursos, de outros tipos de repasse, mas é difícil conseguir”, ressalta. “Muitas pessoas veem o Lar como um depósito de idosos, mas não é assim. Eles são bem cuidados, diferente de alguns outros lugares, e temos trabalhado para continuar desta forma e até melhorar”, completou o diretor-presidente.

Doações

O Lar do Idoso está localizado na Rua Major Capilé, 3467, Jardim Caramuru, atrás da Escola Estadual Menodora Fialho de Figueiredo. Para maiores informações, entre em contato pelo telefone 3424-5859

Deixe seu Comentário

Leia Também

Operação Fronteiras e Divisas I: MS do Sul é responsável por mais de 50% das drogas apreendidas
Cidades

Operação Fronteiras e Divisas I: MS do Sul é responsável por mais de 50% das drogas apreendidas

25/09/2021 16:00
Operação Fronteiras e Divisas I: MS do Sul é responsável por mais de 50% das drogas apreendidas
MS terá sábado quente e ensolarado com chance de pancadas isoladas de chuva
Clima

MS terá sábado quente e ensolarado com chance de pancadas isoladas de chuva

25/09/2021 07:00
MS terá sábado quente e ensolarado com chance de pancadas isoladas de chuva
Mãe e filho morrem em rio de MS com barco desgovernado
Coxim

Mãe e filho morrem em rio de MS com barco desgovernado

24/09/2021 15:45
Mãe e filho morrem em rio de MS com barco desgovernado
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
Rota Bioceânica

Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS

24/09/2021 15:15
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
Semed visita escolas para verificar cumprimento do protocolo de volta às aulas
Dourados

Semed visita escolas para verificar cumprimento do protocolo de volta às aulas

24/09/2021 13:00
Semed visita escolas para verificar cumprimento do protocolo de volta às aulas
Últimas Notícias